História Danger boy - luke hemmings - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Luke Hemmings
Tags Luke Hemmings
Exibições 35
Palavras 1.373
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Noite boa


Acordei com lagrimas nos olhos tinha chorado dormindo, que pesadelo ruim. Não era como os meus antigos mas eu ainda estou com medo medo do que houve me sentei na cama Luke não estava lá era umas três da tarde pelo horário fomos dormir  quando o sol raio era obvio que acordaria essa hora me levante e fui dar uma olhadinha na Sofia ela estava acordada mas estava tão calminha  ainda bem que ela não intende nada.

-boom dia flor do dia - falei a pegando sorrindo era tão bom tela em meus braços eu fiquei com medo de perde-lá ontem desci pra cozinha com ela no colo ela estava um anjinho hoje, Luke estava na cozinha  fazendo o café  ou melhor o almoço ele me olhou e sorrio fraco.

- oi..

- oi meu amor - disse indo até ele e o selando  sorrindo ele terminou de fritar o bacon eu me sentei com a sofia e ele me serviu e eu comi com uma mão enquanto a outra eu segurava a Sofia mas depois quando ele foi lavar a louça mas eu insisti com que ele pegasse a Sofia pra que eu lavasse e assim fez indo pra sala e eu fui lavar a louça, quando acabei fui pra sala e eles não estavam subi pro quarto eles também não estavam então fui pro quarto da sofia, Luke estava trocando ela tão bunitinho a sena que dava vontade de fotografar ele fez tudo certinho fui até eles e o abracei por trás colocando o queixo no seu ombro olhando a sofia.

- mas é preguisosa.. -disse olhando a bonita que dormia também né com o pai ninando quem não dorme? deixamos ela no berço e fomos pro quarto eu sinceramente queria dormir mais me deitei na cama com ele e ele abraçou minha cintura eu só queria que aquela noite de ontem  se apagasse da minha memoria, foi como a noite do estrupo uma das piores da minha vida eles queriam levar minha filha eu não consigo ficar calma mesmo parecendo, e mesmo que eu sei que Luke fez o que pra nos proteger quando  eu o vi coberto de sangue eu fiquei com medo dele  não do meu Luke mas eu fiquei com medo dele ser assim, eu precisava me acalmar agora eu sei que ele não  faria isso se não houvesse necessidade

- Ta tudo bem? - ele disse me tirando dos pensamentos e eu assenti. - esta pensando sobre ontem

-não

- não foi uma pergunta.. - ele disse e eu suspirei- sei que  não gostou...

- shh ta tudo bem.. - falei  cortando me virando de lado o olhando e levando uma das mão pro seu rosto e ele sorriso fraco.

- você não sabe o quanto eu sou tão feliz, mas ainda suspeito que moro com um  anjo - ele disse e eu sorri sem mostrar os dentes e ele me puxou pra mais perto.- eu sempre sonhei com isso sabia? - ele disse e eu o olhei confusa ele rio fraco. - você sempre foi meu sonho melissa, meu desejo. - uou aquilo sim foi uma bomba. Luke  sonhava comigo.. eu não conseguia parar de sorrir tudo de ontem se deletou da minha cabeça.

- nossa... - falei baixinho e ele me selou, me puxando pra um beijo. Eu me sentia tão bem, achei que hoje seria um dia tão tenso mas não ele conseguiu me acalmar com aquele beijo doce porem ardente, urgente mas sem muito pressa era o beijo que só ele me dava. 

O beijo foi ficando cada vez mais intenso sua mão subia de minha cintura pelas costas por dentro da blusa, e eu arranhava sua nuca tendo pegar um pouco de ar entre o beijo que estava maravilhoso não queria que aquilo acabasse nunca, de fato nós não conseguimos ficar sem sexo um beijo já nos despertava. Quando finalmente paramos o beijo ele ficou por cima de mim começando a beijar meu pescoço eu ofegava arrepiada, desci as mãos pelas suas costas as arranhando de leve aproveitando tirando sua blusa. Ele ficou de joelhos com eu entre suas pernas e sorrio tirando minha blusa ficando o olhar em meus seios cobertos pelo sutiã ele foi se aproximar pra tirei e eu neguei e ele fransiu o censo.

