História Dangerous love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Máfia, Romance, Sexo, Violencia
Visualizações 8
Palavras 1.782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oiiiii g geente. Então primeiro de tudo quero pedir pra vcs PACIÊNCIA, essa é minha primeira fanfic e ela e sobre ninguém mais ninguém menos que JB, nunca escrevi nenhuma fic mas tenho muita criatividade e vontade então resolvi arriscar,então aqui está!!!! espero que gostem!!!!!!

Capítulo 1 - Estou sozinha?


Fanfic / Fanfiction Dangerous love - Capítulo 1 - Estou sozinha?

“-Não, não, por favor, não me deixe sozinha... Eu preciso de você. Eu não tenho ninguém nessa vida, você não pode me deixar só, não pode. Sem você eu estou perdida, não tenho dinheiro, casa, comida... FAMILIA.

-Meu amor... Faça-me um favor, abra aquela primeira gaveta daquela cômoda e retire uma caixa de madeira pra mim - respirou fundo se ajeitando na cama elevando as costas para se sentar.

Fiz o que ela me pediu.

-Pronto- entreguei a caixa a ela me sentando vagarosamente ao seu lado vendo-a abrir a pequena caixa com suas mãos enrugadas, brancas e geladas, mas que já me fez carinho na cabelo varias vezes- Sorri- Ela pegou algumas fotos antigas e me deu uma que mostrava uma garota de uns 5 anos e um garoto que talvez tenha 6 anos.Ambos tinham em seus lábios sorrisos enormes, a menina era morena de pele bronzeada e cabelo médio castanho escuro e olhos verdes e por sorrir conseguia ver suas janelinhas extremamente fofas -Sorri de novo- E o garotinho então? Ele segurava a mãozinha da menina ele era magro com os cabelos castanhos escuros e olhos um pouco mais escuros. Olhei novamente a foto - Eles devem ser irmãos -Deduzi em pensamento.

-Minha linda, esse garotinho se chama Brian e essa ao seu lado é sua irmã. Você percebeu alguma semelhança entre você e a garotinha?-Meu coração acelerou.

Não, não podia ser o que eu estava pensando.

-Você não esta querendo dizer que... -Minha garganta secou, eu sentia um nó gigante que me impedia de falar qualquer coisa. Tentei, mas nem precisei.

-Minha querida essa garota da foto é você- Uma tosse forte foi solta por ela então ela respirou fundo para continuar- Brittany Olliver e esse ao seu lado é...

-Brian Olliver...meu irmão- completei

Tosses,tosses e mas tosses...sim ela estva morrendo.

-Antes de piorar conversei com seus pais, eles querem que você fique com eles pra recomeçarem de novo, o endereço esta atrás dessa foto. Quero que pegue meu dinheiro na gaveta e vá para beverly hills e não olhe para trás- tossia, mas dessa vez elas estava fechando os olhos devagar- Brittany quero que saiba que me arrependo muito do que fiz- Não entendi, mas nem tive tempo de perguntar por seus olhos já estava totalmente fechados sua pulsação já estava zero e seu coração parado.

Levantei-me em choque não encostei em seu corpo nem nada, apenas fechei os olhos com força,já sabia que isso iria acontecer então só aceitei mas não consegui segurar as lagrimas que insistiram em cair mas não tinha tempo a perder, em uma semana já estava voando para los Angeles após enterrar minha avó com muita dor no coração’’.

Acordei com meu corpo ensopado de suor. Quando tenho pesadelos isso acontece, respirei fundo bufando e encarando o teto do meu quarto por alguns segundo até ouvir meu nome ser chamado em alto e ensurdecedor som.

-Brittany já ta acordad... -Alguém abriu a porta do meu quarto com pressa, mas quando vi quem era e que eu já estava acordada se calou. Era Brian meu irmão ele me encarou e moveu a cabeça pra esquerda. - Quem bom que já ta acordada- mexeu a cabeça de forma positiva.

