História Da Ficção a Realidade - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Prepon, Orange Is the New Black, Taylor Schilling
Personagens Alex Vause, Piper Chapman
Tags Amizades, Drama, Revelaçoes, Romance
Visualizações 367
Palavras 1.644
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Taylor sai do apartamento da Tasha muito mal, entra no carro e sai sem rumo...

Capítulo 12 - O acidente


Fanfic / Fanfiction Da Ficção a Realidade - Capítulo 12 - O acidente

Laura

 _ Cadê a Taylor? Meu Deus por favor atende...

 

_ Não adianta Laura, só caixa postal ( Dizia Tasha de cabeça baixa).

 

De repente o celular da Tasha toca e é o Ted assessor e amiga da Tay.

 

Natasha

  

Eu já não sabia onde procurar por ela, a Laura e eu nos estranhamos, acabamos nem prestando atenção na minha loirinha, meu Deus se algo acontecer com ela eu nunca vou me perdoar...

 

Quando meu celular tocou, corri para ver quem era, era o Ted logo atendi.

 

_ Oi Ted por favor me fala que ela está aí? ( Eu perguntei implorando por uma resposta positiva).

 

_ Tasha, ( ele não conseguiu dizer nada só chorou).

  

_ TED PELO AMOR DE DEUS O QUE ACONTECEU COM A TAYLOR??????? ( Laura me olhava assustada, pedia que eu colocasse no viva voz).

 

_ Tasha por favor venha para cá, eu estou no New York -Presbyterian Hospital.

 

- To indo ( catei minha bolsa peguei a chave do carro, disse para Jack esperar lá mas ela se meteu conosco resolvendo ir também, Laura chorava desesperada, a culpa era nossa).

 

Laura 

 

Quando Natasha me disse que Taylor tinha sofrido um acidente, eu me sentia culpada, não podia acreditar, era um pesadelo só podia ser um pesadelo, logo que chegamos entramos correndo e logo veio um cara de encontro com Natasha a abraçando.

 

_ Ted o que foi que aconteceu? como ela está? ( Tasha perguntava desesperada).

 

_ Você a viu? ela está bem? quem é o médico ( eu perguntei a ele).

 

_ Calma gente, deixa o Boy magia falar. ( Aquela vadia falava enquanto abraçava o assessor da Tay e dizia que estava com saudades).

 

_ Desculpa Jack, mas agora não é o melhor momento para vc matar a saudade, Como ela está Ted? ( perguntei)

 

_ Ela está certa Jack. ( Disse Natasha).

 

- Eu não sei, tentaram ligar para o seu celular Natasha, você é o contato de emergência dela, porém como não conseguiram ligaram para o meu, sou o segundo, informaram que Tay estava sendo trazida para cá mas até agora não tenho informação. ( ele caiu no choro e Tasha o abraçou).

 

Eu parei uma enfermeira que estava passando, pedi noticias sobre Taylor Schilling, a moça pediu que eu esperasse que assim que a cirurgia acabasse o médico iria falar conosco, tentei saber o por que ela estava sendo operada, mas fiquei sem respostas.

 

Eu estava sentada em um canto sozinha, clamando para que Deus curasse ela, quando Tasha chega e pergunta se pode falar comigo, eu balanço a cabeça positivamente e ela senta:

 

- Olha Prepon, me desculpa, eu fiquei tão preocupada depois do que Carrie fez, que eu não sabia como agir o que fazer, eu só queria proteger a minha loira gostosa, eu acabei sendo estupida com vc, me perdoa? ( Ela dizia enquanto Chorava).

 

_ Tasha o que aquela Vagabunda fez?

 

_ A Tay não te contou? bom ela estava drogada, beijou a Tay a força, quando Tay a empurrou ela puxou um canivete e colocou no rosto da Tay, ameaçando de morte, disse que se a Tay não voltasse para ela, era uma mulher morta ( Tasha novamente chorou).

 

_ Eu não sabia, vou matar essa vagabunda.

 

_ Por que ela não te contou?  (Tasha então me perguntou).

 

_ Eu fui uma idiota com ela Tasha, naquele dia da festa do camarote, eu estava disposta a falar para a Taylor que a amava, mas quando vi Matt dançando com ela, fiquei com muito ciúmes, ela estava linda e ele tentou se aproveitar dela, eu fui para o bar e lá encontrei meu ex, falei sobre a paixão que eu sentia pela Tay, eu disse que estava tão confusa, que eu nem sabia se ainda gostava de homens, dito isso ele me beijou para fazer o teste, eu não retribui o beijo, mas quando fui procurar pela Tay, ela estava naquele estado que vc viu.

 

_ Ela viu o beijo, mesmo não sendo intencional vc a feriu tanto.

 

- Eu sei Tasha, só que aí tive aquela viagem, e quando voltei para consertar tudo, sua amiguinha estava aqui, novamente meu ciúmes voltou,  hoje novamente acordei decida a resolver tudo com ela, mas logo centro fui para o Centro de Nova Iorque, e lá vi vcs três, vi quando vc montou cavalinha na Tay, vi quando sua amiguinha beijou e abraçou a Tay, cheguei um pouco irritada na sua casa, ai logo que ela desce , a Jack puxa ela para dançar,  quando a Tay sentou do meu lado e da Uzo, eu praticamente a ignorei falando só com a Uzo, ai tocou aquela musica sensual, sua amiguinha sentou no colo da Tay e começou a se esfregar nela, pronto eu não aguentei,ignorei ela totalmente ( Eu disse envergonhada).

