História Cyber Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Jongin, Kai, Kaisoo, Kyungsoo, Lemon, Romance, Yaoi
Exibições 39
Palavras 1.481
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Enfim, finalmente fiz o capítulo extra, espero que gostem...xoxo ^^

Capítulo 2 - Extra: Chanbaek


Fanfic / Fanfiction Cyber Love - Capítulo 2 - Extra: Chanbaek

BaekHyun estava feliz pelos amigos, estarem tão bem, Kai havia arrumado uma faculdade por ali mesmo para não ter que ficar longe de Kyungsoo novamente e seus pais alugaram um apartamento para que morasse. Porém já faltava pouco para que BaekHyun e Chanyeol completassem um ano de não oficialmente, mas a vista de todos que sabia sobre…. namoro sem nunca terem se visto pessoalmente.


 BaekHyun suspirou enquanto conversava com o namorado pelo telefone resmungando baixo por não poder vê-lo, Chanyeol por sua vez agia do mesmo modo, apesar de estar a poucos quilômetros de distância da casa do amado, em um táxi junto a JongIn e Kyungsoo que foram o buscar na rodoviária e agora o levava para surpreender Baek.


Ao desligar o telefone acabou assustando JongIn ao apertar seu braço o sacudindo em seguida.


— Ou, ou, ou.. pode parando que eu não sou tuas nega, me sacode não… Só relaxa, já estamos chegando! Vai dar tudo certo e eu vou filmar a viadagem toda. —Kai disse “acalmando” o amigo que acabou por rir afirmando com a cabeça. — Respira fundo.


—Yaaa, o que ele vai fazer é lindo, o Baek vai amar — Kyungsoo rebateu dando um sorriso meigo abraçando o braço de Kai encostando a cabeça no ombro do mesmo.


— Quando eu te pedi em namoro também foi lindo, ta! — Kai retrucou fazendo um bico que logo Kyungsoo não hesitou em erguer o corpo para dar um breve selar ali.


—Claro que foi, agora pare de deixar o menino ainda mais nervoso, chegamos! — respondeu Kyungsoo saindo do carro enquanto Kai verbalizou um “fighting” ligando a câmera do celular saindo do carro.


Chanyeol tremia em nervosismo e ansiedade, iria reproduzir como BaekHyun havia dito para ele antes deles começarem a se envolver como sonhava em um pedido de namoro. Ser surpreendido em casa ou na rua com o seu pretendente com um urso quase de seu tamanho branco e com uma caixinha em uma das mãos da pelúcia e lá duas alianças idênticas. Belas palavras seriam ditas, mas no caso Chanyeol decidiu cantá-las…

    Como esperado a surpresa foi feita exatamente dessa forma, JongIn registrou tudo enquanto Kyungsoo se continha para não chorar. Enquanto o outro casal ignorava quase que por completo a presença dos amigos ali.

   


Kai riu baixo deixando o celular de Chanyeol sobre a mesa e puxou Kyungsoo para fora dali para que ficassem à sós. Na sala Baek com um braço segurava desajeitado o urso e com o outro abraçava Chanyeol, sua visão embaçada pelas lágrimas. Chany sorria bobo ainda tremendo e algumas lágrimas escorriam, logo pegou o urso o pondo sobre o sofá e abrindo a caixinha na mão do mesmo pondo uma aliança no dedo de Baek e o entregou a outra para que fizesse o mesmo consigo.

 


— Tá explicado por que o Kai tava cismado com meu dedo — Disse em meio um riso embargado pelo choro fitando a aliança voltando a abraçar o agora oficial namorado.


—Desculpa não poder ter vindo antes… Mas finalmente cheguei… — Chanyeol disse calmo segurando no rosto de BaekHyun com ambas as mãos lhe dando um selar logo iniciando um beijo lento, o primeiro beijo do casal.

  O corpo de ambos se arrepiavam, uma corrente elétrica percorria o corpo destes os fazendo buscar mais o toque um do outro deixando o beijo cada vez mais intenso.

     O beijo é separado quando o ar se faz ausente para ambos, Baek envolve os braços em volta do pescoço do mais alto colando sua testa a dele sussurrando baixinho.


— Esperamos tempo demais, eu quero ser seu por completo, quero que seja meu por completo.. realmente eu quero que me deixe no mínimo sem andar, Channy. — Chanyeol não conteve o riso com as palavras do outro, de feições tão delicadas que poderia passar por inocente sem fazer esforço algum.


—Seu desejo é uma ordem. — Respondeu no mesmo tom puxando o mais baixo pela cintura deslizando as mãos pela bunda até chegar às coxas o erguendo e enfim o jogando no sofá parando a frente do mesmo retirando sua própria camisa enquanto Baek fazia o mesmo logo puxando o namorado pelo cós da calça começando a desabotoa-la.