Sorri falsa e logo fechei a cara bufando alto

-Vai se arrumar logo já estamos atrasados você tem 15 minutos e nada mais- Fechou a porta batendo a mesma com força- mostrei a língua pra a porta quando ele saiu.

Ta bom eu sei que mostrar língua é infantil, mas qual é eu sou uma adolescente de 15 anos eu tenho desconto.

Praticamente me arrastei da cama até o banheiro me despindo e entrando na água gelada de uma vez. Lavei meu cabelo, me ensaboei me enxagüei e sai me enrolando na minha toalha e calçando meus chinelos que ficavam na porta do banheiro calçando-os e indo em direção ao meu closet (A minha família é muito rica não querendo me gabar, mas é claro que ser rica tem suas vantagens... e desvantagens) e separei minha roupa pra ir pra escola. Coloquei uma calça jeans clara um cropped branco de manga cumprida e um tênis branco, segui até minha penteadeira fiz um coque mal-feito no cabelo e me sentei passando uma maquiagem básica e passando desodorante,perfume e colocando um brinco e soltando o cabelo em seguida,ele já estava meio seco então só o desembaracei com a escova o deixando solto. A pior parte do dia é agora, descer as escadas e ver John (pai) e Larissa (mãe) me olhando com uma cara horrível, afinal eles não gostam de mim como pensei que iriam gostar, sai do meu quarto descendo as escadas e fui à cozinha vendo os sentados tomando café me sentei engoli seco e me pronunciei.

-Bom dia- Tinha que mostra pelo menos um pouco de educação, mas ela foi retribuída com um simples aceno com a cabeça.

Me servi e tomei meu café me levantando rapidamente e lavando as coisas que EU sujei já que Larissa reclama que tem que lavar a minha louça.Terminei e subi no meu quarto indo ao banheiro escovando os dentes e em seguida  pegando minha mochila e meu celular e descendo sendo seguida por Brian logo atrás

-Esta quase pontual, mas um pouquinho e, você conseguiria- Disse me olhando com calma.

-Já tomei café- disse sorrindo vitoriosa e o encarando vendo sua expressão de surpresa.

-Nunca acreditei em Deus, mas isso foi um milagre- Disse quase sorrindo- Mas desce logo senão não terá adiantado porra nenhuma você ter tomado café- Cara a bipolaridade do meu irmão é gigante. Ignorei e desci as escadas ‘correndo’ e já saindo pra garagem onde a Ferrari de Brian estava estacionada, vi alguns guardas que faziam ronda na garagem me olhando com malicia

-Vão trabalhar seus incompetentes- Eu ficava furiosa quando eles me assediavam.

Eu sei que sou demais, mas não precisa me ‘comer’ com os olhos né!

Vi Brian se aproximando mastigando algo em sua boca então corri em direção a porta da mansão ouvindo Brian me chamar, entrei e fui a cozinha e peguei uma maça bem vermelhinha até parecia da branca de neve sai de lá e Brian já estava no carro entrei ofegante e relaxei no banco

-Pronta minha querida- Seu sorriso de deboche esta ali, presente em seus lábios finos e bem desenhados.

-Sim- Fiz minha melhor cara de inocente.

-Abra a porra do portão Willian, mas que saco-Ele bufava esperando o segurança o obedecer após abrir o porta ele acelerou, mas deu uma freada tão forte que me fez bater a cabeça na janela.

-Qual seu problema? Dirigi devagar, por favor. - Reclamei, mas me arrependi eu estava sem cinto e era por isso que ele freou, ele odiava que eu não usasse o cinto de segurança.

-Pronto- Disse após encaixar meu cinto me sentindo mais segura.

Depois de alguns minutos chegamos a escola sai do carro bufando quando olhei vi Brian já entrando, revirei os olhos e dei de ombros entrando logo atrás vi ele com um grupinho de amigos que nunca tinha visto antes,franzi o cenho e ia passando por eles direto quando ouço o Brian me chamar

-Brittany venha cá-Ele me segurou pelo pulso me fazendo ficar no meio dos amigos dele -Sorri envergonhada- Esses são o pessoal que anda comigo e agora... Com você - Disse simples passando o obro pelo meu pescoço - Sorri forçadamente afinal, ele nunca me apresentava sem falar mal de mim pra algum amigo.

