História Dangerous Woman - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), Cruella De Vil, Daniel, David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Fa Mulan, Henry Mills, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Lacey (Belle), Liam Jones, Lilith "Lily" Page, Malévola, Marian, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Mérida, Neal Cassidy (Baelfire), Paige (Grace), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Will Scarlet, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Amor, Descobertas, Emma Swan, Henry Mills, Once Upon A Time, Regina Mills, Segredos, Suspense, Swanqueen, Zelena Mills
Visualizações 183
Palavras 1.439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello !

Música : Unstoppable- Sia

Capítulo 40 - 40


Fanfic / Fanfiction Dangerous Woman - Capítulo 40 - 40

Regina Mills

_Regina...!- era a voz da Emma ! Meu coração acelerou mais ainda.


_ Emma..!- ouvi passos. Merda !


_ Regina, eu preciso de você! Onde você está.?- ela ta chorando, o que aconteceu? Ela ta bêbada?


_ Emma não posso falar agora. -falei mais baixo os passos ficaram mais altos.


_ Por que?! Você ta com alguém?! Ja me esqueceu?!- gritou.


_ Emma , por favor! Não posso falar agora .- tentei me acalmar os passos mais altos .


_ Regina eu te amava ! Por que mentiu pra mim !? Em ?! Meu amor não era o suficiente?! - gritou mais alto olhei e vi ele parou na porta , merda !!!


_ Shiii!- falei mais baixo, Emma por favor não grita agora, por favor, por favor.


_ Olha aqui! Você não me manda calar a boca não! Eu te amava e você me enganou ! Agora não me manda calar a boca!-gritou eu desliguei o celular a massaneta começou a girar ,Deus me ajuda ! Por que eu não paguei mais balas?! A porta abriu e logo ja apontou a arma pra mim eu levantei correndo e o tiro acertou no meu braço, deu tempo so deu atirar e fechei os olhos e vi aquele corpo cair, meu braço estava sangrando, eu estava com pouco munição, merda Emma! Voltei e vi Jefferson carregar a Dany.


_ Onde você estava?! Era a sua vez agora ! Porra deu tudo errdo ! Vamos embora tem mais vindo!- eu ajudei o resto.


E fomos pra casa e tinha alguns feridos , uns foram levados para o hospital.


_Onde você estava? - pergunto Jefferson nervoso.


_ Eu fiquei a encurralada em um quarto, quase morri!- mostrei o meu braço pra ele.


_ O plano era perfeito! Era chegar, matar os de fora, tinha gente da nossa gangue por todos os lados , você iria pro quarto e mataria o chefe , quando nos destraimos procurando você,  chegaram mais e atacaram.


_ Eu fiquei presa com dois .- respirei fundo , a dor ja estava aumentando .


_ Regina você precisa ir ao médico, vou ligar pra Granny.


_ Não! Ela vai surtar ! Deixa ela quieta na casa da amiga dela.


_ Vou te levar pra sua casa.- ele me levou até em casa e me ajudou a cuidar do machucado.


_Obrigada Alex , você ja pode ir sua família deve estar preocupada.


_ Você está bem?- forçei um sorriso e confirmei com a cabeça.


_ Pode ir. - ele me deu um abraço saiu , não eu não vou chorar!  Chega de lágrimas! Subi troquei de roupa tomei remédio pra dor, e me deitei essa merda não para de doer ! Logo ouço alguém entrar igual um furacão no quarto pego minha arma e aponto pra porta , logo vejo duas figuras com as mãos levantadas em forma de rendição, assustadas.


_ Que merda ! Ruby e Zel ! Quase que tomam um tiro que porra!- me sentei na cama novamente.


_ Misericórdia achei que ia morrer agora pelas mãos da minha irmã.- ela sentou na minha cama e colocou a mão.


_ Regina o Jefferson  me ligou e disse o que aconteceu. - ela se sentou ao meu lado.


_ Eu disse pra esse idiota que eu estava bem.- esbravejei.


_Eu sabia que isso ia acontecer! Você ta bem? Acabou de levar um tiro!- minha irmã gritou irritada ela estava vermelha.


_ Eu estou bem! Quantas vezes ja levei tiro ou uma facada? Vaso ruim não quebra .! Nunca ouviu esse ditado? - perguntei me alterando.


_ So não podemos abusar da sorte ! Levanta essa bunda dai e vamos pra um hospital. - eu bufei era melhor fazer o que ela estava mandando, me levantei elas me ajudaram a me vestir. E fomos pro hospital e eu so fingia que estava bem , mas na verdade eu não estava,Emma está bem? Pouco me importa se ela está bem! Eu estou bem?! Não é? Por que eu não consigo me controlar ? Não chora!


