História Damned Blood - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, Sussurro (Hush, Hush), The Vampire Diaries
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Romance, Vampiro
Exibições 15
Palavras 630
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


É com pesar que me despeço dessa fanfic em mais um site :(( Escrevi essa mesma história três vezes até ficar convencida de que estava boa e isso foi há 3 anos atrás kkk Sim, voltarei com mais histórias, não só no gênero de criaturas sobrenaturais, mas espero que gostem mesmo assim, se quiserem ler, é claro :) Enfim, fiquem com o último capítulo de Damned Blood. Inicialmente eu tinha a intenção de fazer uma saga, só que por eventos não terminei o segundo volume. NÃO GARANTO que ele (o segundo volume) virá pra cá, pois não quero trazer uma fic não terminada só pra deixar todo mundo esperando por capítulo, maaas prometo tentar kkk Beijo pra quem quiser, até a próxima ^^

Capítulo 20 - Capítulo 19 (último)


Abri os olhos devagar. Eu estava no quarto de hóspedes da casa de Mike, reconheci pelas persianas e a decoração, meu irmão me olhava preocupado, sentado ao meu lado e segurava minha mão. Procurei por Logan, mas não o encontrei, lembrando que a última vez que o vi ele estava gastando suas forças restantes brigando com Diego por minha causa. Me sentei imediatamente.
– Onde ele está? - respirei ofegante e gemi como consequência por ter forçado a costa machucada.
– Ele está bem. Eu prometo. - Mike disse e algo em seus olhos não me fez questionar isso. Olhei para o meu braço.
– Meu corte...
– Consegui neutralizar o corte, fazê-lo parar de sangrar, mas ainda deve estar roxo. Melhor não mostrar isso para a mamãe e o papai amanhã. - sorriu.
– O que aconteceu?
– Logan conseguiu. Ele matou Diego. Porém nós não encontramos o corpo de Ian, ele deve ter fugido.
– Então acabou?
– Mais do que isso. - ele pegou um espelho na cômoda ao lado e me deu - Parabéns!

Impossível! Meus olhos passaram do castanho que eram para um azul tão claro que me espantei.
– Como... ?
– Eu não sei. Talvez a morte de Diego tenha liberado Elizabeth do fardo de ser a cura para a maldição do híbrido e de alguma forma isso tenha afetado seus olhos.
– Ual! - ele riu - E eu ainda me surpreendo.
– É mesmo. - olhei pra ele.
– E você é um bruxo?
– Pois é, não conta pros nossos pais, tá? Juro que não estou mexendo com macumba ou essas coisas. - deu de ombros - Ainda estou aprendendo com a vovó. Foi ela quem me avisou que você estava em perigo ontem.
– Você estava com ela?!
– É. - forçou um sorriso - Mas fazer parte disso tudo não é motivo de orgulho pra mim, as coisas nesse mundo são muito... Sombrias.

Essa palavra com certeza era apropriada.
– Tem razão. - encarei meu irmão de novo - Cadê o Logan, Mike?

Ele me olhou por alguns instantes, depois retirou um envelope do bolso e me entregou, o segurei com delicadeza.
– Logan me pediu que te desse isso. Vou... Te deixar sozinha pra ler. - se levantou e saiu do quarto, fechando a porta atrás de si.

Me ergui da cama devagar, caminhei até a janela, onde dava pra ver que chovia muito, finalmente chovia em Seatle. Me senti mais à vontade pra abrir a carta e ler.

"Querida Ammy, não sei como começar a escrever isso, tive pouco tempo para pensar nas palavras, então me perdoe se algo ferir ou você não me compreender muito bem.
Há mais de um mês atrás eu soube da sua existência, alguns bruxos aliados me disseram que a número sete nasceria entre os Dale, mas eu preferi ver com os meus próprios olhos. Porém Ian já estava um passo à minha frente, ele sempre estivera, por isso me matriculei na LHS, para que no dia do incidente no museu eu pudesse te salvar. Você pensou que o que eu fizera foi por causa de Elizabeth, mas não fora. Ammy, existem coisas ainda nesse mundo que você não pode compreender ainda. Coisas muito maiores do que o que enfrentamos noite passada. Eu não podia deixar Ian te matar por um outro motivo que um dia você descobrirá sozinha, mas por agora, saiba que minha maior motivação pra te manter à salvo foi o meu amor por você.
Não posso ficar, sabendo que ele ainda está vivo e enquanto eu estiver com você ele saberá onde você está, tenho que despistá-lo. E quando eu conseguir finalmente matá-lo, eu volto pra te buscar. Mas talvez eu nunca volte, então, siga sua vida, seja feliz. Você estava muito melhor antes de mim. Porém nunca se esqueça: Você é minha!"

Logan.

Fim!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...