História Dance With Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 71
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente! Tenho alguns avisos para vocês...
Bom, eu me organizei com minhas fanfics e tals e eu vou passar a postar assim:

Quarta por volta das 20:00
Sábado por volta das 20:00

E eu tive uma ideia para vocês poderem visualizar a dança dos personagens, vou deixar o link de um vídeo nas notas finais, então toda hora que aparecer no capítulo, por exemplo "(Link 1, notas finais)" é porquê vai ter o vídeo da coreografia.

Eu fiz isso nas outras danças da fanfic, MAS não em todas porquê não achei nenhuma música para a dança, mas apartir de agora, SEMPRE vai ter

Agora, boa leitura <3

Capítulo 4 - Me Leve Com Sua Música


Fanfic / Fanfiction Dance With Me - Capítulo 4 - Me Leve Com Sua Música

LEIAM AS NOTAS DO AUTOR


Ladybug, 5:00, Paris.

Sabe quando você está dançando, sente todo o calor, animação... E quando vê... Cai. Eu passei por isso muitas vezes na minha vida de bailarina, era broxante.

Eu me via em uma sala com um espelho enorme em minha frente, encarava meu reflexo até que escuto uma música começar a tocar...

Senti meu corpo se movimentar sem minha permissão, ele começou uma dança contemporânea na sala... Me movimentava sem controle e não lutava para parar... Apenas respirei fundo, fechei meus olhos e deixei a música me guiar. (Link 1, notas finais [como foi a coreografia])

Ouvi alguém chamar meu nome algumas vezes, mas estava muito envolvida na dança. Me olhei no espelho e não vi a garota mascarada que me permitia fazer todos esses passos, vi a garota que eu realmente era. Marinette estava dançando aquilo, não Ladybug.

- Ladybug... - chamou novamente.

- Me deixe ser livre mais um pouco! - gritei para a voz, sem saber de onde ela vinha.

Logo meu corpo parou a dança e encarei o espelho, vi minha máscara se manifestar novamente, mas era uma luz, não aquele vermelho com bolinhas pretas, a luz começou a se expandir até que cobriu toda a minha visão até que a intensidade dela me cegou.

- Tudo bem, Ladybug? - perguntou uma voz desconhecida para mim.

- Ah...?

Ainda não conseguia enxergar nada.

- Ela está melhor. - falou uma voz que eu realmente conhecia.

Tikki.

- Mesmo assim, precisamos descobrir o que aconteceu com ela. - retrucou uma outra voz que eu também conhecia.

Chat Noir.

Onde eu estava afinal?

Abri meus olhos lentamente, tentando me acostumar com a luz.

- Olá Ladybug. - comprimentou um médico que estava lá. - Como se sente?

- Normal...

Realmente me sentia assim... Não tinha dor, ressaca, simplesmente... nada...

O médico começou a explicar algo sobre vermes em meu corpo... Mas não entendi nada. Então logo ele me perguntou se tenho alguma ideia do que aconteceu comigo.

- Não me lembro de nada des da hora em que me transformei. - respondi com sinceridade.

- Eu tenho uma ideia do que aconteceu com ela. - manifestou-se Chat Noir.

- O que? - perguntou o médico.

- Sabrina ofereceu uma garrafa de água para ela... Não tenho a garrafa aqui, mas acho que realmente foi Sabrina. O que eu estranhei é que Ladybug desmaiou muito cedo, não daria tempo dos vermes agirem.

Olhei para Tikki que estava mexendo em sua orelha como se estivesse com coceira. Na verdade, ela queria falar comigo a sós, esse era um dos nossos códigos.

- Ah... Chat Noir e... - olhei para o crachá do médico, dizia George O'malley - Doutor O'malley, podem sair? Preciso falar com Tikki.

- Claro... A vontade. - falou o doutor se retirando e levando Chat Noir consigo.

Assim que estávamos sozinhas, ela veio até mim.

- Eu sei o que aconteceu na festa.

- O que? - perguntei me sentando.

- Chloe. Ela mandou a Sabrina te entregar a água com os vermes, ela armou tudo pra você. Entrou no Dance Battle pra te ferrar.

- Mas porquê ela iria querer ferrar a "Ladybug"?

- Não sei... Precisamos descobrir.

- Tikki, eu tô melhor, não posso ir pra casa?

- Vou falar com o George, acho que você consegue alta, mas hoje é importante que você descanse.

- Mas eu quero dançar, Tikki!

- E vai, mas hoje não.

A garota se retirou do local deixando-me sozinha, então não tive escolha a não ser dormir, e foi o que fiz.


12 Horas Depois

Acordei sem saber quanto tempo se passou, olhei meu celular e vi que eram 16:00.

Eu me levantei de minha cama e sai de meu quarto, agia como se pudesse fazer isso.

Aprendi a um tempo, que se eu agir como se eu tivesse todo o direito de fazer o que queria, mesmo que não pudesse, as pessoas iriam achar que eu posso.

Caminhei até uma sala grande, onde não tinha ninguém.

- Isso é uma tentação... - sussurrei enquanto caminhava até um banco que havia e deixei meu celular lá com uma música, antes de apertar o play, ouvi uma voz.

- Você não devia estar aqui. - eu conhecia muito bem essa voz...

- Chat Noir, olá! - falei sorrindo.

Ele estava sério, mas assim que apertei o play e a música começou a tocar, ele caiu em tentação e foi até meu encontro.

Começou com seus passos, eu observei-o até entrar no ritmo também e me juntar a sua dança... (Link 2, notas finais) A música me possuía e fazia eu me arrepiar a cada passo, Chat Noir é dança tanto quanto eu e eu notava o quanto ele era levado pela música... Assim como eu.

Não consigo expressar em palavras o quanto é bom dançar ao seu lado. Havia muito tempo que eu não dançava assim com alguém.

- Chat... - falei assim que a música acabou. - é muito bom dançar com você...

Não saiu como eu queria... Eu queria falar mais que isso... Queria poder expressar melhor a minha alegria...

- Eu sei, My Lady... - ele disse e olhou para mim sorrindo.


Notas Finais


DESCULPE QUALQUER ERRO DE ESCRITA

Link 1: https://youtu.be/WBRKMgIvebY

Link 2: https://youtu.be/AoLPH1121YM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...