História Dark Paradise - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon, Sam "Wilk" Wilkinson
Personagens Cameron Dallas, Hailee Steinfeld, Jacob Whitesides, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes
Tags Drama, Hailee Steinfeld, Magcon, Sammy Wilk, Trafico
Exibições 27
Palavras 2.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Policial, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - I Have a Boyfrind (?)


— Entregue sã e salva. — Shawn sorriu, estacionando em frente à casa de Blake.

A manhã de quarta estava apenas iniciando. O sol ainda fraco atravessava o para-brisa do carro de Shawn, que estava tão encantado com a garota a sua frente, que não se incomodou muito com a luz em seus olhos castanhos.

— Obrigada! — Ela segurou a mão de Shawn que estava repousada em sua perna. — Essa noite foi insana...

— Realmente. Estou quase sóbrio e agora posso dizer sem que você ache que foi o álcool ou a maconha. Eu realmente falei sério na festa, quero cometer essa loucura contigo, Blake. — Ele dizia seriamente, mantendo seus olhos fixados nos dela. Um leve riso escapou dos lábios dele. — Seus olhos ficam ainda mais bonitos na luz do sol. Agora a duvida me bate, é natural ou lente? É um dourado tão lindo que parece ser de mentira.

— São naturais. — Blake riu. — Diria como eu tirei essa cor, mas eu não lembro de certos detalhes dos meus pais biológicos. Sei dizer que ele intercala entre o castanho e o dourado diariamente, às vezes muda com o meu humor. — Ambos riram. — Estou falando sério! Dizem que quando eu estou com raiva ou querendo provocar, eles ficam bem dourados.

— Você está com raiva ou querendo me provocar? — Ele segurou no rosto dela.

— Não e não...

— Eu acho que tem duas coisas que podem mudar supostamente a cor deles, o clima e a luxuria. Um eu estou muito ansioso para descobrir se é verdade. — Ele a beijou lentamente — Acho melhor ir e descansar. Mande-me uma mensagem assim que acordar, ok?

— Ok... Eu não sou acostumada com essas coisas! — Ela cobriu o rosto rindo de vergonha.

— Se cuide, Bad girl. — Ele piscou.

— Até mais, Badboy. — Dallas desceu do carro com um sorriso brincando em seus lábios.

Aquela sensação era nova para a garota.

Ao tocar a maçaneta para adentrar sua casa, a porta foi aberta e Nate esbarrou seu corpo com o dela.

— Olha só quem decidiu aparecer! — O mais velho brincou. — Estou saindo para encontrar nossa mãe em Vegas. Devo voltar ao anoitecer. Falo a ela que você adoeceu e ficou com a Tris. — Um beijo foi depositado na testa de Blake. — Por favor, não saia de casa enquanto não voltar.

— Nate, eu tenho dezenove e não nove. Relaxa e se cuide. Avise-me assim que chegar, se não avisar já começo a montar um closet no seu quarto e a pegar sua maconha. — Ela o abraçou.

— Mais uma vez? — ele riu. — Você acha que eu não senti falta do que você pegou para sair com a Alexia?

— Não faço ideia do que esteja falando. — Em sorriso angelical estava estampado no rosto da morena.

— Ah, claro que não sabe. Meu pacote some do nada por magica. — Nate revirou os olhos. — Vem cá, quem era aquele cara que você ficou de papo no carro? Você não é dessas.

— Pensei que estivesse atrasado! Beijinhos! — A mais nova empurrou o irmão para fora e fechou a porta, trancando-a e encostando-se à mesma.

Nate riu do outro lado e seguiu para o seu carro que já estava pronto na entrada na casa. Ele precisava saber como se encontrava Jessica e quem sabe traze-la de volta para casa. Por mais que ela tenha o abandonado por toda sua infância e adolescência, era sua mãe e ele a amava.

Blake, por sua vez, sentia no máximo empatia por sua mãe adotiva que nunca fez questão de cuidar dela, de dar-te atenção ou concelhos. Nate e Tris — que já não morava com os irmãos — era tudo o que ela teve por muito e muito tempo.

Agora, a mente da garota estava aérea pela noite que teve. Uma simples partyhouse na casa de um velho conhecido pode mudar por tempo indeterminado a vida de Blake. Ela ainda não teve tempo de analisar o que estava perdendo ou ganhando, mas o primeiro namorado de uma garota sempre faz com que a mesma se perca em vários pensamentos.

Essa era uma das ultimas coisas que Dallas imaginaria acontecer e logo no auge dos seus playtimes. Isso era muita loucura. Loucura Blake Dallas está namorando e mais loucura ainda está namorando um cara que ela conheceu há três dias.

Ela sorria boba se lembrando da noite maravilhosa que passou junto a Shawn Mendes.

— Puta merda! Eu estou namorando. — Ela colou a mão na cabeça e riu em seguida.

Subindo para o seu quarto com seus saltos em mãos e danças aleatórias, a morena seguiu para o banheiro para tomar um longo banho.

