História Dance for Me - Min Yoongi Hot - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 176
Palavras 1.243
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOI XUXUS!

To muito feliz de estar trazendo mais um cap pra todos!

espero que leiam e gostem pois não tive nem tempo para revisar mas vai assim mesmo.

Ignorem qualquer erro de digitação, breve será corrigido.

Opinem, o que achariam de um trailer especial para nossa fanfic?

Capítulo 9 - ''Eu deixo''


Voltamos para minha casa na minha bicicleta, ele pedalando e eu abraçada com seu corpo.

Ele parou na frente a minha casa, então dirigiu seu olhar sério para mim, como se ansiasse algo profundo para me dizer.

- o que foi? – perguntei  descendo da bicicleta.  Ele permaneceu sério como se estivesse em outro mundo. – se arrependeu? – perguntei e ele levantou sua cabeça arregalando os olhos.

- Não! – ele negou olhando em meus olhos, e então pegou em minha mão. – não me entenda mal, estava apenas pensativo. – ele se aproximou e deu um selar em minha testa descendo cuidadosamente para minha boca, então me deu um selar.

- Voces... – ouvimos uma voz feminina e então nos viramos pra ver o que era, era minha mãe no portão.

-Ah... isso... é que. – tentei explicar colocando a mão na cabeça.

- estamos namorando! – Yoongi pegou minha mão e sorriu para ela.

- estamos? – sussurrei ao pé do ouvido e ele  fez uma careta.

- é melhor que dizer que transamos na cabana abandonada. – ele sussurrou e eu olhei para ela e dei um sorriso leve com os olhos ainda arregalados.

- entrem logo! Por sorte eu gostei e você garoto. – ela nos acolheu sorrindo no portão.

- já era mais que hora de ela conecer um homem de verdade.

– Min Yoongi!! – bati nele.

- Oxi, quer me matar antes mesmo de ver seu pai? – ele de repente virou brincalhão.

- Não foi mentira o que ele falou, você precisava conhecer outra pessoa. – minha tia abre a porta de nossa casa e sorri.

- Querido! – minha tia chama seu marido que está na sala assistindo TV.

- Olá querida! – ele me saúda. – e você jovem... – ele se levanta vindo até o min Yoongi.

- Min Yoongi Senhor. – ele se curva.

- sem isso. Me chame de senhor Olliver. – ele sorriu.

- me de sua mochila querido. –  minha tia pediu gentilmente.

- cheguei ainda agora do trabalho, vamos jantar?

- ah! Realmente não precisa. – ele gesticulou com as mãos.

- Pai, ele tem que ficar.

- por que querida? – olhei para o Min Yoongi.

- Por que ele é meu namorado! O senhor deve dar conselhos a ele sobre como não partir meu coração. – fiz cara de manhosa. Então meu pai olhou para Min Yoongi como se não houvesse jeito.

- Ya. – Yoongi tocou em mim de leve.

- você começou. – sussurrei.

- ok. Eu fico. – ele levantou o rosto.

Ficamos esperando a comia no terraço da casa.

- Por que disse aquilo ao seu pai? – ele pegou no meu pulso e eu sorri.

- você que começou dizendo que era sua namorada sem ao menos um pedido especial e flores.

-Aish! Vocês mulheres. – ele cruzou os braços olhando para o jardim.

- Homens servem pra isso! – cruzei os braços.

-Já estão brigando? – Minha mãe vem nos ver.

- Não! Estávamos decidindo se eu iria deixa-la ganhar no concurso de dança para o final do ano. – ele desculpou-se e eu para não deixa-lo só sorri.

- Ah! Kat, sua diretora ligou, ela disse que você não foi encontrada na escola. Quero saber por onde andava.

- com todo respeito senhora. Sua filha me ajudou, eu realmente passei muito mal mais cedo e ela saiu da escola comigo para comprarmos comida e remédios.

- e o que você teve?

- eu não sei. Acho que é virose. – ele sorri.

