História Dangerous Woman - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Etc
Exibições 8
Palavras 2.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amorees!!
eu vim aqui pra dizer que essa é a minha primeira fic(eu ja tinha tentado fazer uma antes mas eu apahuei pq nao deu certo), eu espero muitoooo que vcs gostem dessa fanfic ela é bem do jeitinho que eu gosto.
* eu aceito qualquer tipo de CRITICA CONSTRUTIVA, pra mim saber se vcs estão gostando ou nao da fanfic
*PLAGIO É CRIME entao se plagiarem eu saberei e se vcs virem alguem plagiando a minha fic me contem, essa fanfic é totalmente e completamente de minha autoria é tudo da minha imaginaçao
eu espero muito que vcs gostem e boa leitura a gente se vê la em baixo!!!!!!!!
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS!!!!!!!!

Capítulo 1 - Pilot


         P.O.V Claire McGreen

 

o despertador toucou e eu não queria ir para a escola mas eu sei que se eu não for o idiota do Rafael vai me encher o saco e a Mary também .

levantei preguiçosamente da cama e fui em direçao ao banheiro fazer minhas higienes, fui para o closet escolher uma roupa e optei por uma calça jeans rasgada nas coxas, um cropped branco escrito ritmo em lantejolas vermelhas na frente, um scarpan nude e umas pulseiras de ouro , depois de colocar a roupa fui para a frente do espelho arrumar o cabelo e fazer a maquiagem, optei por deixar meu cabelo solto liso com cachos nas pontas e passar só base,rimel e batom no rosto, eu não gosto muito de parecer um palhaço de manhã

desci as escadas ja sentindo o cheiro de panquecas, passei pela sala e entrei na cozinha avistei Mary

- eai sua louca o que esta fazendo na casa dos outros essa hora da manha?- eu disse sentando-me na mesa pra tomar o cafe

   - como assim sua vaca, eu vim te buscar e voce estava no banheiro entao eu desci e a Cida me convidou para tomar café, não é Cida?- ela disse olhando a para Cida a cozinheira/governanta/2 mae

    -Sim,sim dona Claire, a Mary eu convidei ela pra comer com a senhora

    -ah,ta bom - continuei comendo minha torrada e tomando café.

Você deve estar se perguntando: ta mas cade a mãe dessa garota, o pai, e quem é esse tal de Rafael?

bom, meus pais morreram quando eu tinha 15 anos num acidente de carro,agora eu tenho 17, é dois anos sem o amor dos pais , depois que eles morreram eu fiquei bem fria mesmo, só queria sair, ir pra baladas me drogar, eu estava até largando a escola quase, mas ai mo testamento do meu pai ele deixou a minha guarda com o Rafael que era um grande amigo dele, e toda a herança pra mim e pra minha mãe mas como ela morreu ficou tudo pra mim mesmo, Rafael me tirou das ruas conversou comigo e cuidou de mim, realmente eu o enchergo como um 2 pai pra mim, eu voltei pra escola e parei de usar drogas quando ele me ajudou, eu tbm troquei de escola e conheci a Mary.

naquela epoca eu namorava um grande babaca o Steve, ele realmente era um grande idiota, quando eu fui contar pra ele que meus pais tinham morrido e pedir apoio, ele estava na cama com a minha Ex melhor amiga, da pra acreditar????

Bem, depois dele eu nao namorei serio novamente, só uns casinhos ali, e outros aqui, mas nada realmente serio.

eu nao sirvo pra essas coisas, depois do que Steve fez eu nao quero mais namorar.

 

olhei para o relogio em meu pulso e vi que ja eram 7:26, quase na hora de entrar tomei o resto de leite que havia em minha xicara e puxei Mary  pelo braço, entramos no carro, ela no volante e eu no carona, e fomos em direçao a escola que não era muito longe dali.

chegamos e ela estacionou o carro numa vaga no estacionamento, descemos e o sinal ja tinha batido para a primeira aula eu dei o beijo na bochecha de Mary e fui pra aula de quimica, a aula dela era de historia no outro corredor, cheguei na porta e olhei pelo vidro e todos ja estavam em seus lugares.

Bati naporta e entrei a professora me olhou com uma cara, lá vem

-atrasada senhorita McGreen?- ela perguntou.

NÃOO, EU CHEGUEI ATRASADA PRA ZOAR COM A SUA CARA, VELHA RIDICULA.

- desculpa professora- eu disse num tom de falsidade

- ta bom, pode sentar..... ah esse é o colega novo Justin Bieber- eu estava tão irritada que nem olhei pra cara do garoto direito fui logo me sentar.

a aula passou numa lerdeza que meu deus do ceu, mas quanto as outras aulas que eram as melhores passou bem rapido.

eu estava no refeitorio esperando a mary  para comermos, mas que garota demorada, eu hein deve ta ficando com algum garoto ai pelos banheiros.

decidi nao esperar mais por ela. meu celular tocou, uma mensagem, peguei do bolso da calça jeans e  era uma mensagem do Steve? Que estranho e a gente nao se fala faz uns meses, depois de nos encontrarmos no mercado por longos 3 minutos.
Abri a mensagem e fui andando ate a tiazinha do lanche atras da bancada

Mensagem on:

- eai, gatinha como vai? eu estou com tantas saudades, faz um bom tempo que nós nao nos falamos mais nao é? eu queria te perguntar se voce nao queria vir aqui no meu AP aí pelas 03:00 da manha, eu estou com saudades de voce, de nos, do seu corpo. vem vai ser legal.

