História Dangerous attraction - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~SweetLight

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 86
Palavras 1.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Ah, não


   Eu quase não dormi, estava ansiosa para receber aquela ligação, se é que eu receberia. Nem comentei com Ryan sobre isso, porque a única coisa que ele fez foi me dar sermão por eu ter saído caminhando por aí. 

 — CARALHO, DESLIGA ESSA MERDA. - gritou Ryan da cama de cima, me fazendo sentar na cama rapidinho e atender o telefone. Número desconhecido, tinha que ser eles... 

 — alô? - digo toda esperançosa. 

 — alô, Louise? - ouço a voz do homem da pracinha e quase saio pulando. 

 — sim - suspiro. - sim, sou eu. - eu sorria igual uma idiota.

 — bom... Eu quero fazer uma entrevista com você, será que você pode hoje? 

 — com certeza - digo sorrindo. - que horas? 

 — agora de manhã, se possível.

 — claro, eu só preciso do endereço... — te mando por mensagem, até daqui a pouco. - ele desliga o celular.    

 Me levanto da cama e começo a cutucar Ryan, fazendo com que ele acorde. 

 — o que você quer ein garota ? - ele diz, sonolento. 

 — me leva nesse endereço. - mostro o celular pra ele e Ryan da uma risada alta. 

 — tem certeza que é esse o endereço? - ele pergunta se levantando e me devolvendo o celular. 

 — absoluta, vai me levar ou não? - digo cruzando os braços. 

 — vou. - ele pega uma das bermudas que estava pendurada no beliche e veste.      Procuro pela minha mochila em todo o quarto, e não encontro. Me causando um desespero enorme. Procuro até no banheiro e nada. 

 — Ryan, cadê a minha mochila? - eu pergunto apavorada. 

 — eu não vejo a sua mochila desde ontem Lou. - ele diz se sentando na minha cama.

 — Ryan, o que eu vou fazer? - me sento ao seu lado e ponho as mãos no rosto. 

 — o que tinha naquela mochila?

 — minhas roupas e meu dinheiro, agora eu tô fudida, não tenho roupas nem dinheiro, que beleza ein. - digo com raiva, quase arrancando meus cabelos. 

— a roupa eu sei quem pode ajudar você - ele pega o celular e começa a digitar. 

 — e como eu vou me manter? Que raiva, olha Ryan, eu não queria dizer mas... A única que entrou aqui foi a sua namoradinha. - Ryan começa a rir e sacode a cabeça. 

 — ela não tem capacidade de fazer isso, ela é burra. - ryan diz debochado. - vai tomar seu banho, que a sua ajuda já tá chegando aí. 

— Que? - pergunto confusa.

 — nada, só entra no banheiro. - o olho confusa mas vou tomar meu banho.   

  Ligo a o chuveiro na água bem quente e deixo escorrer pelo meu corpo, aproveitando pra relaxar, se é que é possível. Toda essa confusão, em um dia aconteceu tanta coisa, é demais pra minha cabeça, e agora, como eu vou ficar sem dinheiro? Sem roupas? Não, não dava. Eu iria ter que voltar pra casa, encarar meu irmão e aceitar ir morar com a minha vó. Podia ficar pior?      

 Depois de mais ou menos 20 minutos no banho, saio do banheiro enrolada em uma toalha e me deparo com Jennifer e Lucy, sentadas na minha cama e ao lado delas uma mala enorme, Ryan não estava no quarto.

 — o que é isso? - digo apontando confusa pra mala. 

 — um presentinho- Jeniffer diz. - Ryan nos contou o que aconteceu... 

 — eu não posso aceitar... - digo abrindo a mala e vendo ela cheia de roupas de marca, uma mais maravilhosa que a outra.

 — ah pode sim.- disse Lucy. - e vai aceitar, e ali - ela aponta para duas malas grandes perto da porta. - são sapatos, de todos os tipos... E aqui... - ela diz me entregando umas roupas. - é a roupa que vai usar na entrevista.     

 Encaro a roupa e realmente gosto do que vejo. Um blazer de linho branco, uma calça de cós alto preta, e uma camisa Jeans escura.

 — uou... Gostei. - sorrio e olho para elas. - vocês trouxeram roupa de baixo também? - pergunto meio sem graça.

 — sim, aqui. - Jennifer me entrega uma bolsa cheia e ri. - são bem sexy, você pode usar com... - Lucy cutuca ela e as duas riem. 

— ok... Obrigada. - reviro os olhos e volto para o banheiro.   

 Pego um conjunto de calcinha e sutiã vermelhos, realmente provocante. Visto a roupa, e corro para fora do banheiro, para me olhar no espelho. 

 — uau. - Jeniffer disse. - que bunda você tem em garota. - ela diz apalpa minha bunda e eu começo a rir.     

 Me observo no espelho e gosto do que vejo. Vou até as duas malas e procuro por sapatos que combinem e acabo escolhendo um tênis branco de couro, que caiu super bem com o Look.

 — agora senta aí, que nos vamos te maquiar. - elas me empurram para uma cadeira sem eu ter ao menos tempo de responder.   

   Depois de 20 minutos, finamente eu estava pronta, e para ser honesta, eu estava uma gata. Meus olhos estavam delicados e o batom um vermelho claro. Meus fios loiros estavam soltos com um ondulado perfeito.

 — cadê o Ryan ein? - pergunto brava. - eu preciso ir pra entrevista. 

 — a gente te leva, estamos de carro. - elas dizem pegando as bolsas. 

 — obrigada. - pego meu celular, ponho no bolso da calça e nós fomos. [...]   

   Meu coração estava disparado, eu estava ansiosa para a entrevista, e a ajuda das meninas só me ajudou ainda mais...

 — o que a gente ta fazendo aqui? - digo reconhecendo os portões.

 — a sua entrevista é aqui. - disse Lucy, como se fosse óbvio. 

 — não, não é. - digo sem acreditar naquilo. 

 — ok então, se você diz. - Jeniffer da uma risadinha e entra na casa, chegando na garagem em menos de um minuto.       

Descemos do carro, e ouço vozes de criança e aquela voz rouca inesquecível. Olho para a porta e ali estava ele, Justin Bieber e as duas crianças que eu iria cuidar. 

 — olha, a babá chegou. - diz malicioso - seja bem vinda


Notas Finais


Desculpem pela demora ❤ espero que gostem amores ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...