História Daddy Messages -Jikook - Capítulo 43


Escrita por: ~ e ~Sad_Stark

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Exibições 697
Palavras 877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, eu ia postar sábado mas tive que ir para o encerramento do meu colégio. E domingo eu ia postar mas a porra do computador apagou o capitulo DE MAIS DE TRÊS MIL FUCKING PALAVRAS. E eu não fiquei com paciência para escrever tudo de novo. Então esse capitulo tá sendo o resumo do capitulo que o meu querido computador fez o favor de apagar.

Boa leitura <3

Capítulo 43 - Confiança


​JIMIN P.O.V

Depois de acontecer tudo aquilo, fui para a escola com muito medo pois iria encontrar Jungkook lá. Eu não queria ter feito aquilo, eu não queria magoar ele mas era como um imã me chamando para o lado errado. Aquela garota eu nem sei quem é, ela só apareceu e me chamou e eu fui. Eu sei que Jungkook nunca vai me perdoar. Mas não custa tentar.

Me aproximei do armário que Jungkook estava e chamei-o:

- Jungkook, precisamos conversar. - Digo, ele se vira e dá um sorriso enorme.

- Olá hyung. - Ele diz. Franzo o cenho.

- Você não está com raiva de mim? - Pergunto.

- Sim, mas é que minha omma sempre disse que é para ter respeito por pessoas lixos. - Ele fecha o sorriso e vai em direção a sala.

Sinto minhas esperanças se perdendo quando Yang Mi aparece pulando em seus braços. Eles se beijam rapidamente e sem se importar se eu estava vendo a cena ou não.

É, acho que Jeon Jungkook nunca foi gay

Foi só passagem esse amor, só os hormônios agindo no nosso corpo.

- Se apaixonou pelo Jungkook? - Yoongi dá uma risada pequena. - Eu sei como você se sente.

- Como? - Pergunto confuso.

- Eu vim aqui fazer as pazes com você e ele. - Diz.

- Yoongi se isso for uma brincadeira você...

- Não é uma brincadeira, eu percebi tudo que eu fiz e queria me desculpar.- Diz.

Suspiro. - Tudo bem Yoongi. - Digo.

- Só Suga por favor. - Assinto. - Então amigo, o que vamos fazer agora. - Ele dá ênfase no amigo.

- Acho que ir para a sala. - Digo.

- Tudo bem. - Caminhamos para a sala, chegando lá só estava Yang Mi e Jungkook. Olho para Suga.

- Finge que eles nem existem. - Sussurra.

Passamos por eles, sinto o olhar de Jungkook sobre mim, olho-o de canto e vejo-o olhar para minha bunda. Pevertido.

- Não sabia que minha bunda era mais interessante do que ouvir sua namorada falando. - Digo virando-me para frente. Ele balança a cabeça e olha para mim.

- E se for? Algum problema? Eu já vi bem mais do que isso. - Diz fazendo-me corar.

Sento ao lado de Suga e o mesmo está quase dormindo.

- Novo namorado? Uau, Park Jimin é gay. - Ele fala.

- Jungkook por favor para com isso eu não aguento mais. - Digo e ele me olha confuso. - Vamos ficar juntos novamente.

Ele dá uma gargalhada. - Desde do dia que eu te vi transando com aquela garota eu nunca mais te amei.- Sinto meus olhos lacrimejarem. - Não era Park Jimin que queria me iludir e me humilhar? Acho que me enganei.

- Para...

- Não era Park Jimin o terror das garotas? O fodedor de vaginas, o popular que todas querem?

- Por favor...

- Eu nunca te amei, desde do dia em que você transou com aquele projeto de puta eu nunca mais te amei. Eu te odeio.

- PÁRA!!! EU TE AMO JUNGKOOK, É TÃO DIFÍCIL PERCEBER QUE EU TO SOFRENDO AQUI? É TÃO DIFÍCIL PERCEBER QUE COM TODAS ESSAS PALAVRAS VOCÊ ESTÁ ME MATANDO POR DENTRO? É tão difícil perceber o quanto dói te ver sem aquele sorriso? É tão difícil perceber que eu te amo? - Caio de joelhos no chão.

Ele fica parado olhando para mim. Seus olhos começam a lacrimejar.

- Eu também te amo Jimin mas você perdeu toda a minha confiança. - Ele diz se agachando no chão junto comigo.

Sem pensar duas vezes empurro-o no chão e começo a beija-lo, não importava se o Suga ou a Yang Mi estavam ali. Deito pelo seu corpo e começo um beijo calmo e carinhoso, sua língua brincava com a minha, seus cabelos estavam bagunçados. Puxo-o para meu colo e o mesmo senta lá, suas mãos puxavam meus cabelos fortemente enquanto as minhas apertavam sua cintura. Finalizo o beijo com um selinho demorado.

- Volta pra mim meu amor, esquece tudo que eu já fiz e volta pra mim. - Junto nossas testas. Ele assente e começa um beijo calmo, nossas línguas não travava mais uma batalha, seu gosto de baunilha ainda reina na sua boca. Finalizamos o beijo. - Eu te amo muito meu pequeno.

- Eu também te amo muito mas eu não sei se posso confiar em você novamente. - Diz.

- Só mais uma chance. - Digo fazendo biquinho.

- Tudo bem. - Ele me abraça. - Eu te amo Jiminnie.

- E eu te amo muito pequeno. - Digo.

- Eu sou maior que você. - Diz fazendo bico.

- Mas eu sou mais velho. - Digo.

- Nós temos a mesma idade. - Fala.

- Aish.

- Ô meu amor, não fica assim não. - Jungkook começa a me dar beijinhos por todo meu rosto.

Olho para trás e vejo um Suga dormindo e Yang Mi mexendo no celular.

Levanto do chão e ajudo Jungkook a se levantar. Minutos depois os alunos começam a chegar. Jungkook senta na minha frente e eu atrás junto com Suga.

Acho que não foi só passagem.

Eu amo ele.

E ele me ama.

Juntos para sempre.


Notas Finais


Capitulo bosta eu sei. Mas prometo que próximo capitulo vai ser melhor.

Até <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...