História Dangerous feelings - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Lucy Hale
Personagens Justin Bieber
Tags Dangerous, Feelings, Romance
Exibições 148
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Helloo queridos e queridas leitores, esse e o nosso segundo capítulo.. Bom como falei antes estou dando o meu melhor espero que gostem.
Bjs Maggy.

Capítulo 2 - Um pequeno acidente


" Tudo acontece por acaso, mais quando olhei em seus olhos eu senti que estava a sua espera a uma eternidade."

Point Of Views Justin Bieber

Acordei com uma claridade em meu rosto, porra esqueci de fechar as cortinas de novo, me levantei da cama e fui ate o criado mudo peguei meu celular e liguei o mesmo droga! O relógio marcava 08:45 coloquei o celular em cima do mesmo e corri ate o banheiro fiz minhas higienes e voltei para o quarto, peguei o terno que estava no closet e vesti o mesmo estou muito atrasado.

Desci as escadas, e passei rapidamente pela sala indo em direção a porta abri a mesma e sai em direção a garagem, adentrei meu carro e dei partida saindo dali. Eu odeio me atrasar, mais digamos que eu não dormi muito cedo ontem a noite fui para a boate com os caras e acabei chegando um pouco tarde.

Ouvi meu celular tocar e peguei o mesmo, olhei no visor "Jeremy" , ele já deve esta louco com esse meu atraso deslizei o dedo para rejeitar a ligação e quando olhei pra frente pisei no freio desesperadamente mais foi inevitável a pancada havia sido enorme, ótimo eu acabei de atropelar alguém.

- Droga! - murmurei batendo as mãos no volante do carro.

Destravei meu cinto, e desci do carro com cuidado a rua já estava cheia de pessoas olhando fui para frente do carro e notei uma moça caída em frente ao mesmo as pessoas estavam desesperada.

- E melhor chamar uma ambulância.- uma mulher desconhecida falou.- A polícia também.

- Não, não precisem se preocupar .- falei tentando acalmar, mais eu estava muito nervoso por dentro.- Eu mesmo vou levar ela para o hospital.

Caminhei ate a garota e peguei a mesma no colo, com a ajuda de um outro homem eu a coloquei dentro do carro adentrei o mesmo e dei partida saindo dali indo em direção ao hospital.

- Justin onde você esta? - ouvi a voz brava de Jeremy assim que atendi o celular.

- Eu vou me atrasar, eu acabei de atropelar uma mulher. - falei nervoso.

- Que diabos você fez Justin? - gritou alto.- Eu já te disse pra dirigir com cuidado.

- Porra, não enche a porcaria do meu saco.- gritei nervoso.- Eu estou indo para o hospital, assim que der vou para a empresa. 

Falei e finalizei a ligação, Jeremy ainda não entende que eu já tenho 20 anos não preciso mais ficar recebendo suas ordens e muito menos os seus sermões,  olhei para o banco de trás e a garota ainda estava desacordada.

Point Of Views Scarlett Benson

Acordei com uma dor forte em minha cabeça, abri os olhos lentamente e tive a imagem de alguem parado em minha frente, eu não conhecia a pessoa que estava ali abri meus olhos já com a vista boa e enxerguei um homem parado me encarando seu semblante era preocupante, seus cabelos eram loiros, seus olhos cor de mel e sua boca extremamente perfeita havia algumas tatuagens em seu braço o mesmo usava um terno.

Olhei ao redor e então notei que eu estava em um hospital, mais não me lembrava de nada.

- É.. e quem e você? - perguntei calma.- Porque estou em um hospital?

- Eu sou o cara que te atropelou.- falou e eu arregalei os olhos , e então me lembrei do momento em que eu estava atravessando a rua e de repente tudo apagou.- Quer dizer , me chamo Justin.. Justin Bieber.- disse e eu sorri forcado.

- Você já falou com o médico? - perguntei outra vez o mesmo assentiu com a cabeça. - E o que ele disse vou poder ir embora hoje?

- Sua perna, tem que ficar de repouso. - disse suspirando fundo.- Você vai ter alta amanhã, olha eu sinto muito por isso eu vou pagar o hospital e seus remédios e quero te dizer pra você ir se recuperar em minha casa.

- Olha tudo bem, eu vou ficar bem.- falei tentando tranquilizar ele, eu não iria ficar na casa de um estranho que eu nem conheço. - Eu não quero incomodar, não se preocupa eu vou ficar bem.

- Do mesmo modo eu insisto.- falou passando a lingua em seus lábios, uma coisa tinha que admitir ele e realmente e muito lindo.- Eu tenho que ir para minha empresa, mais eu vou voltar mais tarde pra ver como você esta enquanto isso você pensa, OK?

- Esta bem, já que insisti eu vou pensar.- falei e o mesmo riu.- Alias eu me chamo...- iria falar mais ele me interrompeu.

- Scarlett Benson.- falou e eu assenti com a cabeça.- Bom, Scarlett ate mais tarde.

Sorri e o mesmo saiu da sala me deixando sozinha, ótimo eu sou tao azarada que acabei de ser atropelada mais tenho que pensar pelo lado bom Justin me atropelou e me ajudou não foi tao mal assim.

Sai dos meus pensamentos quando a porta foi aberta, revelando Amber com um semblante de preocupação.

- Scar como você esta ? - disse vindo ate mim.- Eu juro que não queria acreditar, que você havia sido atropelada me conta como isso aconteceu? Você esta bem? - Não aguentei e comecei a rir, Amber e tao engraçada quando fica preocupada com alguma coisa.

- Calma, eu estou bem só minha perna que doi um pouco e tenho que ficar de repouso com ela.- falei.- Eu também não sei como aconteceu, eu estava atravesando a rua e de repente buuh... Tudo se apagou.

- Como você pode rir Scarlett? E você sabe quem te atropeleu a gente tem que ir na delegacia. - falou e eu neguei com a cabeca.

- Não vai precisar Amber, o cara que me atropelou me trouxe para o hospital e vai pagar tudo.- falei e ela fez uma careta.- Não faz essa cara pelo menos ele foi gentil, e tenho que te contar também de como ele e lindo ele chama Justin ... Justin Bieber.

- Justin Bieber? Ah esse dai eu conheço.- Amber disse eu me surpreendi.- Saiu em uma revista que ele assumiu a empresa da família, ele e bonito mais também e bem mulherengo.

- Ele me ofereceu a casa dele pra eu passar o repouso, eu disse que não.- falei e ela me olhou com uma cara lerda.- O que? Não me olha assim eu disse que não e ele insistiu, ai eu disse que iria pensar hoje a noite ele vai voltar pra saber.

- E claro que você tem que aceitar, ele tem que te ajudar já que ele mesmo causou isso.- falou.- Você já tem uma resposta?

- Ainda não, você podia me fazer um favor me trazer roupas eu vou ter alta amanhã e se eu resolver aceitar vou precisar de algumas coisas.

- E claro que eu vou trazer, não se preocupe hoje a noite eu trago tudo que você vai precisar. - falou e eu sorri.-  E caso voce aceite, toma cuidado eu ouvi boates de que Justin Bieber adora conquistar as mulheres.

"Conquistar as mulheres" essa frase não saia do meu pensamento, Justin deve ser um cara legal ele e bonito então e super normal que as mulheres queiram estar ao lado dele.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...