História Daddy? ( Oneshot - imagine Sehun ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Sehun
Tags Exo
Visualizações 89
Palavras 756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é MEU primeiro oneshot
Então não sei se vai dar certo

Ok ?

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 1 - Flashback


Fanfic / Fanfiction Daddy? ( Oneshot - imagine Sehun ) - Capítulo 1 - Flashback

Minha história é o seguinte.Meu nome é Jade e agora tenho 26 anos. Eu era de uma família muito unida e rica, nós não eram aqueles de tipo de gente rica mesquinha, sempre fazíamos doações e essas coisas, eu sempre sonhei me casar com uma pessoa que me fizesse bem, e que fosse carinhoso principalmente na CAMA... Bom até eu encontrar ele, lembro até hoje como o conheci.


Flashback on


--- Filha, vamos logo ou vamos nos atrasar para o jantar dos sócios da empresa. -- eu nunca vi esses sócios, só sei que é um casal e eles têm um filho mais velho que eu.


--- Já estou aqui pai -- eu disse descendo terminando de descer as escadas feitas de mármore escuro da nossa mansão -- como estou ?


--- Linda minha filha querida -- minha mãe que vestia um vestido cor de vinho comprido com uma abertura na coxa, salto pretos de camurça com brincos foledos a ouro e um enfeite de cabelo em forma de cisnei que prendia seu lindo coque.


--- Sua mãe está certa você está perfeita -- meu pai apenas vestia um smoking preto, nada demais.


--- Obrigada pelos elogios a mim -- eu disse de um jeitinho meio debochado brincando com a cara deles, eu estava com um vestido com alcinha e rodado acima do joelho, saltos pretos, um colar que eu ganhei no Canadá, eu já morei em diversos países como : Brasil, Canadá, França e Itália. Atualmente estou morando na  terra dos filmes clichês Hollywood.


Quando chegamos avistamos um casal e um menino maravilhosamente lindo, nos aproximamos e homem, eu acho ser o pai do garoto, falou :


--- Olha se não é a família Park -- um homem que aparentava ter uns 49/50 anos se levantou e cumprimentou os meus pais, porém quando me viu ele fez uma cara de interrogação.


--- Quem é a linda moça ?


--- Essa é nossa filha, querida se apresente -- falou meu pai, me empurrando en direção do homem.


--- Prazer em lhe conhecer, meu nome é Jade. -- estendi minha mão para lhe cumprimentar e ele a apertou balançando pra cima e pra baixo.


--- Deixe eu apresentar minha família, essa é a minha mulher Estela e esse é meu filho Sehun -- claramente a mulher era americana, mas o garoto tinha traços asiáticos igual ao pai, me toquei que eu estava olhando ele com cara de tacho quando minha mãe me puxou para me sentar na messa e eu fiquei de frente para o Sehun.


Senti seu olhar sobre mim o jantar inteiro, porém foi difícil ignorar até que eu consegui.


1 ano depois


--- Sehun me devolva o celular agora -- eu corria atrás  dele puta de raiva.


--- Então  pega baixinha -- ele levantou o celular lá no auto -- mas antes eu quero um beijo -- fez bico esperando o beijo.


--- Tá bom seu chato -- coloquei meus braços em volta do seu pescoço, me aproximei de seu rosto e o beijei. Um beijo calmo e lento do jeitinho que ele gosta.


Sim, Sehun me pediu em namoro há um mês atrás no dia do Natal. E ele me trata com muito amor e carinho.


--- Está  satisfeito ? -- ele acenou a cabeça de forma positiva.


3 anos depois


--- Aceito. --- respondi a pergunta do padre.


--- E você Oh Sehun, aceita se casar com Park Jade ? -- aquela a pergunta era a porta da felicidade pra minha vida. 


--- Aceito.


--- Então eu declaro vocês marido e mulher, pode beijar a noiva.


Sehun me pegou pela cintura girando no ar e me beijando, todos aplaudim de pé, os  pais dele estavam primeira fileira junto com meus pais e pra variar meu pai estava chorando rios enquanto minha mãe estava com lenços acudindo ele.


Flashback off


 Agora estamos indo para a Itália passar nossa lua de mel lá e depois vamos para o Canadá.


--- Efim no quarto -- falei me jogando na cama e Sehun fez o mesmo ficando em cima de mim e beijando minha boca.


--- Mas temos muitos lugares pra ir amanhã, portanto vamos tomar um banho e dormir.


--- Você vai tomar banho sozinho, porque eu sei que você quer mais do que tomar ''banho"


--- Por favor  só hoje -- falou me abraçando por trás e beijando o meu pescoço o desgaçado sabia que eu ia ceder aos seus encantos. 


--- Tá só  hoje --- fomos para o banheiro nos despimos e entramos na água quente da banheira eu fiquei ditada em seu peito brincando com a espuma, até que senti algo duro nas minhas costas.

Quando olhei para o rosto de Sehun



CONTINUA?



Notas Finais


Comentem se eu devo continuar ou não


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...