História Dangerous Angels - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Colegial, Pll, Pretty Little Liars, Suspense
Visualizações 9
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É a minha primeira fanfic, comecei a escrever, foi bem do nada, gostei e resolvi postar kkkkkkkkkkkkk
Ainda vou procurar um nome e uma capa para a história!
Espero que gostem :)

Capítulo 1 - First Day of School


Stephany estava atuando na adaptação do seu livro favorito. Ela era a protagonista, o seu par romântico, era o seu maior crush de todos os filmes e séries que assistia, seu sonhos estavam se realizando, a loira nunca havia se sentido tão feliz em sua vida, não que se lembrasse, pelo menos. Ela estava começando a gravar a cena em que daria o beijo em seu par, o primeiro beijo dos personagens. Tudo estava perfeito, assim como no livro, ambos estavam no lugar em que se conheceram, ele colocou o casaco nela, pois estava frio. Ela sorriu e se aproximou dele. O galã colocou a mão na cintura dela e sorriu, bem na hora do beijo, seu despertador tocou. A loira acordou revoltada, se sentou na cama e respirou fundo. Era tudo um sonho, mas ela ainda acredita, que um dia, aquilo aconteceria de verdade. “Um dia, Stephany Morgan será a maior atriz da atualidade”. Ela nunca cansava de repetir. Levantou da cama e começou a se arrumar para o seu primeiro dia de aula no terceiro ano, seria na mesma escola de sempre, mas, ela tinha a sensação de que algo seria diferente. Alguns minutos depois, desceu as escadas de sua casa e sorriu ao ver os pais na cozinha.

– Bom dia, filha – Sua mãe sorriu, enquanto tirava o suco de laranja da geladeira e colocava sobre a mesa.

– Bom dia, filhota, dormiu bem? – Seu pai abriu um largo sorriso e a olhou.

– Bom dia! Sim, dormi muito bem, nem queria ter acordado! – A loira sorriu de lado e se sentou, começando a tomar seu café.

– Pronta para seu primeiro dia do seu último ano? – Margaret perguntou e observou a filha.

– Tenho que estar, não é? – Respirou fundo antes de responder, assim que se lembrou que os pais iriam para a escola com ela. Os dois eram professores e davam aula na mesma escola em que a filha estudava. Ele era professor de Educação Física, e ela, professora de História.

– Vou esperar vocês no carro, tudo bem? – Dominic olhou para a filha e a esposa, se levantou e saiu da cozinha, assim que elas confirmaram com a cabeça. As duas terminaram de comer em silêncio, parecia que os pais da garota já sabiam o que estava acontecendo. Assim que terminaram, a garota pegou a mochila e as duas foram até o carro, entraram e se sentaram nos bancos, Dominic começou a dirigir até a escola.

 

Camille acordou com a claridade do sol em seu rosto, percebeu que já tinha amanhecido, e que estava bem quente naquele dia. Abriu os olhos devagar e se sentou na cama, quando olhou o despertador, levantou da cama rapidamente e abriu o guarda-roupa, pegando as primeiras peças que encontrou e vestindo.

– Mas que droga! Estou super-atrasada para o meu primeiro dia! – Bufou e correu para o banheiro, ajeitando o cabelo curto rapidamente com as mãos, enquanto escovou seus dentes depressa. Saiu correndo e bateu na porta do quarto do seu irmão mais velho.

– O que foi?! – Ouviu ele responder, meio sonolento.

– Estou atrasada, pode me dar uma carona? – A negra pediu e encostou a testa na porta, já estava arrumada e segurando sua mochila, pronta para sair.

– Eu te disse pra não ficar até tarde assistindo aquele jogo idiota de vôlei! – Ele disse firme e respirou fundo.

– Mas era a final do campeonato! – Ela disse indignada. – Por favor, Chris, eu nunca te pedi nada! –

– Na verdade, você já pediu, mas estou de bom humor hoje – Ela sorriu ao ouvir os passos do irmão. Ele logo abriu a porta e deu um beijo na testa dela. – Vamos logo, atrasadinha!

– Você é o melhor – Ela sorriu e deu um tapinha no ombro dele.

Ele sorriu e caminhou com ela até sua moto, eles subiram e ele dirigiu até a escola.

