História Dangerous Man - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Policial, Romance
Visualizações 5
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa é a Skye adulta.

Boa leitura meus anjos 😇

Capítulo 11 - Humilhação


Fanfic / Fanfiction Dangerous Man - Capítulo 11 - Humilhação

Ja era um novo dia, eu estava investigando uns papéis do caso 17 ( A: Eu esqueci o número do caso, então se estuver errado me desculpem), Felipe disse que ia vim me ver só que eu nem liguei muito, eu estou tão atarefada que se caísse um meteoro do meu lado não iria ligar.

- Skye?- olhei para trás e vi Felipe.

- Ah oi Felipe.- voltei ao que estava fazendo.

- Nossa que seca!

- Você percebeu que eu to trabalhando?

- Não eu sou cego.

- Uhum...

- Skye!

- Que é?

- Fala comigo.

- Eu tô falando com você.

- Então olha pra mim, me da atenção.

- Felipe você sabe que eu to trabalhando num caso muito importante.- senti ele me abraçando por trás.

- Só um pouquinho.

- Que crianção...- falei me virando para ele.- Ta bom, vamos na sorveteria.

- Aleluia!- saímos da minha casa e fomos pra a sorveteria, pedimos o nosso sorvete e esperamos ele ficar pronto.

- Só você pra me fazer parar de trabalhar pra vim num lugar desses.

- Eu sei sou um anjo.

- Anjo nada, anjos não são safados como você.

- Eii! Eu não sou safado!

- Ah não? Pensa que eu não vi você olhando pra bunda das mulheres?

- Você também olha pra bunda dos homens!

- Eu nunca disse que eu não era safada.- o sorvete chegou, o meu era de baunilha com pedaços de macarons de morango e o dele era de chocolate com leite condensado.

- Mas como ta com o caso?

- Ta muito difícil, ele não deixava nem uma mísera pista, a única coisa que eu sei é o sorriso dele e o sabor do beijo dele. E eu não posso sair beijando todo mundo né?

- Melhor mesmo.

- Hmm ciúmes?

- De você? Me poupe.

- Nossa que horror. Vamos ja acabei o sorvete.

- Mas já?

- Sim. Vamos Felipe.

Felipe foi para a casa dele e eu para a minha investigar mais sobre o caso. Depois de investigar bastante e mais uma vez não encontrar nada fui olhar as horas. Era meia noite, fiz um leite, bebi e fui tomar banho, depois me troquei e deitei em minha cama, olhando minhas redes sociais, aliás eu não era tão velha assim. Então recebi uma mensagem.

Mensagens on:

" Vai ter uma festa na cidade que o prefeito vai dar, será de máscaras, apareça "

" Quem é você? "

" Estou mais perto do que você pensa"

Ja sabia quem era, reconhecia essa frase.

" Por que quer me encontrar? "

A mensagem não foi.

Mensagens off

Liguei para o número e disse que não existia. Droga! Era a minha chance. Vou dormir amanhã acordarei cedo.

Dia seguinte...

Acordei bem cedo e ja estou na delegacia, vi Jonathas la, suspirei e fui.

- Eu falei pra você nunca mais aparecer na minha frente, não falei?

- Skye...

- Saia daqui agora!

- Eu só quer...

- SAIA DAQUI! VOCÊ ME TRAIU E AINDA TEM A CORAGEM DE APARECER NA MINHA FRENTE?! FICOU LOUCO?! TA AFIM DE MORRER?!

- E VOCÊ UMA VADIAZINHA IMPRESTÁVEL QUE NEM TRANSAR SABE, E SÓ FICA DE PAPINHO COM AQUELE TAL DE FELIPE!

- VADIAZINHA?! VOCÊ QUER MORRER É HOJE NÉ SEU FILHO DA MÃE?! FELIPE É MEU MELHOR AMIGO E VEIO ANTES DE VOCÊ! E ALIÁS VOCÊ QUE TEM PINTO PEQUENO E JOGA A CULPA EM CIMA DE MIM! EU NÃO SEI TRANSAR ME POUPE, PARA COM ISSO SEU IDIOTA, ADMITA QUE VOCÊ ESTÁ ERRADO E VÁ EMBORA DAQUI!

- PINTO PEQUENO?! VOCÊ NÃO FALAVA ISSO QUANDO CHUPAVA ELE COM TANTA VONTADE!- dei um soco na cara dele que sua boca sangrou.

- ME RESPEITE SEU MEDÍOCRE DE MERDA, SER POLICIAL É TER LEALDADE E FIDELIDADE, MAS VOCÊ NÃO TEM NENHUMA DESSAS DUAS COISAS ENTÃO DEVERIA PARAR DE SER POLICIAL, VOCÊ NÃO PRESTA!

- QUE GRITARIA É ESSA AQUI?!- perguntou meu pai.

- ESSE MERDINHA QUE ME TRAIU DEU AS CARAS POR AQUI!

- EU O CHAMEI SKYE!

- Espera... Você o que?!

- Eu o chamei.

- Então trate de mandar embora porque enquanto ele estiver aqui eu não vou pisar aqui!- sai da delegacia chorando, ele me chamou de vadiazinha. Que raiva! Abri a porta da casa de Felipe com toda a força do mundo e quando o vi o abracei e chorei.

- Ei, princesa o que foi?

- Ele me chamou de vadiazinha, e me falou coisas ridículas na frente de todos os meus colegas de trabalho.

- Quem?

- Jonathas!

- Desgraçado...

Depois fiquei na casa de Felipe e dormi na cama dele.

• Assassino

Vou matar esse Jonathas! Humilhou a Skye na frente de todos, filho da mãe. Entrei pela janela e vi ele e o empurrei contra a parede, estava de máscara é claro.

- QUEM É VOCÊ?!

- Seu pior pesadelo.- ele se soltou e lutou comigo, mas conseguir o prender na parede de novo.- Vou só te torturar, mas um deslize seu eu mato você.

- Quem é você?

- O assassino do caso 17.

- Ah é? Então vamos tirar essa máscara.

- Nunca! Saia dessa cidade senão ja sabe.- então ele puxou minha máscara.

- Você?!

- Sim, sou eu, mas se você contar pra alguém, essa vai ser a última cara que você vai ver na sua vida.

- Só espere, vão descobrir quem é e você vai apodrecer na cadeia!

- E você... Cuidado o que você fala e o que faz, não vai querer morrer antes do 30.


Notas Finais


Eu amo esse personagem do assassino.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...