 

_ Mas logo que Carrie saiu, eu ia até a Tay, vc me impediu e subiu. ( Disse Tasha tentando me fazer sentir melhor).

 

_ Sim Tasha, eu amo, me preocupei com ela, cheguei lá ela estava caída chorando, fui abraçar mas ela se afastou, disse que a tratei como um lixo, e de fato eu fiz isso, mas quando ela me mandou embora da vida dela, foi exatamente nessa hora que eu gritei que eu a amava, que eu era louca por ela, então eu a beijei, e meu coração se encheu de felicidade de escutar dela que ela também me amava. ( Me sinto tão mal Tasha).

 

_ Vc tinha duvidas do sentimento dela por vc? Prepon estava estampado na cara dela, eu só fiquei com raiva de vc, pq vc a magoou muito, quando vc veijou aquele cara.

 

_ Eu sei Natasha, mas não queria machucar ela, nem era para aquilo ter acontecido.

 

_Eu sei, e te digo, que se vc a ama tanto como está me falando eu sou a primeira pessoa a apoiar esse namoro, eu não deixei ela ir com vc porque eu estava com medo de vc a machucar, ela é tudo o que tenho, ela é minha irmã eu a amo. 

 

_ Tasha me desculpa?

 

_ Eu quem te peço desculpas, nós erramos em tentar proteger ela, fizemos da forma errada.

 

_ Eu estou com medo Tasha, com muito medo.

 

_ Eu também estou ( Natasha disse isso me abraçando).

 

Tasha e eu não conseguimos nos controlar e choramos muito abraçada.

 

Uma hora depois o médico veio falar conosco.

 

_ Boa noite, sou o Doutor Daniel, a Senhorita Schilling, sofreu um grava acidente, onde teve a ruptura do Baço, tivemos que fazer imediatamente uma intervenção cirúrgica para conter a hemorragia, mas como foi uma lesão pequena conseguimos realizar o procedimento com o órgão no corpo dela, e isso é uma ótima noticia, quando a lesão é maior temos que tirar o órgão, para realizar o procedimento. 

 

_ Graças a Deus!!!! ( Ted, Tasha e eu falamos juntos, nos abraçando).

 

_ Ela ficará na UTI hoje, para acompanharmos melhor,  mas se continuar assim, amanhã de manhã já poderá ir para o quarto. ( Disse o médico)

 

_ Doutor podemos vê-la? ( eu perguntei).

 

_ Bom, ela está na UTI, não posso autorizar a entrada de vocês.

 

_ Por favor!!!! ( Tasha e eu falamos na mesma hora).

 

_ É rápido doutor, por favor ( Disse Ted).

 

_ Olha, vocês não vão poder entrar no quarto que ela estará, vão ver ela através do vidro por 5 minutos não mais que isso, e só posso deixar 3 no máximo entrar.

 

_ Obrigada doutor Daniel ( Eu disse).

 

_ Então quem vai? ( o médico perguntou e antes que eu pudesse responder a piranha da Jack falou).

 

_ Ted Tasha e Eu, vc fica baby. ( que vontade que eu estava de matar aquela fulaninha, e Tasha logo interferiu).

 

_ Não!!!, irá a Laura o Ted e Eu, vc vai ficar aqui Jack.

 

_ Como assim Tasha? (ela perguntou) Vc está doida???- 

 

_ Para Jack, nem começa por favor, podemos ir? 

 

Quando chegamos lá via a Tay pelo um vidro, ela estava machucada, com alguns fios ligada nela, mesmo assim ela estava linda, mesmo tentando nenhum de nós conteve as lagrimas. 

 

_ Eu pedi ela em namoro Tasha.

 

_  É sério? aquela hora que vc me falou achei que era zueira ( Disse Tasha com os olhos fixo nela, assim como eu e Ted).

 

_ Quer dizer que minha estrela está comprometida agora?

 

_ Sim ( eu respondi rindo).

 

_ Fico feliz, você parece ser um boa pessoa, e sei que ela te ama, ela já falou diversas vezes isso, mas se você a fizer sofrer, você vai ser ver comigo, entendeu? eu ainda vou matar Carrie.

 

_ Te ajudo a acabar com a raça da Carrie, pode ter certeza que eu to louca para cruzar com ela ( Tasha disse com Raiva, e depois voltou no outro comentario do Ted, sobre eu fazer Tay sofrer),  E olha Prepon dirianos que o  Ted aqui é pior que eu, ( disse rindo ) Ted, ela já provou um pouco da minha revolta, mas enfim só quero que minha loira gostosa fique bem.

 

_ Eu tbm ( respondi).

 

_ Sinto muito, mas já deu os 5 minutos, vocês terão que se retirar.

 

_ Eu estou aqui meu amor, vou ficar o tempo todo aqui, te amo. ( eu disse com a mão no vidro)

 

_ Tasha to cansada, vamos embora? (Disse a vadia da Jack)

 

_ Jack, pega um táxi e vai embora, eu vou ficar.

 

_ Não há necessidade eu não vou sair daqui, vai para sua casa descansa ( eu disse a Tasha e ao Ted).

 

_ Não, ela ficou do meu lado, eu vou ficar do lado dela, não importa o que aconteça. ( Tasha falou)

 

_ Não vou deixar ela aqui, jamais ( Ted disse)

 

_ Então ficaremos os três aqui. ( eu finalizei).

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...