História Dangerus games - Capítulo 28


Escrita por: ~

Visualizações 256
Palavras 1.692
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Esporte, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Confronto!


Eve

Estou na casa de Liam descansando da nossa maratona​ sexual intensa ele me deixa acabada, extasiada e eu amo isso.

Espero ansiosamente o resultado das classificações do campeonato nacional de cheerleaders, olho para o site contando os segundos e estou me controlando muito para não roer todas as minhas unhas. E quando o resultado finalmente sai dou um grito

-O que foi Eve está tudo bem, se machucou?- Liam sai do banheiro branco como papel

-Recebi a melhor notícia de todas- levanto pulando- os Panthers foram classificados para a final do campeonato

-Nossa pequena, isso é incrível- ele me ergue no ar

-Vai ser a primeira vez que chegamos a final e eu estou nervosa

-Hey, calma você conseguiu fazer a equipe chegar até a final sei que pode vencer

Ele me beija com carinho e eu o abraço forte

É tão bom estar nos braços dele, ele nem parece o Liam babaca de antes mas de vez em quando esse lado dele dá as caras.


Leio o edital do concurso e vejo algo que não vai ser nada legal

(Merda! Isso realmente não vai ser legal)

Os the troubles vão tocar no campeonato. Merda! O Vicente estará lá e provavelmente vai assistir tudo

Liam me olha confuso e é como se ele estivesse tentando entrar na minha mente

-Tem algo de errado não tem?- ele segura meu queixo e não tem como fugir do seu olhar

-O Vicente vai tocar no campeonato

Ele fica calado e fico nervosa com isso…


Liam

Eu não acredito. O mundo deve estar conspirando contra mim só pode. Minha ex melhor amiga louca volta e agora o ex namorado superstar dela vai tocar onde ela vai se apresentar. Droga!

Respiro fundo para não xingar e parecer que sou algum tipo de psicopata ciumento

-Ele é ameaça para nós?

-Claro que não amor- ela pula no meu colo- ele não significa mais nada para mim eu a…

Amor? Ela nunca me chamou assim. Mas eu gostei

-Você o que? Diz Eve

Ela baixa a cabeça e eu odeio quando ela faz isso

-Você pode ficar bravo- ela diz com uma voz baixa.

Minha cabeça começa a imaginar milhões de coisas mas eu preciso saber o que é, preciso que ela diga antes que eu faça besteira

-Prometo não ficar com raiva- olho para ela procurando algum indício

-Liam eu…- sua voz falha

-Fala Evelin- fico ansioso com essa demora dela

-Eu amo você.

Me ama? Uau!  Eu nunca pensei que ela fosse me dizer isso algum dia e isso é… incrível

-Eu sei que você não acredita nessas coisas mas é que o que eu sinto por você é algo que não sei explicar me desculpa

-Está me pedindo​ desculpas por me fazer o cara mais feliz do estado da Flórida? Porque se for por isso eu não desculpo

Ela sorri e me beija.


Eve

Ele não disse que me ama também mas já foi uma vitória ver essa reação dele. Ele não surtou ou fugiu de mim.  Ele apenas está feliz assim como eu

-Você nunca me chamou de amor antes- ele fala com um sorriso bobo

-Foi involuntário mas se você gostar…

-Eve, você pode me chamar do que quiser eu sempre vou gostar

-Gosta até quando eu te xingo?- pergunto dando risada

-Na verdade sim, isso me deixa excitado me dá vontade de te foder duro

-Você não tem jeito né babaca?

-Infelizmente não consigo resistir a essa sua carinha de anjinho travesso

Esse sorriso malicioso acaba comigo…

                 ***

Chego em casa e encontro meu pai conversando com alguém, logo de início não me importo até que chego mais perto.

Ah não, droga você não…

-Filha, lembra do Vicente Miller? O tecladista dos the troubles, ele costumava a vir muito aqui

Meu coração está gelado. Depois de dois anos eu reencontro ele assim do nada, na minha sala e no maior papo com meu pai

-O...oi Vicente- minha voz falha e eu tenho quase certeza que estou pálida- Quanto tempo

-Oi Eve- ele me cumprimenta com um abraço- senti sua falta- ele sussurrou no meu ouvido

(Ah não, ah não isso é problema)

-Então filha, a banda dele vai tocar no campeonato. Já viu se o seu time foi classificado?- papai fala naturalmente sem imaginar o que já aconteceu anos atrás

-Sim, estamos na final

-Que bom filha parabéns-papai abre um sorriso enorme

-Parabéns Eve- Vicente abre aquele sorriso lindo que me fazia estremecer. Desgraçado!

Papai nos deixa a sós e eu me vejo perdida do nada a nossa sala que sempre pareceu enorme ficou minúscula

-Senti sua fala- seu tom é doce

Ele se senta mais perto e eu perco o ar

-Humrum

-É sério Eve eu sei que fui idiota mas eu amadureci e estou aqui para me desculpar e quem sabe…

Papai volta e eu consigo voltar a respirar.

Deus, porque tudo pra mim tem que desandar?


Liam

Ligo para Evelin para avisar que estou indo levar os livros que ela esqueceu na minha casa mas ela não atende, e como sou cara de pau vou chegar sem avisar. Tirando a cara amarrada de Clark sei que vou ser bem recebido.

Toco a campainha e ela atende mais branca que uma nuvem

-Pequena o que houve?

