História Damnation - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Visualizações 48
Palavras 893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!!

Capítulo 4 - Reflection


Fanfic / Fanfiction Damnation - Capítulo 4 - Reflection

Camila's P.O.V.

- Camila, eu nunca falei sobre isso com ninguém, as únicas pessoas do mundo que sabe sobre isso é minha mãe, eu e, agora, você. Vamos nos sentar porque a história é um pouco longa

Sentamos em uma poltrona que tinha na beira da piscina, perto de uma vidraça que dava pra ver o nosso próprio reflexo. Lauren puxou sua poltrona pra mais perto da minha e me encarou, eu sabia que aquilo de uma forma ou de outra era importante pra ela, então fiquei calada e estava toda ouvidos pra ela como nunca estive

- Continuando... Desde que eu nasci eu sempre fui a filha única, a querida, a mimada e eu cresci acreditando nisso por muito tempo. Quando eu completei meus 8 anos de idade, uma noite eu ouvi minha mãe conversando no telefone de uma forma como eu nunca tinha a visto, dava pra sentir o desespero na sua voz, da mesma forma como você já me flagrou conversando no telefone também. Enfim, foi nessa mesma noite que eu fiquei sabendo desse "segredo" e, apesar de muito nova, eu nunca mais esqueci o que ela me falou. - eu já não aguentava mais de curiosidade, quando ela finalmente soltou a "bomba" - Camila, esta vendo esse espelho aqui? - Lauren disse apontando pra vidraça que tinha ao nosso lado, eu apenas concordei com a cabeça - O que você vê nele?

- Bom, eu vejo nós duas

- Olha pra mim pelo o espelho, o que você vê?

- O seu reflexo

- Duas de mim, certo?

- Sim, duas de você, mas o que isso tem a ver Lauren? - perguntei já sem paciência

- Tem duas de mim, não só aqui mas na vida. Eu tenho uma irmã gêmea Camila, e isso pode até parecer que não é um problema mas é sim, isso se tornou um problema. Quando nós nascemos minha mãe não tinha condição de cuidar das duas e teve que optar por uma e ela me escolheu, a minha irmã foi morar com minha tia em uma cidade pequena. Ela não sabia de nada até seus 16 anos, só quando eu fiquei famosa e fui pra mídia que ela percebeu que eu era exatamente igual a ela, ai a verdade veio a tona e ela quis investigar o passado. O problema é que ela é totalmente o oposto de mim, ela é toda errada, perigosa, se mete em milhares de problemas e vem causando dor de cabeça pra minha tia desde então. Os telefonemas são sempre ela ameaçando a voltar ou ir na mídia e expor minha vida, o problema é que a minha mãe não sabe disso, ela em imagina que a minha irmã esta ameaçando a voltar

Eu estava incrédula, ouvi Lauren contar aquilo e não pude disfarçar o quão chocada eu estava, só conseguia a encarar sem dizer uma só palavra e boquiaberta

- Então é isso, me sinto mais aliviada! Agora fala alguma coisa, sei lá

- Lauren, eu... eu não sei nem o que falar. Qual o nome dela?

- Megan. Megan Jauregui Morgado, pra ser mais específica.

Eu não sabia o que falar pra ela, o que perguntar, um silêncio torturador tomou conta do lugar e eu só conseguia encarar o chão tentando digerir tudo que eu tinha acabado de escutar

- E agora Camila? Contei meu maldito segredo, como a gente vai ficar agora?

- Lauren eu não sei, é muito importante pra mim que você tenha confiado em mim pra falar algo desse tipo, mas será que é o suficiente pra gente manter nossa relação? Ainda tem muita coisa errada, que me incomoda e você sabe disso

- Camila, o resto a gente vai tentando consertar com o tempo, mas por favor, da mais uma chance pra gente

Eu assenti ao pedido da Lauren, soltei um sorriso pra ela e sentei ao seu lado, a abracei e prometi que estaria do lado dela sempre que precisasse. Nos levantamos e fomos para o nosso quarto, mandei uma mensagem para a Dinah avisando que não voltaria, deitei minha cabeça no travesseiro e finalmente consegui me tranquilizar.

No dia seguinte acordamos um pouco mais tarde já que não tínhamos compromisso pela manhã. Abri meus olhos e consegui identificar o cheiro bom de café, olhei pra cozinha e Lauren estava lá, com uma blusa toda larga preparando algo pra gente comer juntas.

- Bom dia meu amor - disse enquanto a abraçava por trás

- Bom dia princesa! - ela se virou pra mim e me deu um longo beijo de bom dia

Nos sentamos a mesa e conversamos sobre tudo, menos sobre a Megan, eu particularmente não me sentia a vontade de falar sobre isso com ela e eu sentia que ela também não. O nosso assunto foi interrompido quando o telefone da Lauren tocou

- Alô?... Megan o que você quer?... Como assim aqui?... Não, você não esta falando sério... Não desliga, Megan não!... Some da minha vida por favor...MEGAN!

- O que foi Lauren?

- Era a Megan...

- E...?

- Ela ta aqui

- No hotel?

- Não, na cidade. Depois de tanto ameaçar ela finalmente veio atrás de mim e pelo que parece ela veio trazer toda a verdade a tona. Camila o que eu faço? Como eu vou falar isso pra minha mãe?


Notas Finais


E ai, o que acharam? Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...