História Danger Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Yaoi
Exibições 198
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voooolteiiiii!!
Capitulo grande ^^ 💜

Capítulo 12 - Obrigada.


Fanfic / Fanfiction Danger Love - Capítulo 12 - Obrigada.

Voltei pra casa e minha mãe não estava, como sempre. Sentei no sofá e comecei a pensar no olhar e no sorriso que Jimin lançou pra mim. Confesso, o sorriso e o olhar dele são lindos, mas eu não sinto por ele, o que sinto por Yoongi. Sinto apenas amizade. E outra, quem gosta dele é a Yee, e eu não vou estragar minha amizade com ela por culpa dele. Em meio aos meus pensamentos, acabei dormindo. Quando acordei, era quase três da manhã. Subi as escadas e tomei meu banho. Coloquei uma blusa preta dr manga, com a pantera cor-de-rosa e um short também preto. Fui até a janela pra fecha-lá e vi Jimin e Myung-Hee conversando. Meu ódio na hora foi tanto que eu apenas gritei.

-PARK JIMIN! O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO?-Disse fuzilando os dois com os olhos.

-N-Nada Mariana, já vou dormir.-Disse ele mandando Myung-Hee embora.

-Acho bom.- falei batendo a janela forte.

Deitei na cama e peguei o celular, pensei em ligar para Suga, mas provavelmente ele estaria dormindo, então resolvi deixa-ló dormi. Ele parecia um anjinho dormindo. Tão fofo! Deitei na minha cama e capotei.

No dia seguinte...

Como sempre, Yoongi veio me acordar. Tomei meu banho e troquei de roupa e ficamos na frente da casa de Yee esperando ela. Ela saiu e fomos para a escola. Depois Jimin nos seguiu, e fomos os 4 pra escola juntos. Passamos na frente da casa de Myung-Hee, e estava tudo trancado, provavelmente não estava em casa. Entramos na escola e logo avistei J-Hope e Tae, rindo de tudo e felizes como sempre. Fui até eles e ficamos juntos até o sinal bater. Entramos na sala, e logo vi o que eu realmente não queria ver. Myung-Hee. E ainda por cima, sentada no meu lugar. Andei pisando duro em direção a ela e parei em sua frente.

-Sai.

-Porq...- antes que ela terminasse de falar, eu a interrompi.

-Porque ai é meu lugar, e eu não gosto que sentem nele.- disse puxando-á pelo braço e a jogando no chão.

Eu agi que nem Yoongi na primeira vez que nos vimos. Confesso! Estava orgulhosa de mim mesma. Ela se levantou e sentou no lugar de Yoongi, encarando o mesmo. Ela ainda mandou beijinho pra ele. Eu levantei novamente e a puxei pelo braço.

-Garota , qual é o seu problema?- disse ela com um olhar nervoso.

-Meu problema? Vou te dizer o meu problema!- disse pulando em cima da mesma.

Ela caiu no chão e eu comecei a bate-lá com toda minha força. Tapas o socos foram bem dados na cara dela. A professora chegou na sala e viu a roda de pessoas.

-MARIANA E MYUNG-HEE! PAREM AGORA!- Eu me levantei primeiro que Myung-Hee, e ela continuou deitada no chão.-Porque estáva batendo nela, Mariana? Ela é novata! Nem quero explicações, vai pra diretoria agora!

Enquanto saia, abaixei e sussurrei no ouvido de Myung-Hee.

-Fica longe de mim e do Yoongi. Porque se você continuar, isso ainda vai acontecer muitas outras vezes.- disse chutando a mesma.

Sai da sala em direção a diretoria. Eles iam falar com minha mãe, isso não era nada bom... Mas eu bati em Myung-Hee, e isso era ÓTIMO! Eu me senti vitoriosa. O diretor me disse que iria aliviar a pena, não iria contar pra minha mãe, mas também eu não ia ficar na escola hoje, precisava ir embora. Fui na sala e nem Myung-Hee e nem Jimin estavam lá. Estranhei que o Jimin não estivesse lá, mas deixei de lado. Fui até minha mesa e peguei meu matérial e me despedi de Yee. Antes de sair, parei ao lado de Yoongi.

-Ela vai ficar longe. Eu já resolvi!- disse falando seria.

-Você não presta!- disse ele me puxando pra baixo e me dando um selinho. Ri.

Sai da sala e passei em frente a enfermaria. Vi a Big Puta e o Jimin lá dentro conversando. Sabe, pequei a mania de Yoongi, dar apelido a alguém que odeia. Sai da escola e coloquei meus fones de ouvido. Estava ouvindo EXO - Monster. No caminho, comecei a sentir alguém me seguindo, mas iguinorei e comecei a andar mais rápido. De repente, passei em frente a um beco escuro que tinha ali, e senti alguém me empurrar pra dentro dele. A pessoa tampou minha boca o sussurrou no meu ouvido.

-Fica quieta. Nós seremos ótimos vizinhos.- Era a voz de Jimin. Eu senti meu corpo ficar pesado e tudo escuro. Desmaiei.

Acordei em um galpão enorme. Estava amarrada em uma cadeira. Não via nimguém lá dentro, mas sabia que em breve, Jimin iria chegar. Depois de um tempo, ele entrou no galpão e ficou me observando. Eu esperava pelo pior. meus olhos já estavam cheios de lágrimas.

-Jimin... O que... Me tira daqui, por favor...- eu disse com uma voz fraca.

Ele se aproximou e abaixou na minha frente. Ele beijou minha testa, sorriu fraco e me desamarrou.

-Eu não posso fazer isso.- ele disse passando a mão no cabelo.

- O que não pode fazer?- disse me aproximando dele.

-Myung-Hee, conversou comigo no dia em que chegou em Seul. Ela me disse que ainda gostava de Yoongi, mesmo depois de tudo. Mas eu disse que ele estava com você...

-Nós não estamos namorando. Mas continua!

- Ela me ofereceu muito dinheiro, muito mesmo, para que eu conseguisse separar você e Yoongi. Ela queria que eu abusasse você.

-Desgraçada! Vou matar essa vagabunda!- disse socando a parede que estava ali.

-Não adianta se exaltar agora! Se acalma... Bem, eu não poderia fazer isso. Porque o Yoongi é meu amigo, e você também.- disse ele sorrindo e sentando na cadeira onde eu estava.

Ficamos em silêncio por alguns minutos, quando eu o quebrei.

-Jimin...

- O que?

-Obrigada.

-De nada... Ah, respondendo a sua pergunta... Eu não gosto da Yee. Eu amo a Yee!- ela vai adorar saber disso.

Saímos do galpão e fomos pra casa juntos. Ele foi pra dele e eu pra de Yoongi. Eu tinha a copia da chave, então entrava quando queria. Ele chegou, e eu fiz algo que queria fazer á muito tempo.


                              Yoongi P.O.V

Ela veio correndo em minha direção e pulou em meu colo, assim selando nossos lábios. Sua boca era tão doce, e o beijo com mais sentimento do mundo. Nos separamos por falta de ar, e ela olhou no fundo dos meus olhos.

-Yoongi... Acho que... Eu te amo.


Notas Finais


*u*
Tiros pra vocês 💓💓
Falouuu ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...