História Dangerous Boy - VKOOK - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook
Visualizações 222
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só voltei para postar outro cap hj por causa de vcs... obrigadaaaaaa pelos 100 favs, to bastante feliz ❤️❤️❤️

Capítulo 27 - Nunca te amei


 

Hoseok: Não sei por que demoram tanto para se arrumarem. - disse impaciente, enquanto fitava o meu relógio.

Irene: Deixa de ser chato... Pois a demora é avidamente justificada. - argumentei. - Pode vir, cunhadinho. - Kook caminhou até onde estávamos. Taehyung ficou boquiaberto.

Kook: Boa noite, cavalheiros. - os cumprimentei.

Hoseok: Nossa, nossa... Assim você me mata. - cantarolei, na brincadeira.

Kook: E então, doutor... Como eu estou? - dei uma voltinha e me aproximei. 
Deixei nossos corpos praticamente colados um no outro, enquanto eu colocava a gargantilha que sua irmã me deu, que no pingente estava escrito "pertence ao baby", quando terminei de colocar, acabei com o espaço que nos desunia e selei nossos lábios em um selinho breve.

 Tae: Você está be-belíssimo. - sorri embasbacado enquanto pegava na gargantilha em meu pescoço.

Hoseok: Belíssimo? Pelo amor de Deus, aprenda a elogiar, mano. - Kim revirou os olhos. - Agora repita comigo: Gos...

Tae: Gos...

Hoseok: To...

Tae: ELE É GOSTOSO! SATISFEITO? - disse de uma vez e saí irritado, indo em direção ao meu carro.

Kook: Ponto para mim. - sorri vitorioso.

( Irene Narrando:)

Devido ao rosto de Kook, estar estampado nas capas dos jornais e revistas... 
Optei por um lugar afastado, onde o tema da noite era usar máscaras; assim probabilidade de alguém reconhecer ele, seria mínima.
Ao chegarmos na boate...
Apresentei nossas identidades para o segurança - sendo que a de Jungkook era falsa - e o mesmo liberou a nossa entrada.

Tae: Eu nunca tinha vindo aqui antes. - proferi ao fitar o local.

Irene: Claro, maninho... você e a Lalisa viviam trancafiados naquele apartamento. Então qualquer boate para você, é novidade.

Tae: Não implica vai.

Irene: Vem, Kook... Vamos até o bar pedir uma bebida.

Kook: Claro, cucu. - lancei um olhar malicioso para o Taehyung e Irene me puxou pelo braço.

  (...)

Hoseok: Porra man, dá uma olhada ali. - apontei para o canto.

Tae: O que tem demais? São apenas, duas mulheres se beijando... Normal. - dei de ombros.

Hoseok: Eu sei que é normal, mas isso não te excita?

Tae: Bom... - as encarei. - Esperaaa, eu acho que já vi aquela de costas antes.

Hoseok: Qual? As duas estão viradas.

Tae: A de vestido vermelho. - continuei a observar a garota. Até que a mesma retirou a sua máscara.

Hoseok: AH MEU DEUS, É A...

Tae: LALISA? - arregalei os olhos.

 

Tae: O-o que está acontecendo aqui?

Lisa: Ta-tae, não é nada do que você está pensando, eu... - minhas palavras se perderam no ar.

Tae: Eu não tenho absolutamente NADA contra, mas desde quando você se arruma desta maneira? - sim, ela estava bonita. - E pega mulher em boates? - tornei a reparar na outra garota, constatando que... - ESPERA! Essa é a mina que estava contigo e com o Yoongi no carro.

Lisa: DO QUE ESTÁ FALANDO? - meu  coração acelerou.

Tae: Eu te vi um dia após o nosso término, era bem cedo... - interrompi a mim mesmo. - Mas que diabos de ligação você tem com o porteiro do Sanatório? Tem um caso com ele também?

Lisa: Não fala besteira. O Yoongi, é...

Jennie: Meu irmão. - interferi.

Hoseok e Tae: O QUÊ?

Jennie: Sim, ele é meu irmão. A Lisa deu carona para ele, já que o nosso carro havia "quebrado".

Tae: É inacreditável... - neguei com a cabeça. - A quanto tempo vocês se relacionam?

Lisa: Oito meses. - respondi com desdém.

Tae: Então quer dizer...

Lisa: SIM! EU TE TRAÍA. Renegava seus beijos e carícias e me entregava ao prazer que só a Jennie pode me proporcionar.
Eu sou lésbica Taehyung.
E nunca te amei.
Sua personalidade pacata de homem certinho me entediava... E já que estamos jogando as cartas na mesa...
Saiba que eu só me submeti a namorar contigo, por INTERESSE!

Tae: Se eu pudesse, eu juro que...

Irene: Relaxa maninho, deixa que faço isso por você.

Tae: Irene... - dito isso, minha irmã levantou a sua mão direita, acertando um tapa tão forte na cara de Lalisa, fazendo ela se desequilibrar em seus saltos e cair no chão. É errado, mas eu ri.

Lisa: VADIA! Você me paga. - esbravejei e Jennie me ajudou a levantar.

Jennie: Vamos embora, bebê... Eles não merecem o nosso tempo. - guiei a minha namorada até a saída da boate.

    ( Minutos depois )

Hoseok: Cara, você está bem? - perguntei preocupado, e Tae me lançou um olhar, que eu nunca tinha visto antes.

Tae: Melhor impossível. - peguei a dose de tequila que Hoseok segurava e virei em minha boca de uma vez. - QUE SE FODA ESSE CARALHO TODO! ESTOU POUCO ME FODENDO PRA ESSA PORRA. - pedi outro shot. - HOJE EU QUERO BEBER E CURTIR...
SEM ME IMPORTAR COM AS CONSEQUÊNCIAS.


Notas Finais


Obg novamente, gente❤️
PERAE... NERA Lisa QUE CHAMAVA O Jungkook DE GAYZINHO DE MERDA não? vishh ljkkk
Uy, jungkook td audácioso
Tae assume que o jeon é gostoso, mas tava OBVIO d+ ne?😂😂
ate o prox cap, bjs de luz💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...