História Dangerous Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, Sabrina Carpenter
Personagens Chandler Riggs, Sabrina Carpenter
Tags Amor Perigoso, Atração, Chandler Riggs, Romance, Sabrina Carpenter, Sex
Visualizações 134
Palavras 1.939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


• olha só quem voltou com mais um capítulo para vocês ✔
• leiam as notas finais porque é importante!
• boa leitura =)

Capítulo 8 - Capítulo 8 - I am ready, Chandler


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love - Capítulo 8 - Capítulo 8 - I am ready, Chandler

   LEAIM AS NOTAS FINAIS!!!


Point Of Views Hellen Johnson

Um mês. Fazia exatamente um mês desde que Chandler invadiu minha casa e me fez sentir aquele prazer intenso e gostoso. Depois daquela noite, não nos vimos mais e eu confesso que a cada dia que passa isso se torna um incômodo maior para mim. A vontade de tê-lo novamente sempre batia em minha porta e não tinha como eu recusar sua entrada, eu o queria, isso já era um fato que eu não poderia negar e mesmo que eu quisesse, não conseguiria.

Hoje o dia estava corrido para mim, no banco de trás do carro eu pensava o quão chata seria a festa na casa de Cameron hoje. Ele estava completando 19 anos e iria dar uma grande festa para comemorar, eu não queria ir, mas mamãe disse que era bom eu me aproximar dele, ela acha que Cameron seria um ótimo namorado para mim. Reviro os olhos ao lembrar-me disso, Cameron jamais será capaz de me fazer sentir alguma coisa por ele, digo, ele é bonito e eu curto ficar com ele, mas ele é um babaca completo e não esconde isso de forma alguma.

O carro parou em frente ao salão e eu saí dele agradecendo o taxista e o pagando imediatamente. Entrei no mesmo e sorri ao ouvir os gritinhos estérico que Mason deu quando me viu.

— Meu amor, que bom que voltou, sua mãe me informou que você viria e eu não pude conter a minha felicidade - disse

— Obrigada Mason, é muito bom voltar aqui, eu estava com saudades - me limitei a sorri

— Venha aqui gata, vamos cuidar desse seu cabelo lindíssimo e deixá-lo perfeito - murmurou me fazendo sorri

Mason era um grande amigo de minha mãe, além de ser um ótimo cabeleireiro, ele sempre fora uma pessoa muito engraçada e divertida. Mason tinha seus 26 anos, era alto, tinha cabelos lisos e preto e seus olhos eram bem azuis, só não tão azuis quanto os meus. Ele era gay e adorava cair na noitada e pegar alguns boys, ele e minha mãe tem grandes aventuras juntos.

Enquanto ele mexia em meus cabelos, eu pensava no quanto eu gostaria de ver Chandler. Aquela vontade de tê-lo, de senti-lo estava dominando cada parte do meu corpo. Mordi meu lábio inferior ao lembrar-me de seu toque em meu sexo, tive que reprimir um gemido que estava lutando para sair de minha boca. Discretamente, cruzei minhas pernas e as apertei uma na outra para pressionar minha vagina e fazer com que todo aquele fogo que surgia, fosse embora.

Depois de algumas horas sentada, Mason finalmente tinha terminado meu cabelo e eu fiquei mais do que satisfeita. Eles estavam lavados e bem hidratados, os cachos feitos​ nele estavam dando um volume adorável e o brilho que meu cabelo refletia era perceptível. Agradeci Mason e voltei para casa para me arrumar, o dia já tinha ido embora dando lugar a um céu escuro com poucas estrelas.

Após me vestir e me maquiar (capa do capítulo), desci para sala e encontrei minha mãe pronta para me levar.

— Eu tenho mesmo que ir? - perguntei cabisbaixa

— Sim Hellen - disse sorrindo

Suspirei lamentavelmente e caminhei com Rebecca até seu carro. Adentrei no automóvel e pus meu cinto de segurança, mamãe fez o mesmo e logo saiu de nossa mansão. Encostei minha cabeça na janela do carro e fiquei pensando em um modo de sair imediatamente da casa de Cameron. Eu não queria ir mas minha mãe parecia não se importa, o que me irritava profundamente. Assim que chegamos, mamãe me deu um beijo na testa e murmurou um "divirta-se". Sorri sem mostrar os dentes e sai do automóvel indo direto para a mansão onde rolava a festa. Ao entrar, pude ver muitos conhecidos ali, a pista de dança estava cheia, todos ali estavam muito elegantes​ e sorriam como se tudo ali estivesse perfeito. Bufei impaciente, caminhei até a entrada da casa e esbarrei com Cameron, que não conteve um sorriso quando me viu.

