História Dangerous Minds - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Bieber, Catikinbeldes, Criminal, Crisbeldes, Juatinbieber, Justin, Romance, Ryan Butler
Exibições 13
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente... Oi, essa é minha primeira fic. Por favor peguem leve.

Capítulo 1 - Good Nigth


E lá estava eu com minhas melhores amigas, Keyla e Luna que dançavam separar como eu.

Eu estava naquela boate incrível, sempre a frequentava quando eu podia, sempre com keyla e Luna que não desgrudavam de mim, sempre comigo, e sempre me ajudando com meus namorados.

Esse era o fato de estarmos lá, keyla e Jonathan haviam terminado,  ela deveria estar em choque, mais ela realmente não perde tempo, ela sempre se recuperava rápido de um namoro, sempre já que não era como eu e Luna que esperávamos um tempinho antes de descidi as coisas.

Aquela era minha boate favorita porque foi aqui em que eu e minhas amigas nos conhecemos, estávamos sentadas bêbadas naquele banco, jogando papo fora. Até hoje não me lembro o que aconteceu muito bem, mais me lembro de acordar num quarto de hotel com as meninas caídas no chão.

Aquele dia nunca havia saido da minha cabeça, afinal, quem se esquece do primeiro dia de aula, numa cidade nova, num lugar novo. Eu havia me mudado e não havia muito tempo, elas foram minhas melhores amigas desde então e enfrentamos Nancy ( a garota mais mitidinha da escola ) que passa vergonha sempre que conseguimos.

Eu ria como se estivesse bêbada. No mundo existe três tipos de bêbados, O que bebia e agia como criança, que ria de tudo e parecia inocente ( eu ). A que bebia e vomitava e não conseguia parar de falar da vida ( Luna ) e aquela que sai tentando pegar caras, ele pode falar que é mendigo que você acha enteressante ( keyla ).

- Ever ? - ela me chamou e eu me vireivendo seus cabelos loiros - vamos beber.

- vamos - disse para keyla que me guiava pela multidão que brilhava.

Eu só descidi ver por causa do neon. Eu adorava o neon, aquilo me atraia, adorava olhar aquelas cores brilhando e chamando atenção, elas eram lindas. Eu olhava Luna que estava com um garoto que eu não conhecia. Ela dançava vulgarmente com ele, pareciam que queriam transar ali mesmo. Ela ria de tudo, ele sussurrava no ouvido dela.

- nossa - disse keyla gritando no meu ouvido e me dando a cerveja, a música no local parecia ter aumentado - Luna está meio... Vulgar não acha ?

-sim - disse sorrindo e bebendo minha cerveja.

Minha visão foi tomada por um garoto loiro que estava ao meu alcance, ele olhava para mim e ria. Simplesmente desviei o olhar e continuei a beber minha cerveja calmamente. Logo um homem chegou e eu o olhei, ele não era feio, mais keyla apenas riu para ele e foi se divertir.

Eu bebia muito, queria beber até não aguentar mais. Senti uma mão na minha cintura me fazendo pular de susto e de nervosismo. Eu olhei e encarei o garoto loiro que me olhava com um sorriso malicioso, eu dei uma olhada em volta a procura das meninas que desapareceram derrepente.

- oi amor - disse ele se sentando ao meu lado - não beba muito tá ?

- você me confundiu - disse - não te conheço.

- Melanie - disse ele e eu o olhei - para de brincadeira.

- não sei do que está falando - disse.

- amor - disse ele H está bêbada né ?

- desculpe - disse - mais não sei do que fala.

- Melanie - ele disse me puxando e me levando em algum lugar.

Não queria nem sabia aonde ele ia me levar, mais eu tinha medo. Meu celebro estava estranho, eu havia bebido e parecia que nada estava acontecendo de verdade. A música estava estranha e minha cabeça girava.

- ei - disse percebendo que eu esta no carro dele - eu quero sair.

- Melanie para com essa porra - disse ele.

- eu não sou essa porra de pessoa - disse para ele - me deixe ir.

- olha - disse ele tentando manter a paciência que parecia perder - vamos para a minha casa.

- mais...

- sem mais caralho - disse ele gritando me assustando.

Me recusei a dizer uma palavra se quer, eu estava com medo, não sabia o que fazer. Meu coração disparava e eu tinha coragem o suficiente para pular do carro em movimento, mais a merda da porta estava travada. Sem muita escolha, deixei uma das minhas milhares de lagrimas rolar pelo meu rosto sem conseguir conter.

Chegamos a uma linda e grande mansão que havia vários guardas de palito e armas, eles pareciam sérios. Tinha medo do que estava me metendo, sai do carro que foi finalmente destrancado e tive minha mão tomada pelo garoto loiro que entrelaçou seus dedos nos meus dando um grande arrepio em mim.

Ele jogou suas chavespara um dos seguranças que havia ali, indo juntamente a mim para dentro da grande mansão, eu tirei meus óculos, minha visão esta embaçada, eu estava subindo as escadas sem saber o que estava acontecendo. Logo quando eu percebo, estou tirando a blusa daquele garoto que me beijava loucamente.

- qual o seu nome ? - sussurrei para ele.

- Justin - disse ele - teve amnésia ?

- cala a boca - disse voltando a beijar ele loucamente.

Ele me jogou na cama e começou a despejar beijos no meu pescoço e dar vários chupões que me levaram a loucura. Ele logo tirou minha blusa deixando apenas de sutiã, ele começou a despejar beijos ali devagar. Depois ele tirou meu sutiã e começou a chupar meus seios, senti um grande arrepio em mim. Ele desceu para meus shorts jeans os tirando e jogando em qualquer canto.

Toquei nossas posições ficando por cima dele, não sabia o que fazer direito, mais sabia o que eu queria. Desci para sua calça e a tirei depositando beijos em seu abdômen definido. Depois tirei sua cueca pegando seu membro e chupando. Ele gemia outro nome, um nome que eu não conhecia, mais não me emportava. 

Quando acabei, ele soltou seu liquido e eu engoli o todo voltando a beijar seus lábios. Ele trocou novamente nossas posições tirando minha calcinha e me penetrando com dois dedos e fazendo vai e vem com o mesmo. Acabei com o meu liquido saindo e ele lambendo seus dedos e me beijando. Logo ele olhou dentro dos meus olhos e me penetrou me fazendo gemer, logo a dor virou prazer.

Estavam no nosso limite, eu gemia sem parar, aquilo era bom. Como vivi sem isso ? Eu arranhava suas costas com minhas unhas que estava grandes, logo chegamos ao apêndice e gozamos. Ele caiu de lado e olhou para mim, ele tinha lindos olhos de mel, seu sorriso se formou assim que o olhei, tinha um perfeito topete em seu cabelo. Ele depositou um beijo em meus lábios.

- boa noite - disse ele.

- Justin - disse deixando o cansasso e o sono me vencerem.


Notas Finais


Caralho menor. Não acredito nisso, no primeiro cap tem sexo. Pnc.
Espero que gostem, sei que não deve ter ficado muito bom, mais aos poucos vou tendo mais idéias que espero serem boas.

Bjs da Belieber louca
.SH😘.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...