..É,sim eu fiquei em silencio, o que eu deveria falar?

-Acho que ela é tímida Brian, é melhor nós nos apresentarmos pra ela - Uma loira simpática e bem bonita falou- Confirmei com a cabeça minimamente-Bom eu sou Lana essa outra loira aqui é a chloe- Sorri- Essa morena gostosa é a Jessica- puta que pariu que morena bonita e simpática, pois sorriu- Agora esse aqui - Puxou um garoto pelo braço- Ele é chaz meu peguete- Ele era bonito- Esses aqui são Chaz e Ryan ah e esse aqui- Apontou pro tal de Ryan- Fica com a Jess ok? Então não tente pegar que já tem dona,e por ultimo, mas não menos importante de jeito nenhum...é esse - Ela deu espaço e um garoto gostos...lindo,apareceu com roupas de marca e um topete perfeitamente alinhado com um sorriso perfeito- Ele é jus...

-Deixe que eu me apresente Lana eu tenho boca sabia?- Ela revirou os olhos mais não falou absolutamente nada.

-Sou Justin Bieber- Olhei pra ele e me apresentei em seguida o sinal bateu cada um foi para as devida sala e assim correu o dia.

 

1semana depois

Essa semana foi realmente esclarecedora, fiquei sabendo que eles trabalhavam na máfia junto com meu irmão que eu já sabia que era desse ramo quando ele me contou quando chegou em casa podre de bêbado, ele me fez jurar que não contaria pra ninguém assim fiz.Justin e Brian são muito amigos e trabalham um a favor do outro o que é muito legal.Eu andava ao lado das meninas que já viraram minhas amigas logo de cara.

-Que tal irmos ao shopping hoje Brittany?-Lana me perguntou me fazendo rir com sua empolgação.

-Não vejo porque não, preciso renovar meu guarda-roupa mesmo - Sorri animada a ouvindo gritar- Cala boca sua retardada- falei e todas nós rimos da cara ‘emburrada’ de Lana. Despedi-me das mesmas e fui em direção ao carro de Brian indo pra casa e subindo direto para o quarto, não sei como mais simplesmente apaguei em minha cama de qualquer jeito. Acordei com um burburinho vindo lá de baixo, senti minhas costas estralarem pelo jeito que dormi ,me levante e abri a porta do quarto e em seguida ouvindo algo que me deixou em choque.

-Não quero esperar caralho, quero matar o Bieber hoje mesmo- Brian espumava de raiva e eu olhava pra tudo aquilo escondida me perguntando o que estava acontecendo. Supostamente Justin e Brian trabalham juntos e agora Brian quer matá-lo? Que traíra filho da puta, estava pronta pra me levantar e ligar para Lana e avisar justin, mas um celular toca e bem alto, bem alto mesmo, me desesperei, era Lana puxei a marca verde atendendo me virei para trás para ir para meu quarto mais paralisei, me levantei devagar vendo Brian me encarando furioso.

( Le-sê: puto da vida)

-Não era pra você estar ouvindo conversa escondida sabia? É muito feio- Sorriu sínico_ Mas agora vagabunda- Me puxou com força pelos cabelos me fazendo gritar de dor- Me diz o que você ouviu pra eu poder te matar e fingi que isso nunca aconteceu-Gelei.

-socorro - Minha voz estava baixa mas dava pra ouvir tanto é que Brian riu diabolicamente.

Fodeu...

 


Notas Finais


então gente foi isso. ah e gente só pra deixar claro não sou belieber mas adoro o Justin ele é tudo de bom né???? sorry os errinhos viu? até o proximo capitulo e podem comentar sem medo caso tenham alguma duvida... bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...