— Que bom que você chegou, minha loirinha - disse acariciando minha bochecha

— Sabe, não tive muitas opções - falei sorrindo falsamente

— Não se preocupe, farei sua noite valer a pena - murmurou aproximando seu rosto para me beijar

— Cameron, sai de perto - murmurei raivosa — Para de tentar me beijar toda vez que me ver, estou cansada disso - disse impaciente

Antes que ele falasse algo sai andando para dentro de sua mansão e encontrei Samantha que já tinha em sua mão um copo de bebida.

— Pela sua cara, não parece contente - assenti — O que houve Lee? - perguntou séria

— Nada, é que, eu só não queria estar aqui - falei, suspirando em seguida

— Vem, vou distrair você - disse sorrindo

Deixei que Samantha me guiasse para fora e me levasse para onde quer que seja. Ela me deu um copo azul que tinha vodka com energético dentro, dei um pequeno gole e já sentir a bebida descer em minha garganta queimando a mesma.

***

Horas haviam se passado e eu ainda estava sóbria. Eu estava completamente desanimada, queria ir pra casa e deitar-me em minha cama onde eu ainda, por mais impossível que pareça, conseguia sentir o perfume de Chandler em meu coberto. Cansada de ficar ali, corri para o banheiro e assim que entrei, sentei-me na tampa do vaso respirando fundo. Calma Hellen, calma!

Levantei e me olhei no espelho, retoquei o meu batom e eu estava decidida à ir embora, quando a porta do banheiro se abriu revelando um alguém que eu tanto queria ver. Chandler estava vestido como garçom, eu nem estava acreditando que ele estava bem ali na minha frente, com os olhos brilhando e com o sorriso mais sacana e malicioso do mundo.

— Sentiu minha falta, baby? - perguntou com sua voz sexy

Sem dizer qualquer palavra, agarrei sua nuca e o beijei ferozmente. Suas mãos foram de encontro em minha cintura onde ele apertou com força me fazendo arfa entre nosso beijo. Pressionei seu corpo contra o meu e ele intensificou nosso beijo deixando tudo mais quente. Eu o queria tanto, céus, como eu queria. Meu coração começou a bater forte e eu senti minha vagina pulsar de desejo. Arranhei sua nuca levemente e isso foi o suficiente para que meus ouvidos fossem preenchidos com um gemido rouco dele. Desgrudei nossos lábios quando meus pulmões imploraram por um pouco de oxigênio, Chandler grudou sua testa na minha e sorriu gentilmente para mim.

— Vou considerar isso como um sim - disse me fazendo ri

— Por que não apareceu mais? - perguntei

— Tive alguns probleminhas e não pude procurá-la, mas eu estou aqui amor - falou, depois beijou meus lábios

— Eu... An... Senti um pouco sua falta - admitir

— Vamos matar essa saudade meu anjo, vá para saída e me espere na esquina, eu irei encontra-la - murmurou

Assenti sem protestar e ajeitei meu vestido, retoquei meu batom e sai do banheiro. Fiz exatamente o que ele me pediu, passei despercebida por todos ali e sai da mansão dos Kellers indo o mais rápido possível para a esquina dali. Não demorou muito e eu avistei Chandler vindo em passos apressados ao meu encontro, assim que ele se aproximou, beijei seus lábios com ardor.

— Você confia em mim Hellen? - perguntou

— Sem sombras de dúvidas Chandler - disse sincera

Seus olhos brilharam com a minha resposta e então ele me deu um selinho demorado antes de pegar em minha mão e me conduzir para as ruas escuras e vazias de Atlanta.