Já deitada em sua cama, Blake colocou seu celular para carregar e foi checar suas redes sociais. Em seu Facebook, Jessica deixava uma mensagem avisando que o dinheiro já tinha sido depositado na conta de cada um e que ela estava em Las Vegas por um curto período de tempo. Mais uma mensagem ignorada para a coleção. No Instagram, Dallas postou uma das fotos que havia tirado com Shawn durante a festa; os dois segurando a mesma garrafa de vodca enquanto se beijavam. Na legenda ela colocou "love", acompanhado de um coração. Não demorou muito para os comentários de pessoas perdidas no assunto começarem a surgir. A garota ria com aquilo tudo. Dando uma rápida passada no Twitter, ela tuítou para Jack, falando sobre a festa e que queria outra o mais breve. Por último, seu iMessage. Alguns grupos ignorados; dois respondidos; Alexia e Charlotte perguntando de modo exacerbado que foto era a que Dallas acabara de postar; um desejo de bons sonhos do Shawn que acabara de chegar e logo em seguida uma mensagem do Sam.

 

SerialKiller: Quer dizer que você e o recruta da CICADA estão de rolo?

Que recruta??

SerialKiller: Shawn Mendes, é claro.

Oh... Estamos namorando, eu acho.

SerialKiller: Como assim "acha"? haha

Tudo muito confusão nessa madrugada. Preciso saber como as coisas ficarão amanhã, no mínimo.

SerialKiller: Muito álcool? Mas espera! Vocês não se conheceram no domingo?

Sim...

SerialKiller: Uau. Muito confusão mesmo. Mas mesmo assim quero levar créditos nesse casal! Vocês mal estavam se falando até eu começar a falar da CICADA, então, de nada!

O que? Hahaha
Larga disso, serialkiller!

SerialKiller: Vai ficar me chamando assim até quando?

Até eu parar de te ver como um serialkiller.

SerialKiller: Espero que nunca. Gosto de causar medo nas pessoas.

Seria uma pena se você não me assustasse, Wilk.

 

SerialKiller: Será mesmo?

Com toda a certeza.

SerialKiller: Veremos isso na semana que vem.

O que tem semana que vem?

 

SerialKiller: Estou voltando para LA, definitivamente dessa vez.

Sua noiva não parece gostar muito de climas tropicais.

 

SerialKiller: Como sabe dela?

Um passarinho azul chamado seu Facebook me contou.

SerialKiller: Me stalkeou? Haha

Não, mas dei uma leve olhada antes de te aceitar. É perigoso ter assassinos em conta pessoal, vai que eu viro sua próxima vitima.

SerialKiller: AAAAAAA
Se continuar assim, será mesmo.

Pode vir!

SerialKiller: Ah, eu não ligo sobre ela gostar ou não do clima californiano. Não estou mais noivo, vou morar com o Ashton.

Uau... Acho melhor não perguntar sobre.

SerialKiller: Obrigado.

Cheguei em casa não faz muito tempo, então vou dormir. Beijinhos!

SerialKiller: Durma bem, senhorita Dallas.

 

 

Seattle – Washington
11:00 AM

— Todas as armas estão encaixotadas, senhor Wilk. — Joseph disse ao adentrar escritório de Sam.

— Pode envia-las para Los Angeles o mais breve possível. Os seguranças do Ashton vão estar à espera. — Ele disse sem tirar seus olhos da janela a sua frente.

Estranhamente Sam estava sentindo a falta de Juliet. Ela já fazia parte dos seus dias monótonos a tanto tempo que não escutar sua voz pela manhã fazia-o sentir como se estivesse faltando algo. O rapaz estava lutando contra seus pensamentos e deixando com que a frieza e o orgulho tomassem seu devido lugar de comando.

 

Seus pensamentos pararam na foto que ele vira mais cedo. Desde o dia em que Sam colocou seus olhos em Blake, algo entranho aconteceu, a garota rondava sua mente de uma maneira sorrateira. Ela não era presença assídua em seus pensamentos, mas uma hora ou outra, ela sempre aparecia. Aqueles olhos e aquele sorriso faziam o rapaz se sentir instigado e alucinado. Mas agora não faria muita diferença, ela namora um de seus amigos de anos e a garota o tratava como um ótimo amigo, nada além.

— Que merda, Samuel! — Ele disse para si mesmo, colocando seu copo na mesa.

Analisando seu escritório vazio, uma nostalgia o atingiu. Tantos momentos e tantas fodas naquele lugar. É de fato uma pena o ser humano ser tão desprezível assim e é claro que ele não se elimina dessa lista. Wilk reconhecia seus erros, mas guardava isso apenas para si. O defeito do rapaz era errar e não gostar que as pessoas façam o mesmo, isso sempre foi o um problema.

É claro que se ele quisesse permanecer com o Juliet os erros seriam ignorados, mas tudo o que ele podia dar naquele relacionamento, foi dado ao longo desses dois anos. Sam queria e precisava de mais.

Los Angeles
5:00 PM

 

Blake acordara mais cedo do que o desejado. Sua cabeça doía pela falta de sono, mas ela se encontrava alegre demais para se importar. Pegando seu celular, o horário a desanimou um pouco.

"Parece que vou dormir à noite toda. Isso é novidade."