- Tem leite vai escorrer - eu sussurrei meio envergonhada ele sorrio e voltou a colocar o rosto no meu pescoço e puxou meu shorts com tudo levando minha calcinha. - apressadinho - eu disse e ele riu contra meu pescoço  me fazendo arrepiar novamente.

Tirei suas calças com os pés e ele mesmo jutou-á quando estava no calcanhar, ele nos virou na cama me deixando por cima eu sorri ficando de quatro em cima dele e tirei sua box o olhei o mesmo observava cada movimento meu dei um beijo em sua glande  ainda o olhando, nesse tempo todo nunca tinha feito boquete no Luke nem em ninguém, e ele sabia disso comecei a dar beijos  por toda sua extensão o escutando suspirar e eu sorri, coloquei primeiramente sua glande com um pouco de receio pela primeira vez mas assim que Luke soltou o primeiro gemido bastou para que eu ''engolice'' todo seu membro até o sentir em minha garganta escutando ele gemer mais alto comecei a passar a língua por todo seu membro o sulgando com toda a força e rapidez que conseguia, seus gemidos eram musica pra mim ele segurou no meu cabelo mais forte o puxando de leve pressionando minha cabeça contra seu membro o que me vez engasgar um pouco mais  eu continuei  até que ele soltou seu gozo na minha boca, é um gosto meio estranho mas eu engoli tudo  no podia correr pro banheiro e gospir ia ficar estranho e broxante. 

Me sentei no seu colo e ele sorrio ofegante descendo a mão pra minha intimidade eu apertei os olhos gemendo baixo de dor e ele entendeu e suspirou foi me tirar de cima dele mas eu neguei eu queria satisfaze-lo.

- amor eu consigo - sussurrei e ele  me olhou e sorriu beijou minha testa.

- não precisa meu amor você já me deu um prazer incrível - ele disse e eu ri irônica  até parece. - por que você não entende que tudo com você é ótimo. - ele disse e eu sorrio fraco ele me deu mais um beijo na testa me tirou de cima dele nos deitando de conchinha na cama eu comecei a fechar o olhos mas dai dona sofia acordou chorando eu respirei fundo e me levantei fui até o quarto dela e peguei a mesma voltei pro nosso quarto, Luke já estava sentado com as calças mas ainda sem a camisa me sentei com ele e dei de mamar pra Sofia ele ficava brincando com ela ficamos a noite acordados por que a bonita não dormia coitadinha. Quando acordei no outro dia eu encarei os olhos que me olhavam com todo o amor do mundo só que um pouco recioso.

-bom dia amor...

- bom dia princesa - ele disse sorrindo e levou  mão pro meu rosto me fazendo carrinho ele sempre foi carinhoso mas não tanto. - quero te dizer uma coisa - ele sussurrou  me encarando.

- pode falar - disse me sentando e ele me puxou pro seu colo o olhei achei que tinha acontecido algo. - amor... ontem eu falei pra você eu sempre sonhei com você, eu te amo melissa e eu quero passar o resto da minha vida, eu não queria casar a 9 meses atras agora eu percebo você é a mulher da minha vida e eu não quero mais esperar eu quero que você me perdoe por que eu não tenho as alianças mas.. casa comigo melissa ? seja minha pra sempre? -ele disse e meus olhos me encheram de lagrimas, ele que se casar.. CASAR COMIGO!!! ele me olhava esperançoso eu sorri largo o abracei forte ainda chorando. 

- é claro meu amor, eu te amo tanto tanto tano Luke - eu disse e ele abraçou minha cintura e beijou minha cabeça.

- vamos ser feliz..

- já somos meu amor - eu disse me afastando sorrindo e o beijando.


Notas Finais


gostaram amoras? espero que sim beijos até o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...