História Dangerous Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Justin Bieber
Personagens Ashley Benson, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii
Então,essa é a primeira fic que eu posto aqui e espero que vocês gostem (:
Essa fic é uma mistura de algumas coisas da minha vida e um pouco da história que eu criei então vai ser bem louco kkk
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capitulo 1


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love - Capítulo 1 - Capitulo 1

Acordo e pego meu celular,legal Leah,atrasada no primeiro dia de aula,não tem coisa pior. Levanto da cama correndo,tomo um "banho relâmpago",me arrumo e desço correndo pra tomar (ou tentar tomar) o café da manhã
— Não corra desse jeito senão vai acabar caindo da escada! — minha mãe diz preparando a lancheira do meu irmão Tyler de 8 anos
— Me desculpe mas alguém que me acorda todo o dia simplesmente não me acordou! — faço cara feia pra ela enquanto tento comer em 2 minutos
— Desculpa minha filha,eu esqueci
— Que otimo,esqueceu que tem uma filha — se eu continuasse assim poderia fazer parte de uma novela mexicana
— Deixa de ser dramática Leah,e se você não ir logo você vai perder o ônibus
— Puta merda!! — saio correndo e ouço minha mãe gritar "olha a boca!"

A última coisa que eu queria era pegar esse ônibus,mas é isso ou ir andando pra escola que é meia hora a pé,então prefiro andar nessa coisa do que chegar toda suada na escola
Missão número 1: achar um lugar pra sentar sem receber um olhar de desaprovação da pessoa do banco ao lado do meu. Finalmente acho um lugar depois de quase 5 minutos de pé tentando me equilibrar no ônibus em movimento

— Você é aluna nova né? Da pra ver pelo seu olhar de perdida e sua cara de assustada — a menina do meu lado disse,finamente alguém que não fez uma careta pra mim — aliás,sou Hannah
Hannah era bem bonita e parecia ser bem legal,não só pelo fato de não ter me fuzilado com o olhar mas porque ela parecia legal mesmo,só de olhar pra ela já dava pra saber. Ela era bem branquinha,cabelos loiros até a cintura,um olho tão azul que dava vontade de mergulhar neles e uma boca naturalmente rosada. A garota parecia um anjo,que inveja
— Acabei de me matricular nessa escola,meu nome é Leah — perto dela eu parecia "Leah,a sem graça" com o cabelo loiro cortado acima do ombro por mim mesma nessas maravilhosas (com maravilhosas eu quero dizer horríveis) férias,olhos azuis com muita maquiagem e uma pele de quem não tomava sol faz anos. Mas quem olhasse para nós poderia dizer que éramos irmãs,diferentes porém iguais em algumas coisas. 
— Se você quiser eu posso mostrar a escola pra você — eu claro que aceitei depois que o motorista nos expulsou do ônibus porque ficamos conversando tanto que não percebemos que ele já havia chegado na escola.
  Depois de ser expulsa do ônibus (que vergonha) e fazer uma nova amiga vou correndo pra sala de aula (que minha amiga nova me mostrou onde fica) e sento antes que a professora chegue,vamos começar a tortura cerebral.
  Terceira aula,Educação Física,eba (eba bem desanimado porque odeio educação física). Fomos para o campo de futebol,otimo,várias meninas no banco,inclusive eu
— Vamos lá gente,futebol feminino hoje,formem dois times! — a professora gritou e eu já desanimei
  As garotas foram escolhendo as jogadoras e eu percebi que tinha uma garota a mais ali,que no caso era eu
— Leah Manson reserva! —a professora gritou de novo e eu vou bem feliz para a arquibancada
  Isso mesmo,Leah Manson,pior sobrenome de todos mas ok
— Senhorita Manson,que prazer em conhecê-la — dou um pulo quando escuro uma voz bem grossa — me desculpe se eu te assutei,não foi minha intenção
Nossa senhora da beleza,que cara gato! Olhos cor de mel super penetrantes,cabelo loiro que parecia ser descolorido mas ainda sim era lindo e uma boca rosada irresistível. Naquele momento não era só os olhos dele que eu queria que me penetrassem,mas isso é outro assunto
— Como você sabe meu nome? —eu disse tentando conter o rio no meio das minhas pernas
— Ouvi a professora gritar
— Ah,devia ter imaginado — ele é tão gato que eu não consigo falar uma coisa que preste
— Prazer,Jason — ele disse e beijou minha mão,além de gato é cavalheiro,meu Deus
— Você é de que ano? — tudo bem que ele tinha cara de ser mais velho e não parecia estudar mas não custa nada perguntar
— Eu não estudo aqui,só vim passar um tempo e olhar a paisagem que é essas garotas jogando com essas roupas,aliás você fica muito sexy com esse shortinhos e essa camiseta colada,deve ser muito mais sexy sem nada — A voz dele é tão excitante que dava vontade de me entregar pra ele ali mesmo,eu estava tão arrepiada e vermelha que eu queria sair correndo e ficar ao mesmo tempo — Daqui a pouco a professora vai perceber que você não está sozinha e nós dois vamos ter problemas,vou ter que ir agora mas a gente ainda vai se ver  muitas vezes,eu prometo — ele disse e me deu um beijo,puta merda ele me beijou! Graças a Deus eu to sentada porque senão já tinha rolado essa arquibancada toda
  Assim que meu gato misterioso foi embora a professora me chamou pra jogar,dei aquela típica desculpa de que não estava bem e fui pro vestiário,não tinha corrido nada mas estava sem fôlego e molhada (e não era de suor), sentei no banco e pensei naquele gato que em apenas um dia me deixou completamente apaixonada.


Notas Finais


Vou postar toda a semana,obrigado por lerem e qualquer crítica é bem vinda (:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...