História 《HIATUS》Daddy I Need You《HIATUS》 - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Tags Baby, Baby Boy, Daddy, Daddy Kink, Jikook, Sexting, Sugar Baby, Sugar Daddy, Texting, Vhope
Exibições 1.919
Palavras 752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAR ARMY!
MUITO OBRIGADA AOS 100 FAVS 🙆🎉 AMO TODOS VOCÊS 😍💖
Hoje é feriado e eu pretendo postar uns 3 caps hoje 💖
Boa leitura!

Capítulo 9 - Nona Mensagem


Daddy <3: Bom dia Baby <3

Eu: O Daddy me mandando mensagem *-* bom dia, bom dia! <3

Daddy <3: Baby, daqui a pouco dá o horário de ir para a faculdade..

Eu: Sim Daddy.

Daddy <3: Tae, depois de ter discutido com você, eu quero te ver, poder te abraçar..

Eu: Daddy...

Daddy <3: Eu sei, íamos esperar. Mas eu PRECISO ter você nos meus braços, Tae.

Eu: Pensar nessa possibilidade faz meu coração bater mais forte, Daddy ><

Daddy <3: Podíamos, sei lá, dar um jeito de nos encontrarmos às escuras..

Eu: Hm, sim.. Acho que eu sei um lugar onde é bem escuro.

Daddy <3: Onde? *-*

Eu: No último andar do prédio de Artes tem uma sala com o nome Biblioteca Desativada em uma placa pregada na porta. Como lá é fechado, o lugar é um breu só.

Daddy <3: Perfeito! Vamos nos encontrar lá hoje <3

Eu: Ok Daddy >< eu estou ansioso *-*

Daddy <3: Eu então... <3


 

                          [...]



 

Eu: Daddy, pode ir lá agora? Tenho um período livre, podemos ficar quase uma hora juntos >< se você quiser, claro.

Daddy <3: Também estou com um período livre, meu professor de Atletismo não veio hoje :3 Estou subindo o prédio de Artes agora. Te espero lá, Baby <3

Eu: Ok >< quando entrar, fica de costas para a porta, por favor Daddy ;-;

Daddy <3: Seu desejo é uma ordem, Baby <3


 

Tae POV

Guardei o celular no bolso de forma apressada. Minhas mãos estavam geladas, e eu mesmo conseguia sentir o quanto eu tremia. Eu sentia meu estômago se revirar em um looping que não tinha fim, e eu me vi com o coração acelerado mais que das últimas vezes. Eu finalmente o veria de perto, finalmente poderia abraçá-lo e sentir seu corpo junto ao meu por alguns minutos.

Corri em direção ao elevador, garantindo que ele não estava dentro dele e nem pelas redondezas. Provavelmente já estaria dentro da sala, e meu nervosismo aumentava de acordo com os andares.

Assim que cheguei a porta, respirei fundo antes de abri-la, encontrando-o de costas como eu havia pedido. Estaria ele tão nervoso como eu?

Senti minhas pernas fraquejarem ao ver Hoseok ali de costas, e antes de fechar a porta atrás de mim, dei uma olhada no lugar.

Era uma mini biblioteca, apenas um cômodo com duas estantes repletas de livros grudadas em cada parede, uma mesa próxima à porta e um sofá de couro marrom encostado na parede que havia sobrado. suspirei fechando a porta e mergulhando na escuridão.

- Baby? - a voz rouca de Hoseok me atingiu como num estalo, libertando todas as borboletas aprisionadas em meu estômago.

- Sim, Daddy. - disse beixo, minha voz era naturalmente mais grossa, e eu tinha medo de isso me entregar.

- Baby. - era quase tangível o sorriso em seu rosto, e assim que cheguei junto a si, seus braços me envolveram imediatamente.

- Daddy. - escondia o sorriso que rasgava o meu rosto no tecido de sua regata, enquanto o apertava junto a mim. - Seu abraço é ainda melhor do que eu imaginei que seria.

- Eu digo o mesmo, esperei tanto por isso, Tae.. - afundava seu rosto na curva do meu pescoço, e inspirava, me fazendo arrepiar.

Ficamos abraçados dessa forma durante alguns minutos até que o contato afrouxou-se, e mesmo com a pouca iluminação -que provinha das frestas da porta-, ainda era impossível ver com clareza o rosto de Hoseok, e eu sabia que o mesmo acontecia em  relação a mim.

- Eu ainda não acredito que estou aqui com você, Daddy. - ele não poderia ver meu sorriso, mas isso não me impediu de deixar que o mesmo adornasse meu rosto.

- Eu só acredito porquê estou te tocando nesse exato momento. - disse com a jesta se juntando a minha.

- Acho que vi um sofá quando entrei. Vamos nos sentar?

- Vamos sim. - me guiou até o estofado, sentando-se. Fiz a mesma coisa, me juntando a ele ao seu lado. Senti meu coração parar por instantes quando ele entrelaçou sua mão a minha.

- D-daddy..

- Baby, por que tem tanto medo de me dizer quem és?

- Porque eu não quero te decepcionar, e eu sei que isso vai acontecer quando você descobrir. - dizia quase num sussurro de tão frustrado que eu estava comigo mesmo.

- Por que diz isso?

- Porque você não gosta de mim. - ri fraco com minha última frase.


Notas Finais


E aí, oq acharam do cap com narração? ><
Eu volto ainda hoje com mais uns 2 caps 🎉 E VOU ATUALIZAR LÍRIO BRANCO, BEFORE I FALL E SAVE ME, ENTÃO LEIAM TBMMMMM (ouviu Minsai??????? 💜)

Amo vocês e obrigada por tudo, minhas preciosidades 😍
Beijo no coração que brilha (💖) e até mais tarde 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...