História Dangerouls Proposal - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Jelena
Exibições 142
Palavras 645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem voltou !!!
Galerinha do meu coração que eu amo de montão, está ai mais um capítulo quentinho para vocês...Uhulll.
Esse capítulo está curto ainda mas, com o tempo irá melhorar.
E daqui alguns capítulos eu acho que vocês irão odiar o Justin, mas é a vida, né?
Que todos os leitores SEJAM BEM VINDOS👏
Espero que gostem.

Capítulo 3 - Question?!


Fanfic / Fanfiction Dangerouls Proposal - Capítulo 3 - Question?!

Quando abri meus olhos, uma queimação começou em meu estômago e no mesmo instante eu já sabia o que iria acontecer, me levantei o mais rápido que pude e corri para o banheiro, vomitando tudo que havia comido.

- Sel - não consegui olhar para Will mas pude sentir ele segurar meus cabelos, quando acabei de por tudo para fora ele me abraçou e saiu do quarto me deixando sozinha, fiz a minha higiene e sai do cômodo.

- Você está bem ? - me perguntou quando entrei na cozinha.

- Estou foi apenas um enjoo, nada que precise se preocupar. - respondi enquanto bebericava meu café, olhei para Will e vi que ele não tinha tantos machucados, apenas algumas marcas em seus braços, e um enorme olho roxo - Mas, o que aconteceu com você ?

- Me meti em uma briga.

- Com cachorros ? - perguntei irônica.

- Talvez - falou enquanto gargalhava - Me dá uma carona ?

- Para onde você vai ?

- Abriu uma boate aqui em Atlanta e eu to doidinho para ir lá . - espreitei os olhos em sua direção - Calma é brincadeira - ele gargalhou - É uma carona para a faculdade.

- Para a faculdade eu te levo. Vamos ?

- Partiu

O caminho inteiro não teve silêncio por um minuto, a todo instante cantávamos. Nossa relação era boa exceto quando brigavamos.

- Está entregue.

- Obrigado Sel - me deu um beijo e saiu do carro.

Parei no estacionamento do escritório, e quando olhei para frente crianças corriam e sorriam se divertindo.

Senti um aperto no peito e uma lágrima escorrer em meu rosto, minhas mãos instintivamente foram para a minha barriga.

Qual é a lógica do sofrimento ?

Virei de costas para a pequena escola e entrei no escritório sorrindo como forma de comprimento a todos, entrei em minha sala e comecei a trabalhar.

                         ***

- Hey - sai do meu transe ao perceber que a Taylor estava na minha frente.

- Nem percebi que você tinha entrado. Faz tempo que você estava me chamando?

- Faz uns cinco minutos.

- Desculpa.

- Tudo bem - fez uma pausa -Vou almoçar quer vir comigo ?

- Claro - peguei as minhas coisas, bolsa e celular, e fui almoçar com Taylor.

                         *** 

- Ficou sabendo quem voltou para Atlanta ?

- Quem ?

- Matt, o gostoso.

- Você não presta Taylor. - disse sorrindo.

- Eu não presto quem foi que meteu um pé na bunda dele ?

- Você sabe mais do que ninguém que eu tive os meus motivos.

- Mas..

- Chega desse assunto Taylor esquece que um dia eu namorei o Matt nós não vamos voltar.

                          ***

Já passavam das 22:00 horas, desde que voltei do almoço com Taylor estava analisando o mesmo caso.

Mais um caso sobre Justin Bieber, o gângster de Atlanta. Fala sério eu não entendo o motivo para algum caso sobre ele, quando nunca conseguem pegá-lo. Mas, se o pegassem ele morreria na prisão. E sempre eram as mesmas acusações roubo, ou algo do gênero.

Meu celular começou a tocar sem parar, tentei ignorar mas ele não parava o que já estava me irritando.

- Alô - atendi o celular, esperei mas ninguém falou nada. - Alô ? - e nada - Olha eu tenho mais o que fazer, não tenho tempo para brincadeiras. - falei.

- Eu quero o meu dinheiro. - De que dinheiro esse cara está falando ?

- Como ? - perguntei com as sobrancelhas arqueadas.

-Eu quero o meu dinheiro ?

- Quem está falando ? - perguntei

- Pergunte ao William. - disse por fim e desligou.

Peguei as minhas coisas, fechei o escritório, entrei em meu carro e fui o mais rápido para casa.

O que o William fez ? Quem era aquele cara ?


Notas Finais


Espero que tenham gostado, me desculpem qualquer erro.
E ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO GALERINHA.
Beijos de Xixi de Dinossauro da~BizzleSato


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...