História Daddy I Need You - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Baby Boy, Daddy, Daddy Kink, Hoseokaum, Jikook, Sexting, Sugar Baby, Sugar Daddy, Taeseok, Texting, Vhope
Exibições 2.253
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAR ARMY!
MUITO OBRIGADA AOS 100 FAVS 🙆🎉 AMO TODOS VOCÊS 😍💖
Hoje é feriado e eu pretendo postar uns 3 caps hoje 💖
Boa leitura!

Capítulo 9 - Nona Mensagem



Daddy <3: Bom dia Baby <3

Eu: O Daddy me mandando mensagem *-*
Bom dia, bom dia! <3


Daddy <3: Baby, daqui a pouco dá o horário de ir para a faculdade..

Eu: Sim Daddy.


Daddy <3: Tae, depois de ter discutido com você
eu quero te ver, poder te abraçar..

Eu: Daddy...


Daddy <3: Eu sei, íamos esperar.
Mas eu PRECISO ter você nos meus braços, Tae.

Eu: Pensar nessa possibilidade
faz meu coração bater mais forte, Daddy ><


Daddy <3: Podíamos, sei lá,
dar um jeito de nos encontrarmos às escuras..

Eu: Hm, sim..
Acho que eu sei um lugar onde é bem escuro.


Daddy <3: Onde? *-*

Eu: No último andar do prédio de Artes
tem uma sala com o nome
Biblioteca Desativada
em uma placa pregada na porta.
Como lá é fechado, o lugar é um breu só.


Daddy <3: Perfeito! Vamos nos encontrar lá hoje <3

Eu: Ok Daddy ><
Eu estou ansioso *-*


Daddy <3: Eu então... <3


 

 [...]



 

Eu: Daddy, pode ir lá agora?
Tenho um período livre.
Podemos ficar quase uma hora juntos ><
Se você quiser, claro.


Daddy <3: Também estou com um período livre.
Meu professor de Atletismo não veio hoje :3
Estou subindo o prédio de Artes agora.
Te espero lá, Baby <3

Eu: Ok ><
Quando entrar, fica de costas para a porta.
Por favor Daddy ;-;


Daddy <3: Seu desejo é uma ordem, Baby <3


 

Taehyung

Guardei o celular no bolso de forma apressada. Minhas mãos estavam geladas, e eu mesmo conseguia sentir o quanto eu tremia. Eu sentia meu estômago se revirar em um looping que não tinha fim, e eu me vi com o coração acelerado mais que das últimas vezes. Eu finalmente o veria de perto, finalmente poderia abraçá-lo e sentir seu corpo junto ao meu por alguns minutos.

Corri em direção ao elevador, garantindo que ele não estava dentro dele e nem pelas redondezas. Provavelmente já estaria dentro da sala, e meu nervosismo aumentava de acordo com os andares.

Assim que cheguei a porta, respirei fundo antes de abri-la, encontrando-o de costas como eu havia pedido. Estaria ele tão nervoso quanto eu?

Senti minhas pernas fraquejarem ao ver Hoseok ali de costas, e antes de fechar a porta atrás de mim, dei uma olhada no lugar.

Era uma mini biblioteca, apenas um cômodo com duas estantes repletas de livros grudadas em cada parede, uma mesa próxima à porta e um sofá de couro marrom encostado na parede que havia sobrado. suspirei fechando a porta e mergulhando na escuridão.

- Baby? - a voz rouca de Hoseok me atingiu como num estalo, libertando todas as borboletas aprisionadas em meu estômago.

- Sim, Daddy. - disse beixo, minha voz era naturalmente mais grossa, e eu tinha medo de isso me entregar.

- Baby. - era quase tangível o sorriso em seu rosto, e assim que cheguei junto a si, seus braços me envolveram imediatamente.

- Daddy. - escondia o sorriso que rasgava o meu rosto no tecido de sua regata, enquanto o apertava junto a mim. - Seu abraço é ainda melhor do que eu imaginei que seria.

- Eu digo o mesmo, esperei tanto por isso, Tae.. - afundava seu rosto na curva do meu pescoço, e inspirava, me fazendo arrepiar.

Ficamos abraçados dessa forma durante alguns minutos até que o contato afrouxou-se, e mesmo com a pouca iluminação -que provinha das frestas da porta-, ainda era impossível ver com clareza o rosto de Hoseok, e eu sabia que o mesmo acontecia em  relação a mim.

- Eu ainda não acredito que estou aqui com você, Daddy. - ele não poderia ver meu sorriso, mas isso não me impediu de deixar que o mesmo adornasse meu rosto.

- Eu só acredito porquê estou te tocando nesse exato momento. - disse com a jesta se juntando a minha.

- Acho que vi um sofá quando entrei. Vamos nos sentar?

- Vamos sim. - me guiou até o estofado, sentando-se. Fiz a mesma coisa, me juntando a ele ao seu lado. Senti meu coração parar por instantes quando ele entrelaçou sua mão a minha.

- D-daddy..

- Baby, por que tem tanto medo de me dizer quem és?

- Porque eu não quero te decepcionar, e eu sei que isso vai acontecer quando você descobrir. - dizia quase num sussurro de tão frustrado que eu estava comigo mesmo.

- Por que diz isso?

- Porque você não gosta de mim. - ri fraco com minha última frase.


Notas Finais


E aí, oq acharam do cap com narração? ><
Eu volto ainda hoje com mais uns 2 caps 🎉 E VOU ATUALIZAR LÍRIO BRANCO, BEFORE I FALL E SAVE ME, ENTÃO LEIAM TBMMMMM (ouviu Minsai??????? 💜)

Amo vocês e obrigada por tudo, minhas preciosidades 😍
Beijo no coração que brilha (💖) e até mais tarde ~~ 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...