História Dangerous attraction - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~SweetLight

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 81
Palavras 1.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Pessoa errada


 Jennifer me oferecia doses e mais doses , as palavras de Justin se repetia na minha cabeça, como ela dizia,ele era um veneno.

- Como foi ? – Lucy me perguntava curiosa e animada.

- Eu não vou falar, é um momento intimo , mesmo eu querendo que não acontecesse. – Eu revirei o copo em minha mão.

- Louise, somos suas amigas, e foi sua primeira vez, temos curiosidades. – Jennifer sorriu.

- Da mesma maneira, isso é invasão de privacidade. – Eu coloquei o copo em cima da mesa.

- Em falar de Justin, olha ele lá. – Lucy apontou para o canto da boate, minha boca se abriu , ele estava agarrada á uma menina , quase a deixando sem roupa ali mesmo.

Eu me levantei da cadeira, mas senti Jennifer me segurar pelo braço.

- Espera, onde você vai ? – Ela me perguntou.

- Apenas me deixem em paz.

Eu fui em rumo ás escadas e subi as mesma, eu senti meus olhos queimarem , isso era impossível , em uma noite que poderia ser a melhor da minha vida, se destruísse em segundos, eu poderia imaginar que ele faria isso comigo, como eu fui tola ! Entro em meu quarto, tiro os sapatos os jogando longe. Faço um coque no meu cabelo e me jogo na cama, segurando o máximo para não chorar. Era óbvio que Justin iria ficar com mais garotas depois de mim, afinal, eu fui só mais uma que ele tirou a virgindade.

— você arruma esse cabelo AGORA e desce. - ouço a voz de Jennifer ecoar pelo quarto.

— chegou uns caras muito gostosos. - diz Lucy. - vamo amiga...

— vocês são chatas pra caralho. - digo me levantando e soltando o cabelo.

Ponho os sapatos, seco os olhos e desço para a sala, junto das meninas. Vamos para o meio da pista, onde os garotos novos estavam. Começo a dançar, olhando para um garoto loiro de olhos verdes que me olhava com malicia .

— Ele está te olhando. - diz Lucy e eu sorrio, me aproximando dele.

— oi gostosa. - ele diz puxando minha cintura.

— oi gatinho. - digo sorrindo.

— tá sozinha aí? - ele desce a mão para minha bunda.

— com umas amigas... - grudo meu corpo no dele.

— huum. - ele aperta minha bunda com força e mordo os lábios.

— larga ela.

Eu encarei os seus olhos repleto de fúria, estava com os punhos cerrados.

- O que você quer ? – Eu o repreendi , falando com desprezo.

- O que eu quero eu já tenho. – Ele me puxou pelo braço para mais perto dele. – Ela já tem dono.

Eu senti ele me arrastar para longe da pista, estávamos indo para a porta da cozinha, onde ele fez impulso para eu entrar na mesma, então ele fechou a porta.

- Quem é aquele otário que estava com você ? – Ele se aproximou de mim, mas eu me afastei.

- Está assim por que ? Eu não te devo satisfações de nada. – Eu fui para a ponta do balcão que havia ali.

- Olha só Louise – Ele me puxou pelo pulso e colou nossos corpos. - Se você pensa que vai brincar comigo, você está enganada.

- Pelo menos eu não estava comendo ninguém depois de termos transado. – Eu consegui me soltar, não acredito no nível em que ele conseguia ser idiota.

- Ela era apenas uma diversão.

- E eu também ? Não blefe Justin, só me contratou porque quer que eu seja mais uma das suas putinhas, só quero avisar , você escolheu a pessoa errada.

— porra, não. - ele aperta minha cintura. - você é tão brava, por que?

— só não vou deixar ninguém me fazer de trouxa. - tento me soltar dele.

— não vou te fazer de trouxa, vou te fazer mulher. - ele morde os lábios enquanto olhava nos meu olhos.

Me afasto dele e ele volta a me puxar. Ele me prensa no balcão da cozinha, encostando seu corpo no meu.