Mensagem off

eu li aquilo com tanto de desgosto e raiva que cheguei a esbarrar em alguem 

-oh, me desculpe moço- juntei a maçã dele do chao e coloquei em sua bandeja, eu estava tao avoada que nem olhei pro rosto dele so me desculpei mais uma vez e fui responder a mensagem la no patio, perdi ate a fome!.

no meio do caminho eu vi a Mary e a chamei

- Hey Mary onde vc estava? eu fiquei te esperando mulher, tenho uma coisa pra te contar!

- ai meu bem, eu estava dando uns pegas no Nicholas do time de futebol...- eu começei a rir, Nicholas sempre gostou dela e ela sempre prometia ficar com ele mas nunca ia, e ele sempre insistia, bom finalmente aconteceu

- e essa não é a melhor parte ainda, eu estava la pegando o Nicholas só que ele começou a  SER UM BABACA e quer aprofundar mais as coisas, só que eu não queria- ela gesticulava- ai ele me agarrou a força, e eu gritei sabe, aí tinha um garoto la na hora passando e ele viu, e deu um baita soco no Nicholas, e o garoto disse assim ''Quando uma dama diz nao, é nao'' - ela fez uma voz mais grossa- ai amiga aquele garoto era um cavalheiro o nome dele era Ryan Butler , e adivinha de quem ele é amigo?

-de quem sua louca? - perguntei divertida

- do Justin Bieber

eu ja ouvi esse nome em algum lugar mas agora eu nao me lembro de onde.

- e quem é esse sua louca hum?- perguntei achando que era mais um peguete dela

- como assim quem é ele amiga??? vc nao olha mais pra quem voce esbarra nao? ele é o gato do aluno novo, meu deus nao sei qual mais gato do grupinho deles

- grupinho?- perguntei meia confusa

- sim tem o Ryan, o Chaz,o Chris e o Justin obvio- ela disse como se fosse obvio

-e pelo visto a senhora esta sabendo muito bem desses caras nao é? voce nao acha que esta com muito fogo no cú nao? 

- que fogo no cú o que sua vaca, é que eu tive duas aulas com eles e  professora os apresentou, e eu nao quero ficar com todos eles nao ta eu só quero ficar com o gostoso do Ryan, mas entao oque voce ia me falar?

- ah, sim tinha esquecido, eu recebi uma mensagem do Steve acredita, e isso não é o pior, o pior é que ela ta achando que eu sou uma prostituta- eu disse

- como assim amiga?- ela perguntou indignada

-olha aqui- mostrei o celular pra ela e ela leu indignada

- mas manda ele ir se fuder, o que isso, ele só pode achar que voce é uma prostituta mesmo só pode, que isso '' 03:00 da manha'' mas nem que fosse uma da tarde, tu nao vai né?

- mas é claro que nao sua louca, eu nao sou prostituta.- eu disse

- me da esse celular aqui que eu respondo esse idiota- entreguei o celular pra ela 

Ela digitou tao rapido que eu nem consegui acompanhar, mas bem na hora que ela foi ler pra mim o sinal bateu.

-que aula voce tem agora?- perguntei pra ela

-espanhol e voce?- me perguntou

- historia- bufei,dei um beijo em bochecha 

-tchau,mona- ela me entregou o celular e foi para a sala

eu fui em direçao  a sala de aula. entrei na sala e lembrei de ler o que ela mandou pro steve, pedi com para entrar, sentei-me na classe e li 

-'' N-Ã-O EU NÃO FICO MAIS COM LIXOS COMO VOCÊ, SEU IDIOTA VAI PEDIR PRA EMMA AQUELA CADELA, VAI EU NÃO SOU SUA PROSTITUTA, VAI SE CATAR, VAI''

Meu deus, só a Mary mesmo.

o resto da aula passou voando e na saida

- Mary voce vai lá pra casa hoje?- perguntei

- Não amiga, eu vou ter que cuidar da minha vózinha- ela disse e eu asenti

-ta bom entao, a gente se fala- nos despedimos e eu fui a pé, é bom caminhar um pouco

tava caminhando escutando musica no fone, quando passei pelo parque perto da minha casa, no banco do parque parecia ter um garoto, mais ou menos da minha idade ele estava sentado, parecia estar chorando, que estranho. bom eu não vou lá, vai saber se nao é um ladrao, sei la fingindo, continuei a caminhar ( mais 2 passos) e parei, fiquei olhando para o garoto.
eu vou lá, mas eu não posso e se ele for um ladrão? ah eu vou lá nunca faço isso mas algo nele me despertou algo, claro né nao é todo dia que se vê um garoto no banco de uma praça chorando.

fui em sua direçao e parei em sua frente.

