História Dangerous Woman - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Etc
Exibições 5
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura!!!! <3

Capítulo 2 - Gay????



''Todo mundo me diz
Eu não sei o que estou fazendo
Esta vida que estou instigando
As vantagens que estaria perdendo
Todo mundo me diz
Que é uma em um milhão
Como uma em um bilhão uma em um zilhão''

- Tell me something i don't know (Selena Gomez)

P.O.V Claire McGreen


Dias Depois....

 

Hoje é sabado e eu vou sair, ai graças a deus nao aguentava mais ficar em casa mofando.
Liguei para Mary, que ja tinha voltado do hospital onde ela estava cuidando da vó dela, e a vadia não me atendeu, bom ainda são 13:00 da tarde e eu não tenho nada pra fazer, vou mandar uma mensagem para o Justin pedir o que o que ele esta fazendo,sim a gente se falou a semana inteira ele é super legal, e os garotos são super legais, o Chris é o mais engraçado,ele me joga umas cantadas no intervalo que meu deus, são super ruins.
 o chris tbm me disse uma coisa meia estranha, ele disse que o Justin é gay. Na hora eu começei a rir muito mas ele ficou super sério e eu parei, aí eu perguntei pra ele se era verdade por que o Justin tinha me dito que gostava de uma garota lá que deu um pé na bunda dele, e o chris me disse que foi exatamente por causa disso que o justin virou gay.

Sinceramente, um disperdicio por que ele é bem bonitinho.

bom eu nem perguntei nada para o  justin, se ele nao me contou não deve gostar de ficar espalhando isso por ai. e eu não vou constrange-lo.

Peguei meu celular em cima da mesinha e mandei uma mensagem pra ele.

mensagem on:

- Oie, o que esta fazendo?

poucos minutos depois ele respondeu

-nada e você?

respondi.

-estou entediada :(

respondeu de volta.

-ah, então vamos sair tomar sorvete?

respondi.

- voce é o meu anjo salvador, estou pronta em 30 minutos

respondeu.

-hahaha, ta bom, vou te buscar daqui 30 minutos então.

- ok.

mensagem off

graças a deus, eu vou ter algo pra fazer, vou me arrumar se nao o justin vai me deixar e nao vai me levar mais, ele me disse que odeia atrasos.

subi correndo as escadas da minha casa e fui reto para o meu quarto, quando abri a porta o meu celular tocou,Mary

ligaçao on:

- oi sua vaca me ligou?- perguntou

-sim né, oque voce esta fazendo que não me atende?nao tenho nada pra fazer-respondi

- aii, me desculpa é que eu estava ocupada falando com a minha mãe, mas então o que quer fazer?falou

- nada, não quero mais, vou sair com o justin.- disse

- hummmm,com o justin, usem camisinha ta?- falou maliciosa

- eu ja disse 400 vezes que ele é gay, e a gente é só amigo, okay?

- amiga, eu acho que o chris estava zoando quando falou aquilo- falou

- eu acho que nao, porque eu nunca vi ele com nenhuma menina, só comigo mesmo

-nada vê, ele pode ser daqueles que come quieto.

- acho que não em, bom eu preciso me arrumar, por que se eu me atrasar o justin me enforca- falei

-mas e eu vou fazer  o que???- perguntou manhosa

-aah vai sair com o Ryan, voces nao quase transaram aquele dia no colegio??

-ah, como ele e gostoso, entao ta tchauzinho vaca-falou

-tchauu- falei e desliguei

ligaçao off

fui para o closet correndo me arrumar.

 

P.O.V Justin Bieber

- cara onde voce vai todo arrumado e perfumado assim?- perguntou chaz

-que, que tu quer chaz? nao te devo satisfaçoes, mas para a sua informaçao eu vou sair com a Claire ok- falei indignado parando no meio do caminho.

