História Daddy's Lil Monster - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Esquadrão Suicida, Jared Leto, Margot Robbie
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Jared Leto, Margot Robbie, Personagens Originais
Tags Arlequina, Coringa, Esquadrão Suicida, Gangster, Harley Quinn And Joker, Romance
Exibições 113
Palavras 511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Conversa amigável.


Cruzei minhas pernas e o fiquei encarando, ele ria de sua última frase, isso era basicamente o que sabia fazer, exibir os dentes de prata. Porém me surpreendeu desta vez, parou do nada, ficou me olhando sério, e disse:

- Conte-me sobre você.

- Não é ético.

- Você mesma disse que preferia evitar formalidades, não se contradiga, é falta de profissionalismo.

- Sou uma psiquiatra que procura tratar você para conseguir bastante dinheiro.

- Você poderia ser modelo se quisesse dinheiro, mas não o fez, então não minta para mim.

- Faremos o seguinte então, contarei coisas minhas, se você contar algo seu.

- Feito.

Não acreditei que tinha sido tão fácil, arrancaria as informações dele rapidamente e teria um diagnóstico para conseguir achar o tratamento certo.

- Nasci em uma família complicada, tive muitas histórias infelizes na infância e cresci com bastante peso sobre mim, foi tudo um inferno. Quando fiz 20 me casei com uma namorada de adolescência, tive 2 filhos com ela. Trabalhava em uma fábrica de produtos químicos. O lugar faliu, e mesmo eu sendo formado em diversas áreas de química, física e biologia, me demitiram, fui obrigado a concordar com um roubo nessa mesma fábrica porque precisava sustentar minha família. Quando fui assaltar, Batman apareceu lá, e, na hora de me pegar, cai em um tanque químico. Dali para frente, o mundo todo sabe no que me tornei.

Fiquei extremamente tocada, já tinha ouvido tantas histórias de outros que tratei, mas a forma como ele a contou, eu sentia a dor daquilo e queria ajudá-lo ali mesmo. Já estava procurando em minha mente como tirar tudo isso dele.

- Pode me contar quais problemas sofreu na infância?

Tinha dúvidas sobre os filhos e o que houve com eles também, porém, precisava ir devagar. Infelizmente, ele não correspondeu nem à primeira pergunta, sabia contornar tudo muito bem.

- É sua vez agora, meu bem.

Contei para ele minha história, como me formei, o porquê do meu interesse em psiquiatria, só exclui a parte da morte de meu namorado. Não havia motivos para contar.

-  Então você gosta dos loucos?

- São todos interessantes.

- Me acha interessante?

- Se eu soubesse mais da sua história, com certeza acharia bem mais.

- Temos muitas sessões pela frente, Harleen.

- Sim, já essa, lamentavelmente, acabou, foi um prazer conversar com você, Coringa.

Ele apenas sorriu daquela forma intimidadora e eu saí.

Fui para casa atormentada, ele tinha um certo efeito sobre mim. Entrei e fui direto para meu notebook, precisava pesquisar, saber como lidar com tudo aquilo, precisava de mais informações, o que aconteceu não foi uma sessão comum. Eu nunca senti pena dos meus pacientes, sempre fui bem fria na hora de lidar com os fatos, porém com ele foi diferente, eu quis abraçá-lo e, relembrando de toda história, ou melhor, do pequeno resumo que ele me deu, não foi algo digno disso -comparado à tudo que já ouvi-. Isso me era algo preocupante, deveria tomar mais cuidado, pois como ele disse: temos muitas sessões pela frente.


Notas Finais


Espero que gostem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...