Point Of Views Chandler Riggs

Eu não pude conter a felicidade quando vi minha doce Hellen naquela festa chata de Cameron Keller. Já fazia um mês que não nos víamos e isso era o resultado de cuidados extremos que tive que dar a minha mãe. Durante esse período eu pensei muito em Hellen e aquilo era estranho e novo para mim. Eu não era nem um pouco acostumado a pensar tanto assim em uma garota só, Brianna dizia que eu estava apaixonado mas eu nem de longe considerei essa hipótese. Talvez o meu desejo por ela seja tanto que me fez pensar nela mais do que eu deveria pensar.

Ao conseguir sair daquela mansão e encontrá-la na esquina e ouvi-la dizer que confia em mim, fez toda a minha noite. Eu não podia deixar de lado a culpa que estava sentindo por estar usando-a para ter seu dinheiro, mas minha mãe precisava. Eu sabia que não era nada justo com Hellen e passeando com ela de mão dadas, fazendo piadas sem graças que mesmo assim faziam ela ri, claramente começo a pensar se devo seguir adiante. Minha cabeça está a milhão e nesse momento não sei o que fazer, talvez eu pudesse sentar e conversar com ela, dizer o que se passa com a minha mãe e talvez assim ela me ajude, certo? Errado, nós não somos amigos de longa data e não há motivo algum para ela me ajudar, isso só seria possível se tivéssemos algo, então é com esse pensamento que decido continuar com meu plano.

Paro em frente a minha casa e abro a porta vagarosamente para não acordar ninguém. Hellen tirar seus saltos e os seguram na mão para não fazer barulho. Seguro sua mão e a conduzo para meu quarto, onde quero que ela esteja a mais de um mês. Assim que entramos, me apresso em tirar aquela gravata e a camisa social branca, jogando ambos em algum lugar do quarto. Tiro os sapatos sociais e vou até a loira que observa meu quarto detalhadamente. Beijo seu pescoço e abro seu vestido na parte de trás para retirar o mesmo, ela não hesita em momento algum, deslizo o vestido pelo seu corpo e tenho a plena certeza de que Hellen é um anjo na forma humana mais pura e bela.

— Você é tão linda, anjo - sussurro em seu ouvido antes de beijar seu pescoço brevemente

Vou em meu guarda-roupa e pego de lá uma camiseta e entrego a Hellen, a mesma aceita de bom grado e vesti ficando mais linda do que já é. Ela sorri para mim e caminha até mim. Suas mãos foram direto para minha nuca e seus lábios tocaram os​ meus com suavidade. Retribuí seu beijo de imediato e acariciei sua língua com a minha. Apertei sua bunda levemente com as minhas mãos e tive como resposta uma risada leve e gostosa que Hellen deu entre nosso beijo. Caminhei com ela até a cama e a deitei gentilmente, sem desgrudar nossos lábios. Minha mão direita se infiltrou dentro da camiseta tocando seus seios e sua barriga. Senti seu corpo se arrepiar diante de meus dedos e sorri enquanto minha língua travava uma batalha deliciosa com a dela. Ela interrompeu nosso beijo nos permitindo respirar e dar ao nossos pulmões o ar que faltava. Me encarando intensamente, ela mordeu seu lábio inferior e sua feição parecia envergonhada.

— Está tudo bem, amor? - perguntei

— Sim, é só que, não sei como dizer o que quero dizer - disse fechando os olhos

— Não tenha vergonha meu anjo, pode falar - pedi carinhosamente, eu estava sendo carinhoso demais, mas eu estava gostando

— Eu... - ela abriu os olhos — Eu estou pronta, Chandler - murmurou

Suas palavras foram como músicas para meus ouvidos e ao imaginar Hellen completamente submissa a mim, meu pau pulsou dentro da calça social e meu coração por algum motivo desconhecido por mim, acelerou.


Notas Finais


• mores, então, a titia ste aqui já tem 18 aninhos e felizmente já vou começar a trabalhar!
• o trampo é de domingo a domingo, só vou ter uma folga por semana e será nessa folga que irei postar capítulo novo!
• já tenho alguns capítulos escritos e enquanto eu ainda não começo a trampar, farei mais capítulos para vocês e então só postarei eles, ficará mais fácil assim!
• COMENTEM O QUE ACHARAM DO CAPÍTULO!
•Vejo vocês em breve ❣
•2beijos 💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...