História Dangerous Love. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zara Larsson
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson, Zayn Malik
Exibições 4
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpas pela demora, passei a semana inteira fazendo provas...espero que gostem.

Capítulo 3 - Your hands.


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love. - Capítulo 3 - Your hands.

Acordo do cochilo às 18:30, e leio uma mensagem de Louis pedindo para eu confirmar se irei mesmo encontrar ele no bar hoje à noite. Respondo rápido que sim, e justifiquei a demora. Me espreguiço e bocejo esfregando os olhos, sinto minhas pernas doerem de tanto dançar ontem naquela mansão ENORME. 

Lembro daquele menino...que eu transei ontem, e na verdade conheci um dia antes...ontem foi uma loucura total. Quase perdi meu celular, quase abusada e quase me bateram. Isso tudo porque me neguei a transar com um Chefão do tráfico, meu turno tinha acabado. Ele fez um escândalo, acho que fez porque estava bêbado...

Me levanto e vou tomar banho e lavo meus cabelos. Eu ia fazer isso ontem, mas cheguei de manhã e logo fui dormir, e desisti por conta do cansaço. Tiro toda a espuma do cabelo e passo condicionador. Penteio com enquanto vou enxaguando o mesmo. Saio do box enrolando a toalha nos cabelos molhados e outra no corpo. Visto um short e uma blusa com estampa do Batman fresca, lá fora estava calor. Pego meu celular e o dinheiro colocando no bolso do short. 

Saio do apartamento andando em direção ao bar, e recebo uma mensagem do Louis dizendo que já chegou no bar, e logo chego, e paro na porta vendo Louis sendo agarrado por um homem com alguns hematomas no rosto, quando penso em me meter nos dois para tirar Louis de lá, Harry chega com tudo tirando o cara pelo ombro de perto dele. Louis fica assustado, olhando para os dois, o cara cai pro meu lado e eu o seguro para ele não cair, já que estava visivelmente bêbado. Olho para frente vendo Zayn chegar atrás de Harry, e ele me olha, mas logo mudamos o olhar quando Harry quebra o silêncio:

- Por que estava agarrado à ele? Não te disse dos meus sentimentos?-Harry fala baixo mas dá pra ouvir.- Tá maluco? -Harry pergunta olhando para o Louis com expressão de raiva, arrepiou a espinha.

- N-não foi por querer, ele me agarrou, esse homem está bêbado!- Louis diz em sua defesa quando o homem se levanta ainda se apoiando em mim, ele olha para o meu rosto e solta um riso sínico.

- EU TE CONHEÇO!!- Ele ri, com um cheiro horroroso de vodka, tequila e absinto, todas as bebidas juntas. -GENTE, ELA É PUTA -Aponta pra mim e as pessoas que passam me olham de olho torto..sinto um nó na garganta e tiro seus braços de mim.- NÃO QUIS DEIXAR EU COMER ELA.- Ele começa a rir de novo e me agarrando.

Sinto o homem ser arrancado de mim. Olho para ele no chão sendo acertado por um soco do Zayn. 

- Rala daqui.- Zayn ordena. O homem levanta e dá um tapa com as duas mãos no peito de Zayn, e Harry o segura, deixando o homem ir embora. 

- Obrigado por isso..- Chego perto do Zayn o olhando. 

- Não foi nada.- Ele me olha dando um sorriso de lado e depositando um beijo em minha testa. Ele olha para Louis e Harry perguntando: - Casal já se resolveu?

- Não.

- Ah, palhaçada. Tu não viu que o homem estava bêbado? E ele que agarrou o Louis? Para de show e vamos entrar logo nessa porra.- Falo puxando o punho de Zayn e entrando no bar ouvindo Louis dizer que eu estava irritada, e dando risada com Harry lá trás. Zayn tira seu punho da minha mão mas logo encaixa sua mão na minha, e deixo um sorriso escapar. Eu não sei..desde ontem, daquela noite com ele na cama, senti algo meio diferente, que eu nunca senti. Não é pelo fato de ele fazer gostoso, foi diferente, talvez tenha rolado uma química?! 

Acho uma mesa e sento, Zayn logo senta ao meu lado ainda de mão de dada comigo. Louis e Harry sentam de frente pra gente, e começamos a conversar. Ele contou como entrou para a vida do tráfico de drogas e armas, a estrutura familiar do Zayn não foi boa, e isso ajudou muito pra que ele cedesse a entrar nessa vida, já com influência de seus pais viciados em drogas, seu pai era um dos traficantes mais procurados de New York. Ele sempre viveu em confusões de bandidos entrando em sua casa para pegar seu pai por dívida não paga, e até mesmo pegando sua mãe como refém. Ele disse que ficava assustado, mas admirava aquela bravura e aquela violência. Fiquei boquiaberta com aquela história, ele disse ainda que suas irmãs se escondiam dentro do armário para não serem pegas. 

- Fecha a boca, gracinha..entra mosquito.- Ele diz com um ar de riso, e Harry ri junto e fecho a boca.- Lembro também quando meu pai foi morto..-ele continua abaixando o olhar.- Mesmo com todas as merdas que aquele filho da puta nos fez passar, eu o amava..ele era meu pai, porra...-ele passa as mãos no rosto.- Minha mãe foi pega também...ela morreu num depósito que eles tinham pra sequestro, ela ficou tão..assustada, tão nervosa que morreu de ataque cardíaco.-ele diz com a voz embargada.

- Não precisa continuar...-coloco a mão em sua perna.- Só me responde uma coisa...depois de sofrer isso tudo, por que você foi pra esse caminho e ainda vive nisso?-ele coloca sua mão sobre a minha antes de responder.

- Eles têm tipo que uma obrigação de pegar os filhos homens dos que morreram, e tornar mais um deles...então, desde meus 15 anos eu vivo nisso. Não consigo sair, já me envolvi demais, eu sou o chefe da quadrilha. Os policiais não me procuram, porque o chefe, sempre fica escondido, ninguém sabe, assim como o braço direito que no meu caso é o Harry.-olho para Harry e depois para Louis, que mostra estar meio assustado.

Uma única certeza eu tive naquela noite: o homem que estava segurando minha mão, era extremamente perigoso. E eu adoro isso.

 

 


Notas Finais


AHAHAHAHAH, não gostei muito desse capítulo, BUT continuem lendo, essa fanfic ainda tem muita história pra rolar..várias surpresas e perigos também sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...