História Daddy (Wescola) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Candice Accola, Paul Wesley, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Caroline Forbes, Stefan Salvatore
Tags Candice Accola, Paul Wesley
Exibições 33
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ecchi, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 01


"Eu não sei por que você é tão tímida," Paul passou a longo dedo na minha barriga nua, parando no cós da minha calcinha.

"Você é tão excitante", ele murmurou, antes de enterrar o rosto no meu pescoço e tomando e tando pequenos beijos na minha boca, sugando suavemente; tomando o meu fôlego.

***

Dia atual: 29 de outubro de 2014

A sensação calmante da queda sempre tem para mim. A maneira como as folhas rangia sob botas resistentes, e o cheiro de velas com aroma de abóbora. Foi de longe a minha estação favorita.

Eu continuei minha caminhada para escola, mantendo meus olhos nas varandas de senhoras idosas e famílias ocupadas. abóboras laranja brilhante, decorações do Dia das Bruxas, o espantalho ocasional.

Eu grunhiu quando eu caí, minha bunda bater no concreto com um baque alto.

"Foda-se," eu resmunguei, antes de pegar minha bolsa e recuperar a compostura. Meus olhos viajaram até um corpo, um corpo do homem, coberto por um terno de negócio.

Ele tinha um olhar solene no rosto. Seus profundos olhos verdes presos nos meus, enviando um arrepio pelo meu corpo.

Ele limpou a garganta um pouco, antes de falar.

"Idiota

Com isso, ele girou sobre os calcanhares e caminhar contínuo, um pedido de desculpas ainda não determinado. Fiquei ali, pasma com que rude que o homem era. Eu gemi para mim mesmo, olhando para baixo para ver uma folha presa na minha camisola.

***

POV de Paul

Essa menina.

Eu não conseguia tirá-la da minha cabeça, a partir do momento em que coloquei meus olhos sobre ela.

Deus sabe que não era uma merda como "amor à primeira vista."

Isso é treta.

Quando eu vi essa menina, eu vi alguém que eu gostaria de levar para casa. Não para satisfazer mas talvez foder ela na minha cama.

A maneira como seu longo cabelo loiros estava puxado em um rabo de cavalo bagunçado; Eu queria puxá-lo.

A forma como o suéter dela mostrou um pouco de seu estômago; Eu queria beijá-la.

A forma como seus olhos brilhavam; Eu queria fazê-los brilhar de lágrimas.

 eu preciso saber o nome dela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...