Ela me abraça forte como se fosse um pedido de socorro

-Liam por favor não surtar, mas o Vicente está aqui- ela diz baixo

-Ele o que?- levanto a voz

-Amor ele é um conhecido da minha família e o papai não sabe de nada que aconteceu- ela me olha desesperada

Eu não acredito que esse bastardo teve a audácia de vir até a casa dela. Mas eu vou mostrar para esse babaca que ela já tem dono, ele teve a chance e não aproveitou. E essa delícia de pele dourada agora é inteiramente minha

-Então vamos entrar e você me apresenta a ele

-Sério que você quer isso Amor?- ela fala e um sorriso grande surge

-É claro, ele precisa ver que você tem dono.

O sorriso dela some e ela me encara com raiva

-Opa! Vamos deixar uma coisa bem clara aqui: eu não sou sua propriedade e nem de ninguém. Estamos juntos porque a gente se gosta então se você quer entrar lá para querer se exibir em algum tipo de joguinho entre machos pode esquecer- ela fala muito séria

Ela pode estar certa mas nada me tira da mente que eu preciso mostrar a esse cara que ela é minha


Eve

-Tudo bem- ele diz com uma voz mais calma

Entramos e Liam faz questão de segurar a minha mão. Tenho quase certeza que ele ignorou tudo o que eu falei mas espero que eles sejam civilizados e não comecem a latir um para o outro

-Vicente esse é meu namorado Liam Hall

Vicente nos olhou atentamente e eu vi algo de errado em seus olhos. Ciúmes?

Não vou mentir que ver ele se incomodar em me ver com alguém me deixou parcialmente vingada, mas isso não é uma competição ou algum tipo de vingança. Eu amo o Liam e não importa se meu ex amor está mais lindo e gostoso do que nunca. É com o meu babaca incrivelmente sexy que eu quero ficar

-Já nos conhecemos- Vicente diz com uma voz fria

Eles apertam as mãos e ficam se encarando

A conversa é bem civilizada até meu pai sair da sala…

-Então Vicente, o que te trouxe a casa dos Clark?- Liam pergunta

-Estou visitando velhos amigos e resolvi passar por aqui

-Corte a merda Miller, eu sei bem o motivo dessa sua visita repentina. O que foi? Achou que a Eve iria continuar te esperando de braços abertos para você brincar mais um pouco com ela?

-Liam não precisa disso- eu o repreendo

-Vi que você contou sobre nós a ele- Vicente fala calmamente olhando para mim- não vou mentir, vim aqui pela Eve sim

-É mas já viu que ela está muito bem acompanhada- Liam fala e pelo tom sei que ele está começando a se exaltar

-Não tenho tanta certeza disso- Vicente diz me encarando

Merda, merda fodeu geral


Liam

Me seguro para não ir em cima desse babaca. A cara de pau dele está me deixando louco

-Você pode não ter certeza mas ela tem. Não é mesmo Eve?- eu a encaro e vejo ela trêmula

-Tem mesmo baby?- Vicente também a encara

Eu não aguento e me levanto, ele faz o mesmo e ficamos cara a cara. Ele é quase da minha altura mas ainda sou um pouco mais alto.

-Parem agora!- ela entra no meio de nós dois

-Mas ele…- ela me interrompeu

-Chega Liam! agora vocês vão me ouvir.

Nos sentamos e ela fica em pé

- Vicente você chegou aqui do nada depois de dois anos esperando que eu fosse me jogar em seus braços? Por favor não subestime minha inteligência

Eu solto um sorriso e ela me olha brava

-Evelin você precisa me ouvir- ele ameaça levantar mas desiste

-Eu não quero ouvir mais nada. Você teve dois anos para isso

Ele baixa a cabeça visivelmente irritado

-E você Liam, nós estamos juntos mas você não precisa me tratar como se eu fosse um território ou uma posse sua

Meu sorriso morre e o dele surge

-Eu não quero mais nada com o Vicente porque eu amo você Liam Hall- ela me encara e seus olhos são puro fogo

Ficamos os três em silêncio e eu não consigo tirar meus olhos dela, nesse momento é como se nosso olhar fosse o único meio de comunicação

-Ok, já vi que estou sobrando aqui- diz o idiota- Diga adeus a seu pai por mim Eve, foi bom te ver

Ele tenta dar um abraço nela mas eu a puxo para mim

-volte sempre- digo ironicamente

Ele se vai sem olhar para trás

Ela fecha a porta e quando ela volta eu a encosto na primeira parede que vejo e tento juntar ao máximo nossos corpos

-Eu não quero saber se você vai dizer que é machista ou não. Mas você é minha Evelin Clark

Eu a beijo forte e ela corresponde com a mesma intensidade

-Sim, eu sou sua meu babaca- diz ela ofegante

Volto a beijá-la quando Clark entra e atrapalha tudo

-Evelin, eu posso até aceitar esse cara aqui mas não sou obrigado a ver vocês se agarrando assim

Eu diria para ele fechar os olhos mas é melhor não provocar o velho.

-Desculpa papai isso não vai se repetir- ela aperta minha mão- não é mesmo Liam?

-É sim, desculpe-me Stive

Ele se vai e começamos a rir.

Ainda não estou totalmente seguro com essa volta repentina do Vicente. Mas ouvir ela dizer que me ama na frente daquele cara me fez ficar convencido que é a mim que ela quer...


Notas Finais


Obrigada pela paciência amores! Voltei com tudo
Espero que tenham gostado 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...