História Daddy (imagina Park Jimin) - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~ParkSagati

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 23
Palavras 749
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Daddy (imagina Park Jimin) - Capítulo 4 - Capítulo 4

Anteriormente em Daddy.

Jimin on.

Eu acordo um pouco antes do relógio tocar, olho oro lado yuka estava dormindo como um anjinho, me sento na cama, e depois me levanto e vejo o caderno de desenho de yuka, abro ele e vejo vários desenhos meus e real mente essa garota tinha talento pra desenha, e umas frases no final.

"Eu te amo Minie oppa, mais não precisa saber disso"

"Cara marrento mais e muito fofo,o cara que eu amo"

"Um dia quero me casar com vc Jiminie oppa"

Ela me ama, mais não pode ser, será mais eu também não posso negar, eu amo ela, esse seu jeito de criança, seu sorriso angelical, sua pele branca, seus cabelos longos negros, eu a amo pelo seu jeito doce de ser, ela e minha e apenas minha.

Vejo que o despertado já vai tocar, rapidamente desliguei o mesmo e cutiquei yuka.

-Yuka acorda.

-amhhm- ela resmunga- meu ursinho gigante- ela diz me abrancando de lado, devia estar sonhando.

- acorda yuka- digo pegando a mesma no colo, e a balançando.

-Jimin oppa- ela diz abrindo os olhinhos.

-acordo ta na hora de ir pra escola- digo a olhando.

-ta bom- ela tenta se levanta mais a pego no seu pulso fazendo ela senta nova mente.

- ta faltando uma coisa- digo me aproximando meu rosto do dela.

-o-o q-que?-ela pergunta meio corada.

-meu beijo!- digo fazendo bico.

-t-ta bom- ela se aproxima de mim, e me beija, que saldade de seu beijo, logo o beijo se entencifica começa a ficar mais quente, coloco minhas maos que estavam em sua cintura e elas dessem para sua bunda apertando a mesma, ela solta um pequeno gemido entre o beijo, a que beijo, seu beijo era doce, mais  com uma pitada de malícia, mais logo a falta de ar aparece.

- e...melhor vc.....ir se arruma...- digo o ofegante- pois não serei responsável....pelos meus atos.

-ta....e melhor....eu me .....arruma se não chego....atrasada- ela se levanta mais a puxo  de volta- Jimin oppa eu vou me atrasa.- ela diz colocando suas maos no meu peito. Pego ela no meu colo e fomos pró banheiro e a sento na pia- ei.

-vamos vc ta atrasada eu to atrasada se tomarmos banho juntos sera mais rápido- digo pegando as nossas escovas, logicamente não era só pra tomar banho (a:annh safafinho) escovamos os dentes, e tomamos banho, lógico não só banho, nos pegamos um pouco, mais não passou disso, saimos nos trocamos coloquei o meu terno e yuka seu uniforme- não acha que essa roupa ta curta não.

-por que Jimin ta com ciúmes?-ela diz colocando as maos na cintura e me olhando fixamente. Essa garota gosta de me provoca.

-não....lógico que estou apenas eu posso olhar pra suas pernas- digo colocando minha mao em volta da sua cintura e colando nossos corpos- purço não me provoca, pois vc não viu nada.

-um dia vou conhecer esse seu lado Minie oppa.

-talvez!- digo com um sorriso malicioso.

- ta, chega vamos comer eu to com fome!- ela diz indo ate a porta. Mais antes dela abrir a mesma eu seguro seu braço e dou um beijo nela, bem calmo com luxúria e amor, esse beijo queria fizer que"um bom dia pra vc, e boa sorte na escola " mais no meu caso seria um quero mais....mas tínhamos que ir senão, bom ela perderia um dia de aula e eu um dia de trabalho, arrr como o amor e injusto, queria gritar para os quatro ventos que "TE AMO, MAIS DO QUE MINHA PROPRIA VIDA, E NAO TE DEIXAREI JA MAIS" só que como tudo na vida tem aquele lado ruim esse e o nosso, logo a falta de oxigênio se faz presente e nos separamos o beijo.

-e melhor irmos comer!-ela disse tentando recupera o fôlego.

-e tabom- coloquei ela no meu ombro, fui andando.

-Jimin eu sei andar!- ela disse batendo nas minhas costas.

-ai ai ai eu sei mais eu vou te carrega assim e melhor se acostuma !- ela bufa e desiste.

-chato- ela disse baixo mas eu ouvi.

-eu ouvir isso em- dei um tapa na sua bunda fazendo a mesma grita de dor.

Fomos comer o café da manha, coloco yuka no chão e mesma vai correndo comer, comemos e fomos pro carro, logo chegamos na escola dela.

-bom tchau yuka.

-tchau Minie oppa-ela da um beijo na minha boca e sai do carro em direção a escola. A como eu a amo, ela e perfeita e como ae não houvesse defeitos, ela e linda e vai ser minha pra sempre.

Yuka on.


Continua......

Trólei, mais tudo que e bom dura pouco, desculpa demorar posta e desculpa is erros de português






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...