História Danger - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 1
Palavras 1.309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores, aqui estou eu com o segundo capítulo!
Boa leitura!

Capítulo 2 - O inesperado sempre acontece​


Fanfic / Fanfiction Danger - Capítulo 2 - O inesperado sempre acontece​

• O inesperado sempre acontece •

Com o tempo pedido pelos acionistas nós conseguimos 30 minutos para descer e almoçar, nos sentamos e eu pude notar Jin contente mas, preocupado.

- Não precisa se preocupar amor! Vai dar tudo certo você vai ver, os empresários gostaram da proposta! - ele sorri fraco -

Jin: - Verdade não podemos perder as esperanças - ele me olha de cima a baixo - já te falei que você está muito sexy? -sorri malicioso -

- Aqui não é hora disso Jin - dou um tapa na sua perna e ele ri -

Mesmo faltando 3 minutos pra acabar nosso tempo de descanso decidimos subir e nos preparar.

Quando chegamos perto da sala de palestras notamos que todos os empresários estavam lá e um de nossos acionistas palestrando.

Jin: - Mas... o que é isso!?

Jin ia avançar e entrar na sala mas, o segurei, não sou tão idiota de me exaltar e colocar tudo a perder, então ficamos ali para escutar.

Acionista: - Então além de todos esses benefícios as Empresas Star lhe darão 60% do total das vendas.

Essa foi a gota d'água e eu e Jin entramos, eu fiz um sinal pra que deixasse que eu falasse Jin parecia muito estressado, qualquer coisa explodiria, ao entrarmos todos nos olharam.

- Suponho que o que está fazendo Jeff não é nada que tenha haver com nossa empresa - falo fria e entimidadora -

Empresário: - Me desculpe senhora Kim mas, a proposta deles é melhor - ele sorri sem graça e o resto de seus companheiros saem -

Ficaram apenas eu, Jin e Jeff na sala.

- O que você pensa que está fazendo!? Você acabou de destruir um contrato importante pra empresa, que a propósito você trabalha!... Aliás trabalhava, depois dessa você vai sair por justa causa - o olho com fúria e ele ri -

Jeff: - Me desculpe mas, eu nunca trabalhei realmente aqui, eu trabalho para as Empresas Star isso aqui era só um pretexto para arranjar boas parcerias.

- Seu idiota!

O olho muito entimidadora e vejo seu olhar oscilar mas, logo voltar para um olhar seguro e um sorriso sínico no rosto, um dos ensinamentos de meu pai, ser entimidadora, saber segurar as emoções e agir com a cabeça, o que um traficante de alto nível ensinaria para a sua filha? Exatamente isso.

- Tão entimidadora... tão sexy - pega no meu queixo e levanta para poder olhar em meus olhos e eu mantenho meu olhar firme - pena que casou com um bosta como o Seokjin - sorri sínico - seria bem mais feliz comigo.

Jin: - Eu acho melhor você sair daqui agora antes que eu faça você sangrar até a morte seu idiota! - fala entre dentes -

Logo que Jeff saiu Jin deu um soco na parede.

- Calma Jin, não se exalta aqui, vão vir mais oportunidades.

Jin: - Como assim!? Sarah! Você sabe o quanto esse contrato era importante pra mim!? - fala gritando - aquele filho da...

- Calma Jin!

Jin : - Como você se mantem calma numa situação dessas!? - grita de novo-

- Eu apenas controlo meus sentimentos - falo calma -

Jin: - Claro! O que mais aprenderia com aquele bosta traficante que é o seu pai - ri de deboche -

Tá bom meu pai pode ser isso mas, ele não tem o direito de falar assim.

- Essa foi a gota d'água.

Sem olhar para a cara dele pego minha chaves e saio, para aonde? Eu não sei só precisava sair dali.

Comecei a dirigir sem rumo, como ele pode falar isso!? Porque ele falou isso!? Jin nunca foi do tipo de homem que fere alguém com palavras, ele sabe que mexer no meu passado, falar da minha família me machuca.

Estou dirigindo faz meia hora já devo estar muito longe de tudo aquilo.

Avistei um parque cheio de pessoas contentes, flores, árvores, é disso que eu preciso, ar livre.