- cara, você  não contou pra ela que voce é um gangster, não é?- perguntou

-CLARO, que NAO né, primeiro: se eu contar ela pode nao querer mais falar comigo...-eles me olharam estranho-... e pode falar pra alguem, pra policia sei  la, só não quero ter que trocar de cidade de novo, entao nao eu não contei, satisfeitos?- perguntei 

-nao, cara é só que é estranho, faz tipo uma semana que voce nao vai para as baladas com a gente com a desculpa de  estar cansado,mas o chris voltou aquele dia pra buscar a chave e ouviu você falando com ela, só estamos pedindo pra voce nao contar nada, ainda não sabemos quem ela é e se é de confiança-ryan se explicou

- vai comer o cú da Mary vai, ryan. eu vou indo que ja estou atrasado- falei e sai porta a fora.

sai de casa indignado. quem eles pensam que eu sou? um bobo apaixonado? me poupe.eu acho a claire uma garota super legal, e eu ainda vou ouvir ela gemendo o meu nome, mas é só isso e nada mais. peguei a chave da minha ferrari veneno e sai em alta velocidade até a casa dela.
quem eles tem que cuidar é o ryan que esta apaixonadinho pela Mary, ele nao diz mas eu sei.
                           ***
Cheguei na frente da sua casa e buzinei, esperando ela sair.poucos minutos depois ela saiu.

 Nossa,como ela esta gostosa.é hoje que eu tasco um beijo dela.

ela estava com uma saia rosa ate metade das coxas, uma blusa branca aberta dos lados, um salto cor nude e aqueles olhos penetrantes.

ela fechou a porta de sua casa, e veio até o carro sorrindo, sorri instantaneamente ao ver seu sorriso.

-oi, eu demorei muito?- perguntou com aquela voz que deixaria qualquer um duro.

-nao nao,vamos?- perguntei

- claro- ela respondeu

depois de alguns minutos dirigindo cheguei a sorveteria que nao era muito longe da casa dela. ela desceu do carro e eu pude ver sua bunda, por que a saia levantou, ah meu deus, nao sei se vou me segurar por muito tempo, ate levar ela pra cama.

 

P.O.V Claire

entramos na sorveteria e eu escolhi sorvete de chocolate, humm, o justin escolheu de baunilha. 

nós nos sentamos e começamos a conversar até vir o sorvete.

-e os seus pais, Claire? voce nunca me falou deles.- ele perguntou, ja engoli em seco me lembrando da minha ''historia''

-eles morreram- falei seca

-oh, me desculpe eu não sabia, mas se permite perguntar, como eles morreram?

- foi num acidente de carro, eu fiquei sozinha, mas depois veio o Rafael pra cuidar de mim, eu passei tempos nas ruas me drogando, mas ainda bem que ele me achou.- falei sorrindo a utima parte

-quem é Rafael? seu namorado?-perguntou com um tom de...raiva?

-ele era amigo do meu pai, ele  e a esposa ficaram com a minha por que eu ainda era menor, e nao queria ir para o orfanato, tambem com todo o dinheiro que eu tenho.- expliquei

-humm...- fomos interrompidos pela garçonete que trouxe, nossos sorvetes

-me desculpe perguntar mas vocês sao namorados?- ela perguntou

-NAO , somos só amigos- falei instantaneamente

-ah, entao posso te dar o meu numero?- ela perguntou olhando para justin

-claro- ele falou sorrindo malicioso, olhando para o corpo dela, Eca!

ela tinha cara de ter uns 48 anos, que mulher sem vergonha. mas nao entendi, justin nao é gay? por que ele aceitou?

ja sei. depois que ela se retirou eu falei

-justin voce não precisa fazer isso.

- isso o que?- pergun tou confuso

- fingir.... sabe, eu sei.... o que voce é- falei meia enrrolada

- e o que eu sou?- perguntou com o cenho franzido

- sabe... o chris me disse, que voce é....-fiquei com vergonha e nao falei o resto 

- o que aquele viado te disse?- perguntou irritado

- ISSO!- falei meio alto - ele disse que voce é gay

- ah, eu nao acredito que aquele viado te disse isso, olha isso é mentira ta? nao acredita mais nele ele estava so brincando- falou olhando fundo nos meus olhos

- ta bom, ai justin me desculpe ta? é que ele me falou e eu acreditei por que eu nunca te vi com nenhuma menina tambem- falei culpada

- voce nunca ouviu a expressao come quieto? - perguntou de cenho franzido

- sim, foi oque a Mary me disse, me desculpe mais uma vez.- falei olhando pra baixo

- só te desculpo se voce me der uma coisa- falou e eu o olhei

-um beijo.

continua!!!

 

 


Notas Finais


espero que tenham gostado, esse capitulo ta menor mas eu gostei.
e ai sera que ela ai aceitar esse beijo????????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...