Incontrolável
Toda sorridente, eu sei como enganar esta cidade .


Eu faço isto até o sol se pôr, e através da noite Oh yeah, oh yeah, eu te direi o que quer ouvir .


Fico com meus óculos escuros enquanto uma lágrima cai Nunca é a hora certa, yeah, yeah .


Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto sou forte Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto Sou incontrolável .


Sou uma Porsche sem freios Sou invencível Yeah, eu ganho todos os jogos Sou tão poderosa Não preciso de baterias para jogar Sou tão confiante, é, estou incontrolável hoje Incontrolável hoje, incontrolável hoje Incontrolável hoje, estou incontrolável hoje Derrotada, só choro quando estou sozinha agora Você nunca verá o que estou escondendo Me escondendo lá no fundo, yeah, yeah 

Eu sei, já ouvi essa história que mostrar seus sentimentos É a única maneira de fazer as amizades crescerem Mas eu tenho muito medo agora, yeah, yeah Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto sou forte Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto Sou incontrolável Sou uma Porsche sem freios Sou invencível Yeah, eu ganho todos os jogos 

Sou tão poderosa Não preciso de baterias para jogar Sou tão confiante, é, estou incontrolável hoje Incontrolável hoje, incontrolável hoje Incontrolável hoje, estou incontrolável hoje Incontrolável hoje, incontrolável hoje Incontrolável hoje, estou incontrolável hoje

 Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto sou forte Eu coloco minha armadura, te mostro o quanto Sou incontrolável Sou uma Porsche sem freios Sou invencível Yeah, eu ganho todos os jogos Sou tão poderosa 

Não preciso de baterias para jogar Sou tão confiante, é, estou incontrolável hoje Incontrolável hoje, incontrolável hoje Incontrolável hoje, estou incontrolável hoje Incontrolável hoje, incontrolável hoje Incontrolável hoje, estou incontrolável hoje


Emma Swan


Regina desligou na minha cara ?oi? Como assim?! Emma como você e burra ! E novamente fazendo papel de trouxa! Agora ja chega! Não vou mais correr atrás de ninguém! Que merda estou tão cansada de tudo !


Fui pra casa me xingando e me sentindo uma completa idiota novamente! Coração mais uma vez machucado por ela , agora eu não vou me importar mais , não quero , você devia ter continuado com o seu orgulho Emma ! Nunca mais demonstrar sentimentos! Nunca ! Não quero mais me machucar,  ela nem ligou se eu estava bem! Ela devia estar nos braços de ouro alguém , como você foi tola Emma Swan! O que você achou Emma ?! Que ela ia largar tudo e ir correndo até você?! Ela é má! Agora  sei o porque todos a chamam de Evil Queen . Não percebi o sinal vermelho e quase atropelei uma pessoa , sai do carro correndo e fui ajudar , quando olhei pra moça a minha frente era uma mulher linda.


_ Você está bem?! Me desculpe! - eu ajudei ela a se levantar.


_ Está tudo bem, eu divia prestar mais atenção. - ela riu sem graça percebi que ela estava chorando.


_ Está tudo bem mesmo? Precisa de alguma coisa?.


_ Ja disse que não, está tudo bem obrigada , estou indo pra minha casa.


_ Então deixa eu te dar uma carona.- ela arregalou os olhos.- Eu não vou te sequestra e te esquartejar.


_ Ata , minha mãe sempre diz que é pra eu me manter longe de estranhos, ainda mais as três da manhã. - ela olhou no relógio.


_ Eu insisto ! Por favor me deixa te ajudar.- ela ficou pensando por um tempo e depois confirmou com a cabeça e entramos no carro , ela me disse onde morava e eu dei a partida. - Ariel.


_ O que?


_ Meu  nome é Ariel.- ela sorriu.


_ Meu nome é Emma Swan. - sorri de volta. - Uma pergunta, eu sei que não é da minha conta mais ,o que faz na rua uma hora dessas?- ela repirou fundo.


_ Acabei se ser demitida , eu estou completamente fodida, porque eu tenho que cuidar da minha mãe! Ela ta doente.- seus olhos marejaram. - E você?


_ Acabei de sair da minha empresa, estava....trabalhando. - ela nada disse então em poucos minutos eu ja estava na frente da casa dela.- Aqui está o meu número, qualquer coisa me liga vou me sentir culpada se você tiver machucado.- eu entreguei o meu cartão pra ela ,e ela pegou e sorriu.


_ Obrigada.


_ Por nada ,boa noite.


_ Boa noite.- ela saiu do carro eu dei partida pra minha casa tudo o que preciso e dormir e esquecer o que aconteceu hoje.



Notas Finais


Espero que tenham gostado, cada vez essas duas se ferram mais em !

Sorry pelos erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...