História Daisuki - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Shoujo
Exibições 19
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Luta, Magia, Misticismo, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Nobres são aqueles que colocam a felicidade de seus amigos acima da sua.

Capítulo 1 - Kalle e Ellie


Fanfic / Fanfiction Daisuki - Capítulo 1 - Kalle e Ellie

 Kalle brincava com sua amiga Ellie em um fim de tarde. O pequeno bosque perto de suas casas era um local perfeito para a prática de seus planos. Um local plano com arvores bem espassadas e muitos arbustos, as arvores de altura média e com poucos galhor cubriam quase que completamente o céu, a pouca luminosidade que havia naquele fim de tarde vinha dos poucos filetes de luzes que ainda passavam pelas folhas das arvores, algumas plantas estranhas e um punhado de vagalumes. Eles estavam sentados de pernas cruzadas um em frente ao outro de olhos fechados.

Você está vendo alguma coisa Kalle?-Ellie pergunta em um tom de voz baixo, lento e fofo.

Não-Kalle responde em seu tom de voz sério porém sem ser grosseiro. Ele é apenas uma criança.

Kalle...

Hum? O que foi?

As pessoas na vila dizem que você é estranho.

Isso não importa Ellie. O que você pensa de mim?

Você me mostrou coisas lindas Kalle... mas eu não sei se deviamos mexer com essas coisas...

Tem medo?

Não. Eu sei que você vai me proteger. Você sempre me protegeu...

Então o que foi?

Você vai embora daqui alguns anos, vão te mandar para a guerra. Eu não quero te perder. Você foi o único que se importou comigo. E eu a única que ficou com você.

Eu nunca vou deixar que separem a gente. Eu nunca vou abandonar você.

-Ellie se acalma e abre os olhos.

Eu confio em você Kalle. Vamos para casa, está ficando tarde.

Eu queria ficar aqui para sempre.

6 anos depois-

-Kalle começou seu treinamento no exército. Ellie esperava por ele todos os dias, acompanhava suas marchas pela vila, as vezes entrava escondida no acampamento militar para ver Kalle.

-Kalle não era o mais forte nem o mais rápido, ele corria mais veloz que qualquer um, porém não conseguia acompanhar o ritmo das atividades. Por vezes foi espancado. Aqueles que fizeram isso foram punidos, não houve mais problemas com eles. Mas Kalle tinha medo e não conseguia se concentrar.

-Ellie não conseguia dormir, não ia mais á escola pois estava sempre doente, passou á fugir constantemente de casa para ir á floresta, por muitas noites chorava, as noites em que não via Kalle.

2 anos depois-

-Kalle fez 18 anos no dia anterior, ele passou á noite com Ellie no bosque, não dormiu por isso estava com olheiras pesadas embaixo dos olhos. Estava junto com seu esquadrão á caminho de uma guerra em uma terra distante que desconhecia. O clima estava pesado dentro do caminhão de carga, Kalle percebe o momento o caminhão passava pelo final do bosque, ele agarra sua mochila com a mão esquerda e segura seu rifle com a mão direita, os companheiros de esquadrão o observam espantados enquanto se levanta. O clima é quebrado por uma voz no fundo.

Kalle o que você está fazendo?!

-Seu nome é Linus, um garoto baixo de olhos castanhos e pele escura. Mas sua voz não impede Kalle de pular do caminhão em movimento. Ele cai no chão um pouco desequilibrado mas ainda de pé. Kalle corre para dentro do bosque com gritos cada vez mais altos nas suas costas, a alça da mochila sobre um dos ombros apenas pesa, sua mão direita segura o cano do rifle com muita força, o final do bosque tem muitos arbustos espinhentos que aos poucos rasgam as barras da calça cargo que ele usava, seus coturnos aguentam bem o terreno do bosque, por passar tanto la conhece todos os caminhos e atalhos, chega rapidamente á entrada bem pequena e coberta de uma caverna. Ele retira os galhos que o mesmo tinha colocado na noite passada e entra dentro da caverna. Sua pequena franja castanha está enxarcada de suor, ele tira os fios de cabelo da frente para limpar o suor da testa, coloca o velho boné militar que seu pai lhe deu e entra dentro da caverna. Atráves de um tunel apertado ele chega em um lago subterraneo.

-Ellie estava esperando por ele em frente ao lago, ela olha para Kalle sem acreditar no que está acontecendo, de repente ela sorri pois sabe o que está por vir, ela corre em direção á Kalle e o abraça forte. Ela fecha os olhos e diz:

Você demorou muito! Eu fiquei preucupada!

Está tudo bem agora Ellie. Vai ficar tudo bem.

-Ele passa suas mãos pelos cabelos castanhos de Ellie, ela usa um belo e simples vestido preto e nada mais, sua cabeça está recostada no peito de Kalle, atráves da blusa branca escuta seus batimentos acelerados.

Temos de ir agora Ellie.





Notas Finais


Bem aventurados aqueles que fazem de tudo pelo amor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...