- Oi, tudo bem com você ?- disse

P.O.V JUSTIN BIEBER

 

-Oi, tudo bem com voce?-  disse uma doce voz, uma garota, ai que vergonha agora se descobrirem vão ficar me chamando de viadinho, que merda

limpei o rosto e olhei pra cima, era ela, a garota que me ignorou o dia inteiro, que esbarrou em mim e nem olhou na minha cara, ela era bonita, linda na verdade, com a pele branquinha, cabelos num castanho escuro, olhos azuis penetrantes, com um olhar sexy... fui interrompido por ela

-hey- ela disse abanando as maos a frente do meu rosto- estou te chamando faz tempo- ela disse com sua voz doce, ah  to quase gozando com essa voz dela, ate me esqueci do porque estava chorando

ah, sim a outra, Giovanna Stonem, aquela mulher foi a unica que eu amei na vida ela era sexy, linda e muito interesseira, a gente ficou junto por maravilhosos 2 anos, maravilhosos pelo menos pra mim, porque parece que ela andava me traindo com outro gangster. ah quendo eu descobri eu nao suportei, matei ele, mas não tive coragem de mata-la entao deixei ela ir, e ainda depois descobri que pelos dois anos a vagabunda ainda tinha me roubado milhoes, eu nem me importei com o dinheiro e sim me perguntando se ela algum dia me amou. Mas entao essa é a minha historia, depois dela eu não namorei mais ninguem, só transava e jogava fora, e ainda faço isso, descobri que mulher nao presta pra nada a nao ser fazer um boquete.

fui interrompido novamente pela garota na minha frente

- Heey, voce fez de novo, sera que voce é surdo ou coisa assim? ah meu deus me desculpa eu não queria ter dito isso, mas voce nao responde- ela falou me olhando, fiquei mais um tempo olhando pra ela 

- ai o que eu to fazendo aqui- ela murmurou baixinho e saiu andando, saí do meu transe e por impulso fui atras dela e segurei seu braço

- Oi, desculpe, não fale pra ninguem que me viu chorando ok?

-  eu vou falar pra quem garoto? nem te conheço, eu hein- ela falou puxando seu braço, ja vi que é marrenta

- como assim nao me conhece- perguntei indignado- a gente se esbarrou  2 vezes hoje e a professora me apresentou pra voce, mas voce nem olhou na minha cara, é claro que não ia reconhecer né- falei indignado me lembrando dos acontecimentos anteriores com ela

-ah, voce é o tal Justin que a Mary falou, olha me desculpa por nao ter nem olhado na sua cara, nao tenha uma primeira impressao ruim de mim ta, é que eu estava com uns problemas, mas entao porque voce estava chorando?

- se não contar pra ninguem eu te digo, e quem é Mary- perguntei achando que era uma menina que eu tinha pegado la no canada, ais saber se essas loucas que eu pego nao me perseguem né

-a Mary é a nova amiga do seu amigo Ryan, ele ajudou ela hoje no intervalo, ta bom eu prometo, conta ai por que o ''garanhao '' estava chorando- fez aspas

- bom o garanhao aqui- apontei pra mim mesmo. contei toda a historia pra ela, eu realmente me senti livre por ter contado isso a alguem, porque faz mais de ano que isso aconteceu, eu só contei o basico para os caras.

 ficamos a tarde inteira conversando e ela me contou o porque dela nao ter olhado pra minha cara, era por causa do ex namorado babaca , que cara faz aquilo? deve ser um mal comido mesmo. quando escureceu ela teve que ir embora e eu pedi o numero dela, ela me passou e foi embora, vou admitir fiquei olhando pra bunda dela quando ela foi embora.

cheguei em casa e os caras estavam me esperando.

-eai cuzao onde voce estava? te ligamos o dia inteiro- disse o chris

-tava conversando com uma mina ai, Claire- falei a ultima parte mais pra mim mas eles escutaram

-CONVERSANDO? - perguntou chaz

-sim - falei

- voce só pode estar doente dude, voce nao conversa voce só transa e joga fora- disse ryan

- mas eu só conversei, e parem de chatice, ah ryan ela era amiga da....- estava tentando lembrar o nome

-Mary? - ele perguntou

-essa mesma, bom eu vou subir e tomar um banho, nao me encomodem vou dormir tambem

- nao vai pra balada?- perguntou chaz

- hoje nao- nao esperei a resposta dele só subi e tomei um banho.

depois do banho deitei na cama e adormeci, pensando,nela, ah aquela boquinha

 

continua????

 


Notas Finais


gente esse foi o primeiro ep, me desculpem se tiver algum erro de ortografia, eu nao revisei.
olha eu nao tenho um dia certo pra escrever entao se eu demorar ( nao se preucupe nao vou demorar muito)
nao deixei de curtir a fic.
espero que tenham gostado beijinhos
Keh XOXO
SE ALGUEM QUISER FAZER A CAPA PRA MIM EU AGRADEÇO
EU QUERO COM A FOTO DO JB E OUTRA DA BARBARA PALVIN NA FRENTE. EU DOU CREDITOS, JUROOO, É QUE EU FAÇO PELO CELULAR E NAO DA PRA FAZER A CAPA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...