História Daddy monstro e babyjin - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Jungkook, Rap Monster, V
Tags Baby, Daddy, Incesto, Namjin
Exibições 98
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


voltei, espero que seja do agrado de voces.
boa leitura.
ah, OBRIGADA PELOS FAVORITOS E COMENTARIOS. AMO VOCES. <3

Capítulo 4 - Eu não estou pedindo desta vez!


Fanfic / Fanfiction Daddy monstro e babyjin - Capítulo 4 - Eu não estou pedindo desta vez!

bate papo on:

monstro: oi baby.

babyjin: olá daddy.

monstro: você não falou comigo esses dias, o que foi?

babyjin: é que aconteceu uma coisa comigo

 e agora eu tô com medo de

 ser um baby boy

monstro: quer me contar?

babyjin: é que um dia eu estava no meu quarto,

e esqueci de trancar a porta e ai, meu irmão entrou derrepente

e me viu com as roupas femeninas, e eu propus tirar cinco fotos pra ele

mas não quero tirar, e não vou, mas se eu não fizer isso

ele conta pro meu pai e o mesmo me bate e até me expulsa de casa se possivel.

monstro: nossa baby. 

não fica depressivo, ele não vai contar, tenho certeza,

ele é seu irmão.

babyjin: você não conhece ele, daddy.

monstro: e juro que se um dia conhecer mato,

ele está te colocando medo e te ameaçando.

babyjin: não se preocupe comigo, vou ficar bem.

monstro: espero, baby.

babyjin: desculpe enterromper a conversa, mas é só falar dele,

que ele chega aqui.

monstro: cuidado, baby.

babyjin: até, daddy.

bate papo off.

    - vim buscar minhas fotos, irmãozinho. - falou ele sentando em uma poltrona cor de rosa do lado da minha cama.

    - eu sei que eu que prometi, mas eu vou tirar minha palavra.

    - o que quer dizer? - falou ele me olhando incredulo.

    - não vou tirar fotos pra você.

    - e por que não, hum? - ele se levantou e começou a rodear a cama, sempre andando devagar e me olhando intesamente.

    - p-por que eu já tenho um d-daddy.

    - sabe jin - caminhou até a porta do meu quarto e trancou a mesma, comecei a me assustar. - se não quer tirar as fotos tudo bem, mas vai vestir uma roupa dessas na minha frente. - ele sorriu malicioso e sentou do meu lado na cama.

    - não. obviamente não. - levantei da cama e ia até a porta destraca-la e mando-lo sair do quarto, mas antes disso tudo ele me puxou pelo braço e me deitou na cama, ficando por cima de mim. - Taehyung, sai de cima de mim, para.

    - acho baby's boys obedecem seus daddy's, você não está fazendo isso. - tentei empurra-lo mas o mesmo nem se mexia, nada funcionava, ele me olhava como me comesse com os olhos. - quer punição, baby?

    - n-não. - falei.

    - então faça o que eu disse se não quiser ir para a sua faculdade amanhã com marcas por todo corpo. Marcas roxas, vermelhas, de varias cores. ah, vai ser tão bom te marcar seokjin.

    - eu faço, me largua.

    - faça agora, e eu não estou pedindo desta vez.


Notas Finais


obrigada por ler, até o proximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...