História Daddy Issues - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Haechan, Jisung, Johnny, RenJun, Taeyong, Ten
Tags Daddy Issues, Daddy Kink, Incesto, Nct, Taesung
Visualizações 132
Palavras 219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo é um fragmento do capítulo final da fanfic.
Como pequena fonte de explicação.

Capítulo 5 - .History.


···

 Taeyong se ajeitou sobre a cadeira, um suspiro arrependido escapou pelos lábios do (atual) homem de fios negros.

 —Então você admite que teve relações sexuais com ele? —O juiz disse olhando fixamente Taeyong, procurando vestígios de mentira.Taeyong negou com a cabeça, e depois concordou.

 —Eu tive, mas eu estou lhe dizendo, nada foi forçado Excelência. —O Lee garantiu apreensivo, seu olhar caindo excessivamente no garoto de fios desbotados sentado ao lado do juiz.

Jisung estava calado, mudo desde que a audiência havia começado. O garoto ainda não aceitava a prisão do pai, de forma alguma.

 —Uh…isto é verdade? —O juiz disse desconfiado, decorrendo a Jisung.

 O garoto de atuais 16 anos concordou com a cabeça, calado.

 —Você tem certeza da sua resposta Senhor Park? —O juiz prosseguiu desconfiado.

 —Tenho total certeza. —Jisung respondeu convicto, a voz pesada e triste.O olhar vazio direcionado ao pai. —Porque você não continua papai?Porque não conta o que fez se ja veio até aqui? —O garoto indagou insolente, e Taeyong entendia a raiva do filho. O juiz olhou Taeyong e semicerrou os olhos.

 —Não quero detalhes sobre esse ato nojento.Pule está parte,Senhor Lee. —O juiz disse enquanto voltava a olhar severamente Taeyong.

 —Certo. —O Lee respondeu simples, e logo prosseguiu. —Depois daquilo…

—Nós fomos para casa. —Jisung apressou a história.



E então nós fomos para casa.



Notas Finais


Esse capítulo é curto por ser um fragmento.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...