História Mysterious Daddy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sarada Uchiha
Tags Baby Doll, Daddy, Naruhina, Sasusaku
Exibições 168
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii pessoas, como prometido aqui esta o primeiro capítulo, eu amei :v ta pequenininho mas da pra cês entender um pouco a história ヽ(´▽`)/ Ah gente, eles NÃO são parentes, okay? (ノ^_^)ノ

• História de minha autoria, saida de minha cachola. Sem plágio!

• Personagens citados não me pertecem.

• Usei a primeira cidade que me veio a mente, mas isso não tem nada haver com livros ou filmes, como disse ideia totalmente minha e de minhas fantasias loucas e eróticas.

• Capa feita por mim, créditos dos materiais, Capas Em Psd ~ facebook.

Logo estarei pondo fotos de como imagino os personagens.

Boa Leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Abri meus olhos ao sentir alguém me cutucar, pisquei um pouco tentando me acostumar com a claridade e ergui o olhar, vi uma mulher de braços cruzados e de expressão irritada, ela falou algo sobre já termos chegado e estar me chamando a horas. Levantei-me sentindo fisgadas em minha coluna pelo mal jeito em que dormi, peguei a mala que estava no chão e sai do ônibus, olhei ao redor naquela rodoviária e pude ver que estava praticamente vazia. Caminhei procurando uma saída ou alguém a mando do meu tio, mas não encontrei ninguém.

Procurei na bolsinha de mão que tinha, o papel com o endereço do meu tio, nunca havia vindo aqui, nem mesmo sabia que tinha um parente nessa cidade. Ou melhor, eu nem sabia que tinha mais algum parente fora meus pais. Encontrei o papel e li atentamente o endereço. Eu não fazia ideia de como chegar lá, não sabia onde ficava nada aqui.

Vi um ponto de táxi, eu não tinha muito dinheiro, e as corridas sempre são caras, olhei para fora e vi que nevava, minha única opção seria ir de táxi. Caminhei até o senhor que havia acabado de entrar no carro e ele me olhou.

– Para onde deseja ir moça? – Perguntou já pegando minhas malas

– Hn... – Olhei o papel – para esse endereço aqui, senhor. – O mesmo pegou o papel e arregalou os olhos, mas não falou nada, apenas abriu a porta do carro pra mim.

Vi a cidade de Seattle passar pelos meus olhos em uma velocidade incrível, eu admirava tudo, nunca tinha a visto sem ser pelos livros, e agora eu a estava vendo ao vivo. Mal notei quando o carro parou, o homem abriu a porta já com minha mala em mãos e me entregou.

– Aqui – lhe estendi o dinheiro que pude ver graças ao contador que havia no carro. Ergui os olhos e me surpreendi. – Uau! Senhor tem certeza que foi esse o lugar?

– Sim senhorita, aqui é a residência dos Uchihas. – Pisquei atônita, o tio morava aqui?

– Oh, certo... Obrigada. – Ele sorriu e entrou no carro partindo. Caminhei até a porta e toquei na campanhia e logo em seguida uma voz rouca soou pela mesma, disse meu nome e as portas foram abertas.

Entrei enquanto admirava o expenso jardim, coberto de neve. Havia uma estrada de pedra que levava até a entrada da casa, ao lado direito e esquerdo era apenas jardim, árvores, arbustos e até lago. Enfrente à casa havia uma fonte com água congelada mais alguns metros de jardim e enfim a casa enorme, branca e azul escuro, quase preto. Segui caminho até chegar em uma média escada que levava até a porta principal, e ali havia uma mulher.

– Senhorita Haruno – ela desceu as escadas e tomou minha mala – venha, o senhor Uchiha a espera – assenti e segui com ela até dentro da mansão que era decorada em móveis escuros e as paredes também tinha um tom escuro, era bem sombria.

Paramos enfrente a uma porta dupla marrom escura, a mulher deu duas batidas e logo em seguida entrou, como ela não me mandou segui-la, apenas a esperei, e logo em seguida ela me mandou entrar.

– Aqui esta ela senhor – levantei meu olhar e pude ver um homem, ele estava de costas, pelo que vi ele era alto e tinha cabelos negros que estavam bagunçados. Vi ele por uma taça com um líquido vermelho sob a mesa ao lado.

– Pode ir – A mulher apenas assentiu, mesmo sem ele ver e foi embora. O homem - que provavelmente é meu tio - virou-se e eu pude contemplar o homem mais lindo que já vi, sem dúvida, ele era. – Sakura Haruno? – ele me olhou dos pés a cabeça, e mesmo envergonhada, apenas assenti – peço desculpas por não poder ir busca-la na rodoviária, não sabia que chegaria hoje.

– N-Não há problemas tio – ele sorriu de lado ao me ouvir chama-lo de tio, e se aproximou, prendi a respiração quando seus braços tocaram minha cintura

– O que importa é que você esta aqui – ele sussurrou em minha orelha e senti meu corpo arrepiar com o contato de seu álito em um ponto tão sensível de meu corpo, o perfume do meu tio invadia minhas narinas e era um perfume tão bom, másculo. Ele tocou meu queixo e levantou meu rosto fazendo-me olha-lo seus orbes ônix eram lindos. Senti o dedo gélido do Sasuke descer por minha bochecha e fechei os olhos – minha menina.

Sorri e abri os olhos, logo ele me mandou ir para o quarto descansar e foi isso que fiz.


Notas Finais


Antes que reclamem "Ah o Sasuke é tio da Sakura" saibam que ele não é (〜^∇^)〜 mas isso só vai ser explicado no próximo capítulo, nada de spoiler.

Obs: Comentários ajudam os autores a postar mais rápido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...