Desci do carro e sentei em um banco abaixo de uma árvore, ergui minha cabeça, fechei os olhos e respirei fundo, precisava me libertar de tudo, não é porque consigo controlar meus sentimentos que eu não os sinto, as vezes é pior guarda-los para si.

???: - Sarah?

Abri meus olhos e me deparei com uma pessoa... Não podia ser!

- Tae! - abrimos um sorriso e eu logo o abraçei - Aí meu Deus quanto tempo! Que saudades eu senti de você!

Tae: - Eu também senti saudades, mas, e você porque está com essa carinha de perdida em? E eu não estou falando de localidade.

Eu e Tae nos sentamos então comecei a contar tudo o que aconteceu comigo desde que não o vi mais, fizemos a faculdade juntos e acabamos virando muito amigos mas, quando me casei e fui trabalhar nos afastamos.

Depois que eu contei tudo começamos a falar de coisas aleatórias, Tae sempre tentava me animar contando histórias engraçadas e fazendo caretas, ele é do tipo de pessoa que não deixa um amigo na mão e consegue anima-la em questão de segundos com essa fofura toda.

- Só você Tae pra me animar desse jeito! - falo ainda rindo -

Tae: - Não tem nada que eu não faça para minha pequena! - sorri -

- Aí meu Deus já vai dar 18 horas! - digo olhando para o relógio - eu tenho que ir Tae .

Tae: - Bom... eu também - sorri -

- Foi muito bom te rever! - o abraço - me dá o seu número! Assim mantemos o contato!

Tae: - Ah sim! É xxxxx-xxxx.

- Ok obrigada Tae! - o abraço e vou embora -

É bom reencontrar a única pessoa que não fez da minha vida um inferno e nem me magoou.

Vê-lo me fez bem, agora estava mais tranquila para ter que passar por Jin.

Entrei no meu carro e comecei a dirigir, já que estava mais calma consegui indentificar onde eu estava e voltar pra casa.

Estacionei meu carro e fui em direção a entrada.

- É isso aí Sarah, agora é só se controlar como sempre - falo pra mim mesma -

Entrei e Jin não estava por lá.

Empregada: - Boa noite senhora Sarah, eu irei avisar ao senhor Seokjin que chegou.

- Não será necessário Jane, obrigada.

Eu subi as escadas e fui para o nosso quarto, ao chegar lá notei Jin sentado em um sofá com as mãos na cabeça.

Jin: - Aí meu Deus você tá aqui! - veio correndo em minha direção - onde você esteve!? Eu fiquei preocupado, sumiu o dia todo!

- Eu precisava esfriar a cabeça - falo fria e passiva -

Jin me olhou nos olhos por um tempo e se virou de costas passando a mão no cabelo.

Jin: - A gente precisa conversar sobre hoje...

- Nós não temos nada pra conversar Jin - falo calma -

Jin: - Não - se vira pra mim - nós temos sim... Eu sei que o que eu falei foi errado...

- Errado! - o interrompo - Você sabe o quanto me machuca falar disso, o quanto me machuca saber que meu pai é ... você sabe o que, e você usou isso como pretexto para me atingir, quando eu queria te ajudar!

Jin: - Eu sei meu amor! Eu não sei onde estava com a cabeça, estava muito estressado, não queria te magoar - segura meu rosto delicadamente - depois que você saiu eu fiquei preocupado, eu sabia que foi errado o que eu fiz, e isso vai me corroer até saber que você está bem - seus olhos encheram de lágrimas - me perdoa?

- Dessa vez... eu te perdoo mas, não terá próxima!

Jin: - Obrigado... obrigado... obrigado - fala me dando selinhos -

- Agora vamos dormir que eu estou cansada, vou tomar um banho e já volto.

Fui tomar meu banho, depois coloquei uma langerie branca e fui me deitar.

Quando cheguei na cama notei que Jin estava com uma regata preta, tão sexy mas, não podia dar esse gostinho a ele então apenas me deitei, logo sentindo suas mãos abraçarem minha cintura.

Jin: - Boa noite Sarah

- Boa noite Jin


Notas Finais


E aí amores? Será que ficará tudo bem daqui pra frente? 🌚 Não sabemos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...