História Dama do Mar - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Kurama (Kyuubi), Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Drama, Gaaino, Naruhina, Romance, Sasusaku, Sexo, Violencia
Visualizações 85
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo 5


O sol estava alto, devia ser meio dia ou por ai. Sakura estava sentada em uma cadeira e em sua frente estava três homens grandes e fortes que por um momento sua alma saiu pela boca e voltou.

Estava com muito medo do que poderia acontecer e se amaldiçoou mentalmente por seu sobrenome ser Haruno.

- Então... Conte sua história... - Kurama falou a olhando sério. Ele estava no meio de dois morenos, o que ela viu sendo preso e um com rabo de cavalo. Pareciam mais amigáveis sem a pele podre e os cabelos platinados.

- E-Eu não tenho muito a contar... Fui abandonada nova para trabalhar para a senhora Tsunade... - Falou baixo enquanto suspirava olhando o chão.

- Lembra de sua família antes? - O moreno com o rabo de cavalo se manifestou ao lado dela

- Não muito, apenas alguns vultos do passado mas nada sério - Olhou eles.

Naruto suspirou, sem duvida era uma Haruno, era a cópia perfeita do capitão Kizashi Haruno, um pirata bem famoso pelos mares bem antes de Naruto nascer.

- Bom, srta. Haruno... Você vai seguir essa viagem com a gente, esta livre, pode andar pelo navio se quiser como qualquer um. Mas se tentar algo, eu não pensarei duas vezes antes de te matar - Falou sério e desamarrou a mesma que se levantou ainda tremendo olhando os três ali - Pode ir...

E assim ela voltou para a cabine rapidamente sentando-se na cadeira respirou fundo passando a mão sobre o rosto. OK, estava em um navio, com vários amaldiçoados que precisavam dela para alguma coisa e se não os ajudasse morreria. Maravilhosa essa ideia, bem tentadora.

Olhou em volta a cabine de Kurama e tentou pensar em algo. Mas estava longe de terra firme e lógico que não ia conseguir se sair bem dessa.

- Não queria uma aventura Sakura? Pois bem... Esta ai - Falou ora si mesma antes de ouvir a porta de abrindo e de la entrando o moreno que ela viu ser preso.

- Aqui tem algumas roupas... - Falou deixando a mida de roupas em cima da mesa e se virou para sair.

- Por que fazem isso? - Sussurrou um pouco alto fazendo Sasuke parar e se virar para ela.

- Precisamos disso... Queremos nossa vida de volta... Você é a única que pode nos dar isso - Falou a olhando e logo suspirou olhando pra frente - Por enquanto e uma de nós... Ficarei responsável por você - E assim saiu deixando a rosada confusa olhando a sala vazia.

Andou até a mesa onde estava a muda de roupas e as pegou as observando, sem vestidos apenas calça e camisa como a maioria dos piratas se vestiam aqui.

Tirou a roupa a colocando no canto da sala e se limpou com um pano e um balde de água que deixaram a ela. Vestiu de pressa as roupas com medo de alguém entrar e a pegar daquela forma. Não precisava passar por isso ainda.

Suspirou e andou até a porta calmamente, colocou o ouvido sobre a mesma vendi se tinha algum som lá fora, vozes, qualquer coisa, mas apenas escutou o barulho do mar. Assim que saiu viu o navio totalmente vazio e silencioso, achou estranho pois a pouco tempo estava cheio de piratas sujos e bárbaros.

Andou até a ponta do navio e se apoiou na madeira olhando as pequenas ondas baterem contra a grande embarcação.

- Diria lindo se não fosse tão trágico... - Murmurou mais para si coçando a nuca enquanto olhava os pássaros voando em círculos em cima dela.

- E é... - Escutou uma voz rouca e se virou encarando o dono - Você ficou bem na roupa...

- Estou me sentindo suja agora... - Rosnou para o moreno que apenas revirou os olhos e parou ao lado dela olhando as ondas junto da mesma.

Ficaram em silêncio por alguns minutos, o que já estava irritando a mesma, até que ela lembrou de um detalhe importante que se tratava dele.

- Por que matou Lorde Jiraya? - Falou com pesar na voz e ele a olhou por uns instantes logo sorrindo de canto - Acha isso engraçado? Seu perverso!

Oh sim, ele estava sorrindo perante aquilo, estava rindo da morte daquele que ele considerava pai.

- Acho... Pois não foi eu quem o matou - Falou e logo se afastou da rosada indo em direção a porta que dava ao interior do navio - Deve estar com fome... A viagem vai demorar...

Sakura ficou encostada olhando ele incrédula, ele falava em uma tranquilidade que acabava com tudo, e sua voz de certa forma a fazia se tremer

- Pois bem... Estamos a jantar, e só descer as escadas, princesinha - Falou com um pouco de deboche, o que não passou despercebido pela mesma, que bufou e andou devagar até onde ele estava.

Pode ouvir as vozes, conversando e rindo enquanto comiam, todos masculinos e ela sentiu que devesse sair correndo dali.

- Não se preocupe... Eles não vão morder - Falou e riu descendo com ela.

O navio estava cheio e todos comiam com as mãos asas de frango e carne, bebiam rum e riam de piadas banais que outros faziam. Entre eles estava seu capitão.

O loiro interagia com sua tripulação, coisa rara de se ver, ele ria com as piadas de um gordinho que segurava um pedaço de frango nas mãos e ao lado um moreno com rabo de cavalo continuava com a expressão entediada.

Mas isso durou pouco, pois assim que ela pôs os pés no local, tudo ficou em silêncio e todos se viraram para ela.

O capitão se levantou e andou alguns passos acenando para Sasuke que ainda estava ao lado dela.

- Você tem duas escolhas Haruno... Seja como nós, aja como a gente, vire da família - Falou os detalhes enquanto brincava com a bainha da espada - Ou... Fique presa na cela como prisioneira até chegarmos a Ilha do Perdigueiro...

- Mas já vamos avisando - Um outro moreno aproximou-se dele - Ser prisioneira não e uma boa opção...

Realmente não parecia a ela uma boa tentação, sua mente vagou a alguns meses atrás que ela sempre olhava o mar e se imaginava navegando pelas águas em seu próprio navio e tripulação, isso nunca aconteceria, mas aquele momento era a chance de viver uma aventura.

O que tinha a perder?

- Aceito!

Falou e todos que estavam sentados se levantaram aos urros erguendo as garrafas e copos com cervejas e rum, como sinal de boas vindas.

Naruto sorriu e Sasuke a cutucou com o cotovelo a fazendo rir baixo.

- Para a ilha do Perdigueiro marujos!! - Gritou Kurama com um sorriso de canto e tirou o chapéu quando chegou ao pé da escada - Nossas vidas nos esperam!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...