— não encosta em mim, vai comer suas putas e me deixa em paz. - o empurro e ele ri.

— garota, sem ciúmes. - ele deposita um beijo em meu pescoço fazendo meu corpo se arrepiar.

— de você? Nunca.

Eu o empurrei para longe e sem mais nem menos eu consegui sair da cozinha, me espalhando pela multidão que havia ali , eu queria me livrar de Justin Bieber por hoje , subi as escadas , tinham várias pessoas ali , eu poderia estar segura no quarto das crianças, seria minha única opção, então assim eu fiz, fui ao quarto dos mesmos. Retirei meus saltos e abri a porta , a fechando rapidamente, impedindo que o barulho entrasse pelo quarto , pela minha tranqüilidade, eles dormiam feito pedra , eu tranquei a porta do quarto, indo me deitar no sofá que tinha ali , aqui eu passaria a noite , chega de tudo por hoje.

(...)

Acordei com risadas perto do meu ouvido, eu tomei um leve susto e vi que eram Jaxon e Jazzy.

- Louise, você dormiu aqui ? – Jaxon perguntou me dando um beijo na bochecha em seguida.

- Sim. – Cocei os olhos com um pouco de sono.

— seu olho tá preto, e seu cabelo tá horrível. - diz jazzy, dando um sorrisinho.

— obrigada querida. - digo brava e me levanto do sofá.

— a gente tá atrasado pra aula. - diz jazzy.

— vocês não vão a aula, vamos sair de tarde. - digo e saio do quarto, indo para o meu.

Abro a porta do meu quarto e dou de cara com uma garota que eu nunca vi na vida, mas que a cara já me dava nojo.

— eu não sei quem você é, mas sai daqui. - digo brava. - agora.

— seu quarto? Achei que fosse o quarto do... - Justin sai do banheiro só de toalha e sinto meu sangue ferver.

— sumam da minha frente, agora.

- Olha como fala Louise, você não tem moral nessa casa. – Justin riu sarcástico , segurando na borda da sua toalha.

- Esse seria o meu quarto, que porra vocês fazem aqui ? – Eu cruzei os braços.

- Foi o primeiro que achei. – Ele encolheu os ombros, retirando sua toalha para me provocar, ele estava ereto.

- Eu te odeio. – Eu gritei saindo dali , desci aquelas escadas rapidamente.

- O que houve ? Por que essa gritaria ? – Jennifer apareceu da cozinha , estava ainda com seu pijama.

- Pergunta para o seu amiguinho que está querendo fazer o inferno na minha vida.

Me sento na banqueta e fecho a cara, o dia não podia começar melhor.

— nem o dinheiro pro táxi?- ouço a garota falar.

— vaza garota. - Justin diz rude e ela sai resmungando pela porta.

Justin entra com um sorriso no rosto na cozinha e se senta na minha frente. Jennifer olha furiosa pra ele.

— você tira a virgindade da garota, e depois come outra?

— no meu quarto, ainda. - digo brava.

— você é um idiota Justin Bieber. - ela diz dando um tapa nele e ele ri.

— eu quis comer ela, mas ela fez cú doce. - diz Justin, se defendendo.

— você tem que aprender a me respeitar, eu não sou essas vagabundas aí que você come não, ta ouvindo? - digo brava e Jaxon e jazzy aparecem de pijama na cozinha, e Justin arregala os olhos.

— não deviam estar na aula?

- Louise disse que iríamos sair. – Jazzy anda em minha direção , me dando um abraço.

- Como assim ?! – Ele se levantou da cadeira e me encarou. – Sua responsabilidade é leva-los para estudar !

- Um dia não irá fazer mal algum. – Eu acariciei os cabelos de Jazzy , dando um sorriso á mesma.

- Você se acha competente ? Por que pediu emprego se nem os leva pra escola ?

- Você que me contratou. – Eu o encarei.

- Realmente você estava certa, talvez eu não tenha escolhido a pessoa errada.

Eu engoli seco, ele cuspia as palavras na minha cara , eu coloquei tudo á perder , o que iria acontecer comigo daqui e adiante ?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...