 

Elizabeth acordou bem cedo naquele dia, tomou um banho e se arrumou com calma, tinha tempo de sobra. Sempre pontual e esforçada, talvez, as melhores características de Lizzie, sem contar a inteligência da garota. Ela foi até a cozinha e sorriu ao ver seus dois pais.

– Bom dia, pai! – Sorriu e olhou para o loiro primeiro. – Bom dia, pai! – Em seguida, sorriu e falou com o moreno.

– Bom dia, filha! – Responderam juntos e sorriram para ela.

– Dormiu bem? – Raphael, o moreno, perguntou e sorriu.

– Sim! – A morena sorriu e pegou uma maça, embrulhando e colocando na mochila para comer depois.

– Não está com fome? – Sebastian, o loiro, perguntou e a olhou.

– Não, não estou, mas pode deixar, eu como mais tarde – Sorriu e deu um beijo no rosto de cada um.

– Tchau, Lizzie! – Sebastian sorriu.

– Tenha um bom dia, princesinha do papai – Raphael sorriu e cruzou os braços, vendo a filha caminhando até a porta para sair.

– Pai! – Lizzie o repreendeu e sorriu meio sem graça. Os outros dois começaram a rir, ela também riu e logo saiu pela porta, caminhando até a escola, não era longe dali, e como sempre, tinha o tempo ao seu favor.

 

Jade acordou com alguém batendo na porta do seu quarto, a pessoa parecia impaciente. Ela contou mentalmente até dez e manteu a calma, sabia que era sua mãe. Levantou da cama e abriu a porta.

– Bom dia, mãe – A ruiva sorriu sonolenta e coçou os olhos.

– Já está pronta? – Ela ignora o bom dia e cruza os braços, olhando a filha.

– Ainda não, acabei de acordar!

– Então vá logo se arrumar, querida.

– Tudo bem – Ela entrou novamente no quarto e foi arrumar o cabelo.

– Você está crescendo, Jade. Logo estará fazendo sua faculdade de medicina e vai poder continuar honrando o legado da nossa família! – A mais velha sorriu empolgada e bateu palminhas.

– Ah, claro, estou louca pra fazer medicina! – Jade revirou os olhos e disse com sarcasmo em sua voz.

– O legado da SUA família, Diana. – Eric cruzou os braços e olhou para a esposa, encostando no batente da porta do quarto da filha. – Não se preocupe, filha, ainda tem um ano para escolher a faculdade que quiser, talvez direito, como o seu pai aqui. – Sorriu confiante.

– Exatamente, eu ainda tenho um ano. Será que podemos ir com calma?!

– Claro, filha, você tem razão – Diana sorriu forçado e saiu do quarto, puxando o marido consigo.

Jade respirou fundo e prendeu seus longos cabelos ruivos em um rabo de cavalo, terminou de se arrumar e pegou sua mochila, indo até a sala, seu pai a deixaria na escola, já que era caminho para o trabalho do mesmo.

 

Mesmo indo a pé, Lizzie foi a primeira a chegar, sempre pontual, como sempre. Sentou num banco, abriu a mochila, pegou um livro, abriu a começou a ler. Jade chegou alguns minutos depois e ficou mexendo em seu celular. Logo depois, Stephany chegou com seus pais, logo se separou deles e ficou observando os outros alunos. Estava quase na hora do sinal bater, foi nesse horário que Camille chegou.

– Quer que eu venha te buscar, mais tarde? – Chris perguntou assim que a irmã mais nova desceu da moto.

– Não precisa, vou ficar para o treino de vôlei, aproveito e vou embora com as meninas! – Sorriu empolgada quando falou do esporte.

– Tudo bem, até mais tarde, então – Disse e saiu com a moto.

Cammy entrou na escola e teve que ir direto para a sala, já que estava atrasada, lá, encontrou as outras três. Elas estudam juntas desde pequenas, sabem seus nomes e conhecem suas famílias, mas nunca foram próximas.

 

Será que isso vai mudar?


Notas Finais


Se gostaram da história, favoritem e comentem para eu saber se devo continuar!
Me conte o que achou das protagonistas, dos pais, da minha escrita, qualquer coisa! Será que vocês já tem uma favorita?
Sou muito ansiosa gente! akhskahska
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...