- então vamos, o jantar está pronto. – ela sorri e vai na frente, me levanto e Min Yoongi faz o mesmo, mas com um pouco de dificuldade.

- está bem? - perguntei-lhe tocando seu ombro.

- estou. – ele mentiu, dava pra ver.

- mentiroso. – toquei-lhe o abdômen. – aqui? – perguntei e ele me olhou atento, seu olhar era avassaladoramente sexy, incendiava meu coração com um simples olhar, não precisava de mais.

- vamos jantar, antes que eu te perca pra o tempo. – ele sorriu. – vai ficar tudo bem. – tirei a mão de seu abdômen e ele a acolheu entrelaçando seus dedos nos meus.

O jantar corria bem e em silencio, a cadeira  minha frente estava o Yoongi e nas pontas meu pai e mãe.

- então... que história é essa de namorados. Vocês dois. – meu pai gesticulou apontando seus dedos para nós.

-Minhas intenções são as melhores senhor, eu garanto, e... ssobre o namoro, não continuaremos nada que não esteja dentro dos padrões e da vontade dela. – como se fosse sue normal termos transado sem ao menos ter trocado muitas palavras.

- por que só da vontade dela? – ele perguntou.

- por que mesmo que todos dissesem ‘’não’’ eu lutaria por ela. Se ela ainda me amasse eu iria até o fim. – ele mais uma vez me fulminou com seu olhar completamente atrelado aos meus olhos, um silencio se formou e apenas nossos olhares se falavam, os talheres parados até que meu  pai quebrou o silencio.

- quero conhecer mais sobre você. Venha aqui  ao domingo.

-ok. – ele concorda e coloca um pedaço de carne em sua boca.

Os talheres se moveram até o jantar terminar, meu pai o levou para seu escritório e  minha mãe ficou comigo.

- acha que ele é um bom rapaz? – ela perguntou enquanto de costas lavava os pratos.

- acho que sim. Ele de certa forma me entende.

- espero que dure. – ela olhou para trás e sorriu. – eu quero o melhor para você.

- eu sei mãe. – andei até ela e a abracei.

Em seguida caminhei arrastando os pés silenciosamente pelo piso de madeira até olhar pela porta entreaberta que meu pai havia deixado, sentado na cadeira estava o Yoongi e meu pai explicava algo para ele, encostei-me na parede e observei atenta, os movimentos do cabelo dele, suas mãos, tudo era uma musica composta que era a trilha sonora dos flashbacks de mais cedo. Como tudo muda em um instante, como os segredos tem poder, assim como o olhar dele tinha sobre mim. Uma vez que desviados dos papéis se voltavam para mim, era como se meu coração fosse a mil, quando nossos olhares se encaixavam nossos mundos se transportavam um para dentro do outro, como se nossas almas pudessem sair do corpo e dar uma volta na cidade de mãos dadas.

Era a hora de se despedir, meus pais nos deixaram a sós, então debaixo do teto do terraço  demos as mãos.

- Sabe quando você quer que um momento dure para sempre? – ele perguntou.

- Hum.

- é como me sinto agora. Quando chego perto de você.  Eu não quero te perder. – ele me abraça forte.

- por que está fazendo isso no nosso primeiro dia de namoro?

- estou prevenindo, e vou prevenir mais ainda agora. – ele aproximou seus lábios da minha testa. – para que nunca se apaixone por outro. – ele beija minha testa novamente mas com um beijo terno e doce- Que seja eu sempre, todo dia.

- e vai ser. – toquei sua mão e novo e dei um beijo nas costas de suas mãos.

- eu vou indo. – ele me olhou e sorriu acariciando meu rosto enquanto sentia sua mão tocar a minha, o calor que nos envolvia me deixava em silencio, deixava ele em silencio, um calor puro, um sentimento sem máculas. Mais um minuto em silencio até que ele me abraçou. – Te amo. – ele sussurrou. – vai dar tudo certo.

- sobre o que? – perguntei.

- eu deixo você vencer o concurso no final do ano. – senti ele sorrir enquanto seus braços me envolviam. Eu também sorri.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...