Puxou a Jeans do mais alto juntamente a boxer para baixo deixando com que ele retirasse sozinho com os pés, se deparando com o membro já consideravelmente ereto do outro mordendo o lábio inferior enquanto passava os dedos por toda extensão.


— Não aguentava mais só olhar por fotos! — comentou BaekHyun passando a língua sobre a glande de Chanyeol que entrelaçava os dedos nos fios de cabelo do mais baixo fechando os olhos mordendo o lábio inferior em expectativa, lembrando de cada coisa que Baek alegava que iria fazer com a boca em seu membro quando estivessem juntos, sentindo uma fisgada no baixo ventre apenas com isso.


O mais alto gemeu baixo ao ter o membro abocanhado de uma só vez afastando um pouco as pernas quando os dedos finos do outro massageavam seus testículos no ritmo que sua cabeça se movia engolindo seu membro quase que por completo, levando Chanyeol bem perto da loucura. Manteve assim, lambendo, chupando, mordiscando levemente a glande vez ou outra a sugando com mais força vez ou outra erguendo o olhar encontrando o do mais alto dando um sorriso lateral se dando por satisfeito quando sente o membro alheio pulsando em sua boca indicando o ápice.  

  Se afastou passando a língua entre os lábios rindo baixo com o murmúrio inconformado de Chanyeol.


— Eu quero que você goze em outro lugar, amor.. — Murmurou gemendo manhoso ao ser puxado até ficar em pé pelos fios de cabelo sentindo os lábios alheios roçarem nos seus.


— Não irei perder a oportunidade.. mas não prometo ir com calma… — Sussurrou o mais alto tomando os lábios alheios com certa agressividade começando a desabotoar a calça do outro a deixando escorregar perna abaixo segurando seu membro sobre o tecido da boxer fazendo uma breve massagem antes de virá-lo de costas o fazendo ficar de joelhos no estofado com as mãos apoiadas nas costas do sofá.


— Não quero que vá com calma, quero que me foda com força, Chanyeol, não entendeu isso ainda? — Baek respondeu o fitando sobre os ombros empinando mais o quadril gemendo um tanto fino ao sentir o tapa na bunda dado pelo maior após ter a boxer abaixada, aquilo ficaria no mínimo ardendo.



— Como desejar… — sussurrou Chanyeol em um timbre mais rouco que o normal, causando um arrepio na nuca do mais baixo, para enfim terminar de retirar a última peça que cobria o corpo alheio, abaixando um pouco o tronco, afastando ambas as  nádegas alheias tendo a visão perfeita da entrada do outro, passando a língua ao redor desta, logo a introduzindo, movendo a língua com destreza, arrancando gemidos de BaekHyun que rebolava contra os lábios do mais alto buscando mais contato.


— Não me torture assim, Chany… — Pediu Baek em tom manhoso tentando fitar a face alheia sobre o ombro, sem muito sucesso.


— Se eu fosse você não me apressaria… — sussurrou Chanyeol subindo leves selares pelas nádegas do outro deixando um forte chupão do lado direito e uma mordiscada no lado esquerdo, rindo baixo do gritinho do outro ao fazê-lo. — Não vou usar lubrificante.


—Como é que é, Chanyeol? Ta achando que meu cu é o que? — Choramingo Baek olhando o mais alto que subia aos beijos por suas costas, lhe arrancando arrepios.


— Agora é tarde demais para voltar atrás — Diz Chanyeol envolvendo a cintura do outro com um braço enquanto usava a outra mão para encaixar seu membro na entrada alheia, deslizando lentamente para o seu interior arrancando gemido de ambos, se mantém por algum tempo ali para que Baek se acostume com o volume dentro de si antes de começar a se movimentar a princípio devagar, aumentando o ritmo aos poucos.


Pouco tempo depois o ritmo já havia se tornado frenético, e o casal se encontrava na terceira posição, desta vez o mais alto deitado no sofá com as mãos na cintura do mais baixo que sobre este quicava, gemendo alto o nome do mesmo chegando ao ápice sem nem ter o membro tocado, se derramando sobre o abdômen alheio, não demorando a sentir sua entrada ser preenchida pelo líquido alheio quando o outro alcança seu ápice deixando o nome de BaekHyun escapar de modo rouco pelos lábios.



Baek após desencaixar o membro do mais alto de si, desaba sobre o corpo do mesmo buscando os lábios alheios dando um selar demorado, soltando um breve riso antes de se pronunciar — Agora você me carregue para o quarto.



Chanyeol riu soprado roubando mais um selar do namorado antes de responder — Eu dei a você o que você pediu… e não tem necessidade de irmos para lá, assim ficamos mais próximos.. — Sorriu ajeitando ambos os corpos deixando uma posição mais confortável.


—Eu te amo, Chany…


—Eu te amo, Baek..

  


Notas Finais


^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...