História Daisuki - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Shoujo
Exibições 5
Palavras 731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Luta, Magia, Misticismo, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Coisas bonitas não são perfeitas mesmo no seu estado bruto de pureza.

Capítulo 4 - Ellie


Fanfic / Fanfiction Daisuki - Capítulo 4 - Ellie

Ellie nasceu.

Seus pais não queriam uma criança, ela era indesejada. Tão bela e delicada, delicada demais, sua saúde era fraca.

7 anos depois-

Ellie foi sempre muito próxima de Kalle, desde pequenos eles eram rejeitados, Ellie por seus pais, Kalle por todos que olhavam para ele.

-Ellie mais uma vez entrava na frente de Kalle. Ele estava muito machucado, as outras crianças queriam jogar pedras nele, o chão de terra da parte de trás da escola estava remexido, Kalle correrá muito até cansar para desviar das pedras, as crianças não machucavam garotas, não jogavam pedras em nele com Ellie na frente.

-Ellie havia demorado de terminar suas atividades, não ia bem nos estudos, demorou para ir ao intervalo, e nesse tempo Kalle sempre sofria, ele era inteligente, sempre ficava em um canto escuro da sala, terminava as atividades e se escondia no intervalo, mas sempre encontravam ele.

Parem com isso! Ele não fez nada para vocês!

A professora aparecia olhava desapontada para as crianças que atacaram Kalle e elas iam embora, mas sempre voltavam.

6 anos depois-

É a festa de debutante de Ellie, mesmo de má vontade os pais dela fizeram uma pequena festa, convidaram familiares e os poucos amigos de Ellie. Linus, Simon, Alexandre e Kate, Ellie sempre se deu melhor com garotos, e digamos que Kate era bem masculina.

-Kate estava com Ellie na cozinha, o quintal havia sido arrumado com um pequeno palco e mesas ornamentadas, havia um pequeno vaso transparente com uma rosa em cada mesa, havia uma cerca branca que separava o quintal da casa do terreno envolta.

-Kate fazia a sombra dos olhos de Ellie. As duas não gostavam de festa, elas preferiam estar desenhando, mas os pais de Ellie faziam questão de uma festa, era tradição na cidade ao completar 15 anos as meninas terem uma festa, Ellie não ligava para aquilo, mas uma coisa que a deixava nervosa era a dança, ela queria dançar com Kalle, mas seu pai não aceitava isso, por passar muito tempo com Kalle ela não tinha outros amigos, era o que ele pensava.

-Os lábios de Kate tocam os de Ellie. Ellie se afasta rapidamente empurrando Kate.

O que está fazendo?!!!

Eu... eu não sei...

Kate! Porque você me beijou?!

Eu só precisava fazer isso... antes de você dançar com ele...

-As bochechas de Ellie ficam vermelhas, nunca imaginou que Kate sentia algo por ela.

-Kate vê a expressão no rosto de Ellie e sai correndo. Vai embora da casa correndo com lágrimas caindo.

-Ellie toca em sua boca ainda sem acreditar no que aconteceu.

Ellie dançou com Kalle, a festa foi divertida.

No dia seguinte-

-Ellie foi até a casa de Kate, ela havia ficado trancada no quarto desde ontem. Ellie escalou a varanda e entrou pela janela, a janela de kate era sobre a cama dela, Ellie caiu por cima de Kate.

-Kate acorda, seus olhos estão inchados, sua pele está pálida, sua cama está molhada, seu quarto está abafado, há um espelho quebrado no chão, roupas jogadas, rasgadas, espalhadas no chão, Ellie está por cima de Kate.

O que você veio fazer aqui-Kate fala com uma voz fraca e rouca.

Eu vim ver minha melhor amiga-Ellie fala tentando parecer calma.

Vai embora-Kate fala como um susurro e se deita de lado com o travesseiro cobrindo o rosto.

-Ellie percebe que precisa fazer algo para não perder sua amiga, ela faz sua escolha.

-Ellie tira o travesseiro do rosto de Kate.

Para!-Kate fala o mais alto que pode com a voz rouca.

-Ellie se posiciona exatamente em cima de Kate e segura os dois braços dela.

-Ellie beija Kate, denovo e denovo, tira suas mãos dos braços de Kate e passa por seu belo cabelo roda, as duas fecham os olhos, e seguram uma no rosto da outra. E derrepente tudo para.

-Kate afasta Ellie com as duas mãos para o pé da cama.

Você me ama?

-Ellie se senta de pernas cruzadas de frente para ela e Kate faz o mesmo.

-Kate percebe a hesitação de Ellie.

Eu te amo!-Ellie fala de uma vez alto e de olhos fechados.

-Kate sabe que doi dizer aquilo.

Não precisa mentir pra mim. Não para mim.

-Ellie abaixa a cabeça e deixa seus fios castanhos caírem em frnte de seu rosto.

Eu preciso de você...

-Kate levanta o queixo de Ellie com a mão, as duas se olham por um momento, Kate sorri.

Não precisa mentir para me deixar feliz.

Eu não quero te perder...

Você me fez feliz Ellie, hoje você me fez feliz, mas você não quer ficar comigo, eu sei.

-Ellie derrama algumas lágrimas, ela ama sua amiga.



Notas Finais


O que há de mais belo nesse mundo é o que mesmo com manchas continua á brilhar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...