História Dai 8 - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Shounen, Sobrenatural
Exibições 2
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Ficção, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Só pra falar… se eu conseguir desenhar algo descente, eu ilustro os capítulos…

Capítulo 6 - Wind Arrow


Kenori acorda, e diz para Ashley:

-Vou ver o jornal, ouvi dizer que as entidades pegam rumores e noticiam nele pela televisão
-Sério?
-Sim, isso pode ser bem útil
-Realmente

Então ele vai assistir o jornal, que está noticiando o seguinte
- Foram encontrados três itens no centro da floresta a leste da primeira cidade, são três itens únicos que tem o poder de aumentar a força de quem tem poderes relacionados a natureza, um dos itens já foi pego pela pessoa que os descobriu, agora restam apenas dois, corram!

Então Kenori, sabendo que Weng vai se interessar, o chama e conta sobre os itens, então ele pergunta

- Você vai pegar um Kenori? Afinal, seus poderes são basicamente água sólida, então fazem parte da natureza!
- Não, vou deixar com você, pois o meu gelo não é normal, ele possui criogênio, o que pode fazer o item não funcionar comigo, vá você. Quer que eu e Ashley vamos juntos?
- Não, já envolvi vocês em encrenca demais (e quero deixar vocês sozinhos denovo hehe), eu vou sozinho
- Tem certeza que consegue?
- Tenho.

Então, ele vai correndo floresta adentro. Quando derrepente, um tronco de madeira passa do lado. Um homem moreno, com uma camisa verde com uma estampa que não dá pra ver direito, oferece Weng uma carona naquele tronco, e ele aceita

- Eu vi sua estampa, essa bandeira é do Brasil, certo?
- Sim, eu sou brasileiro
- Então por que você está na divisão japonesa desse mundo? E qual é seu nome?
- Meu nome é Rodrigo, eu estava no Japão quando fomos trazidos para cá, é por isso.
- Ah, entendi. Qual é o seu poder exatamente?
- controlo a madeira. Posso gerar ela também, e o seu?
- Controlo o vento. Essas flechas foram modificadas e contém apenas ar dentro, fazendo eu poder controlá-las com precisão.
- Interessante. Estamos chegando.

A frente há uma enorme árvore com dois pontos brilhando

-Vamos aterrisar - Diz Rodrigo

Então o tronco desce, e eles tocam o chão.

- Estão aí, as duas, vamos pegá-los e ir embora.

Então, uma voz diz

- NÃO TÃO RAPIDO
- Você? Me seguiu até o Japão? - Diz Rodrigo, surpreso
- O que está acontecendo?? - Diz Weng, confuso
- Vaza, seu poder nem tem a ver com a natureza! - Diz Rodrigo
- Quem disse que eu quero pra mim? Vou é vender, por um preço caríssimo - responde o homem
- Rodrigo, me explica isso
- Ok. Esse cara é da minha cidade, ele tem o poder de controlar magnetividade e densidade de objetos pequenos, fazendo assim ele ser um perfeito atirador. O nome dele é Gregório, conhecido como Greg. Ele é famoso por tráfico de armas, estava a minha procura quando eu vim pro Japão, ele me seguiu e estamos onde estamos.
- Prevejo que teremos uma luta. -Diz Weng
- Já que tem que ser assim - Diz Greg.

Então começa. Greg saca duas pistolas, e Rodrigo um machado de madeira (irônico, não?)
Greg começa a atirar loucamente,  ainda sem usar poderes, mais, como ainda é muito fácil para Rodrigo, ele começa a usar os poderes

- Agora vai ficar sério!

Rodrigo já nota facilmente que as balas estão mais densas, mais mesmo assim está fácil pra ele:

- Só isso

Então derrepente os pedaços de bala cortada voltam contra Rodrigo que foi magnetizado por Greg. Os pedaços de bala ferem os braços dele. É o suficiente para ele ficar completamente imobilizado, pois a força dele vem dos braços.

Então, a briga se torna Greg contra Weng.
Weng começa atirando flechas de vento no adversário, que começa a atirar loucamente contra ele. No entanto, a pressão do ar que Weng formou ao redor dele destrói as balas antes mesmo delas se aproximarem

Greg então saca duas armas, que ele diz serem mais poderosas. E realmente são. As balas atravessam o ciclone ao redor de Weng, e o ferem mortalmente. Greg, já satisfeito, pega os itens e vai rumo a cidade.
15 minutos depois, enquanto Greg ainda andava pela floresta, um vento extremamente forte sai destruindo tudo ao redor dele.

Ao olhar para trás, vê ninguém mais ninguém menos que Weng, só que agora com o cabelo verde, bem claro, quase branco

- ELE NÃO PARECE ESTAR CONCIENTE! O QUE É ISSO NO OLHO DELE?

Olhando para a pupila de Weng, dá para perceber que ela virou um furacão dentro dos olhos. Weng então saca uma flecha, e atira. No caminho até o alvo a flecha fica gigante e limpa aquela área da floresta. A flecha acerta Greg, e Weng cai no chão, totalmente desmaiado, a alguns metros do corpo de Greg,  que provavelmente foi completamente amassado pela pressão do vento, ao invés de empurrado. E os dois ficam caídos ali, Greg morto e Weng inconsciente.


Notas Finais


Esse não foi nem o início do mistério sobre o Weng…


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...