História Dangerous girl - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bella Thorne, Bianca A. Santos, Justin Bieber, Keanu Reeves
Personagens Keanu Reeves, Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Ciumes


 

Sarah  Narra

 Mais um evento social em que a família Reeves é convidada , desta vez a "tia Hanna" não compareceria já que ela tinha outros eventos sociais para representar o seu marido aquela noite . Kenny como sempre estava um Deus de tão lindo , eu não conseguia parar de olhá-lo , Andrew  conversa atenciosamente com alguns amigos e com Anne, tentou a todo custo me interagir no papo mas é impossível , o cheiro daquele homem me invadia as narinas de um modo como a de um vampiro a farejar sangue a quilômetros de distância . Meus devaneios são interrompidos no momento em que vejo uma loira alta e aparentemente muito elegante se aproximar dele e tocar seu ombro suavemente e ser recebida com um sorriso escrachado em seus lábios , nesse momento eu perdia totalmente a noção do perigo , a raiva e o sentimento de posse me dominava , não , eu jamais senti tal coisa por homem nenhum , eu estava prestes a fazer algo que até então nunca havia feito e pior achava ridículo da parte de quem fazia "Piti de ciúmes". Me aproximei interrompendo a conversa , que por sinal parecia muito animada - Tio  ! Não vai me apresentar a sua amiguinha ? - Falei com ar de deboche e me apoiando em seu ombro . ele  me olhou como se não entendesse a minha intromissão , e faz cara de poucos amigos . - Sim , claro , essa é a Senhorita Savanah , uma de nossas colaboradoras e representantes - Me apontou a loira azeda - E essa é Sarah  melhor amiga de minha filha ! - Faz menção a nos apresentar , eu estava tão puta da vida que nem me dei ao desprazer de esticar minha mão para cumprimentá-la . - Então quer dizer que você é solteira ? Foi o que ouvi dizerem - Perguntei com uma voz que a fez entender o que de fato eu queria dizer com minha pergunta . - Não entendi senhorita Sarah - A loira sonsa ainda fez cara de desentendida. - Por favor Savanah queira nos dar licença? - Perguntou keanu exagerando na educação . - claro ! - Me encontre no toallete agora mesmo ! - fala olhando para os lados para ver se alguém nos via . Disfarcei e corri até o local marcado por ele , em minutos ele entra e tranca a porta , abri um sorriso enorme já prevendo o que se daria daquele seu pedido de encontro, mas minhas expectativas foram abaladas por seu olhar gélido e sua cara carrancuda a me encarar. - Porque que você marcou um encontro aqui ? - Falei com a voz manhosa e indo em sua direção me apoiando em seus braços e inclinando meu rosto para frente para beijá-lo , mas ele logo me pega pelos ombros e afasta meu rosto me fazendo o encarar . - Eu que te pergunto , o que foi aquela cena a pouco ? - Ahh então era sobre isso ? simplesmente não gostei daquela lambisgoia te olhando com aquela cara de sonsa ! - Minha voz já se fazia meio alterada. - Ponha-se em seu lugar , você não é minha esposa tão pouco minha dona então pare de agir como tal , e não me envergonhe mais - Ele me chacoalhava pelos ombros , sua voz era dura e firme , o olhei e uma raiva de súbito esquentou meu sangue por inteiro. - Então quer dizer que eu lhe envergonho ? - Gritei  - Fale baixo - Apertou mais ainda sua mãos , que seguravam os meus braços - E sem dramatização meu bem , por favor . - Ok senhor Reeves , agora eu sei que não significo nada pra você , então eu farei o que me pede - Minha voz agora estava embargada , lágrimas de raiva teimavam em querer escorrer pelo meu rosto , mas respirei fundo e as contive . Me soltei de seus braços e fui em passos longos e rápidos até a porta saindo e a batendo com força. voltei para a festa e me deparei com Andrew  no corredor não pensei duas vezes o agarrei e dei - lhe um beijo avassalador , até que o garoto beijava bem , mas eu me senti vingada ao ver que o tio nos olhava . Ele tinha voltado a conversar com a loira , mas assim que me viu aos beijos com o filho  deixou ela de lado e seguiu em nossa direção . - Mas o que significa isso ? - Alterado. Eu larguei o Andrew  quando ouvi sua voz e sorri abertamente pra ele . - Um beijo Sr . , ou já se esqueceu como é um ? - Retruquei irônica e irritada . Andrew  riu . - Qual foi pai ? Qual é o problema ? - É Keanu . Qual o problema ? Eu não posso beijar o seu filhinho ? ele me fuzilou . - Só não acho uma festa apropriada pra isso - Falou e saiu . O olhei se afastar e sorri , consegui me vingar ... Agora eu teria que aguentar o Andrew no meu pé . - Adorei o beijo gata - Falou próximo ao meu ouvido . - Eu também queridinho , mas tenho que ir até a Anne  agora .- Sorri forçado e sai quase correndo . Depois de tudo aquilo , eu fui até minha  amiga me despedir e pedi para que o motorista me levasse até minha casa . E ao chegar lá , dai sim eu chorei , de ódio , as palavras dele ficaram em minha cabeça . Me livrei das roupas , tomei uma ducha e quando voltei a sala encontrei ele, o tio  sentado no meu sofá com uma cara ... me deu até medo . 


Notas Finais


comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...