Ela pensou, suspirando longamente e destravando o aparelho. Indo para suas mensagens, a primeira que aparecia era de Nate, enviada à quase duas horas atrás.

 

Bigbrother: Cheguei em Vegas. Você deve estar dormindo essa hora, então não vou ligar. Nossa mãe está no Cassino Lotus e eu devo encontrá-la daqui a pouco.

Já acordei.
Para de chamar ela de nossa mãe. Ela não tem o meu sangue e não me criou.

 

Bigbrother: Já acordou com esse humor arisco?

Não, mas acho um saco você ficar forçando algo entre eu e a Jessica. A única coisa que vem dela e que me interessa é o dinheiro que acabou de chegar na minha conta.

Bigbrother: Eu sei e você sabe que as coisas não são bem assim.

São assim sim.

Bigbrother: Ok, Blake, ok. Vá jantar, devo voltar de madrugada.

 

Tchau.

 

A ausência proposital de Jessica era algo que Blake achava incapaz de perdoar. Desde quando ela veio morar aqui, o sentimento de abandono materno a consumida. A garota era deixada juntamente a Nate aos cuidados de babás e isso é uma das piores coisas a ser feito à uma criança, ainda mais uma que perdeu os pais.

Dallas não era de guardar mágoas, mas quando algo a machucava, para ela deixar de lado custava muito.

Ignorando os pensamentos que estavam tirando sua alegria, ela tornou a pensar na noite que teve. Blake ainda se perguntava se aquilo era verdade e já tinha digitado dezenas de mensagens diferentes. Outra novidade estava acontecendo: ela ficara nervosa para enviar uma simples mensagem à um cara.

Mais uma tentativa e sem pensar muito, a mensagem foi enviada. Não demorou para que a mesma fosse respondia.

 

Bom dia, badboy!

Shawn Mendes: Boa noite, bad girl!

Te acordei?

Shawn Mendes: De maneira alguma. Estava esperando sua mensagem, mas não tão cedo. Caiu da cama? Haha

Não haha
Acho que estou meio agitada para dormir muito.

Shawn Mendes: Posso saber o motivo dessa agitação?

Como se você não soubesse, Mendes!

Shawn Mendes: Vou piorar sua situação então. Olhe seu Facebook. ;)

Devo me preocupar?

Shawn Mendes: Diga-me você.

 

 

 

A morena riu nervosa e foi para o seu Facebook. A última notificação que havia chegado era sobre uma solicitação de relacionamento vinda de Shawn.

— Isso está cada vez mais insano! — Ela disse para si mesma.

Sem hesitar, a solicitação foi aceita. No acontecimento postado na linha do tempo de ambos estava anunciando o novo casal com a foto que ela havia postado mais cedo. Em minutos outra loucura foi feita nos comentários. Muitos achavam que aquilo era uma brincadeira, inclusive Dallas.

 

Shawn Mendes: Se você aceitou quer dizer que não vai matar, certo?

Não, ainda não! Hahaha
Eu pensei que você estava de brincadeira, muito chapado ou muito bêbado. Isso é muita loucura!

Shawn Mendes: Se arrepende de ter aceitado?

Não mesmo, só não estou acostumada com a ideia de ter um namorado.

Shawn Mendes: Pense em mim como seu parceiro de crime.

Bem melhor!

Shawn Mendes: Ótimo!
Quero te levar para um lugar amanhã no fim da tarde, topa?

Você não trabalha, estuda ou algo do tipo?

Shawn Mendes: Trabalho, mas não é algo fixo. Tenho 19 anos, vim de uma família consideravelmente rica de Toronto, não tenho muito o que fazer.

Canadense?? Isso você não havia me contado...

Shawn Mendes: Vai terminar por isso?

Talvez...

Shawn Mendes: Faça isso depois de nos vermos amanhã, preciso matar a saudade que estou dessa sua boca.

Até amanhã então, Mendes!

Shawn Mendes: Até amanhã, Bad girl.

 

 

 

Celular bloqueado e finalmente a coragem para levantar apareceu. Enrolada em seu lençol, Blake seguiu para o andar inferior, preparou um cappuccino e pegou alguns cookies. Indo para a sala de televisão, ela se sentou para ver algum filme no Netflix.

— O que eu estou fazendo da minha vida? — Ela dizia para si mesma em um tom de diversão.

Algo dentro da garota a dizia que essa história daria uma grande confusão, mas arriscar fazia parte dela e sua vida estava precisando de algo diferente. Sempre as mesas cosias; festas, álcool, sexo, ressaca, noites mal dormidas e o ciclo se repete. Shawn poderia ser a sua válvula de escape de seus dias comuns, ele poderia trazer coisas novas a vida de Dallas; só aquilo já iria valer muito a pena. 


Notas Finais


Desculpaaaaaaaaaaaaaaaaa]

Eu estou com o tempo mais viável para atualizar no wtt, aqui eu tenho que mudar nomes, entra no pc e tudo mais..Vou fazer de tudo para voltar ao normal aqui e acho que essa semana atualizo de novo.

Comentem!!!!

Kisses <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...