História Dark Paradise (Imagine EXO) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Imagineexo
Exibições 161
Palavras 1.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hi.

Capítulo 11 - Noite de sono


Fanfic / Fanfiction Dark Paradise (Imagine EXO) - Capítulo 11 - Noite de sono

 

Quem diria, depois da pior coisa que poderia acontecer comigo, o meu agressor vira meu amigo.

Eu não tenho confiança nele, mas talvez aquilo tenha sido apenas um grande mal entendido.

Essa confiança pode vir com o tempo, quem sabe!

(...........)

 

Acabei de chegar da faculdade, como sempre cansada.

Sobre minha briga com as meninas, eu deixei para lá e não toquei mais no assunto.

Eu queria muito saber quem era aquele garoto, mas elas se recusavam a me dizer quem era.

 

Deixei minha mochila em cima da cama, e fui tomar uma banho.

Assim que terminei fui para a cozinha preparar algo para comermos.

Eu ainda não tinha contado do ChanYeol para as meninas, estava esperando o momento certo pois tinha certeza que elas não gostariam de saber.

Preparei algo muito rápido, já estava azul de fome. Assim que terminei fui para o meu quarto tentar dormir um pouco, tinha uma longa noite pela frente!

Peguei meu celular e vi algumas mensagens.

          (Mensagem on)

 

ChanYeol: Onde você esta? (09:32)

ChanYeol: Aparece! (09:37)

ChanYeol: Você deveria acordar. (09:43)       

Eu: Estava na faculdade. (12:56)

ChanYeol: Desde quanto você frequenta faculdade? (12:59)

Eu: Desde que cheguei aqui! (13:00)   

ChanYeol: O.K. Eu estava pensando em ir ao cinema. Quer vir junto? (13:02)

Eu: Vou trabalhar a noite inteira, quem sabe num feriado eu possa. :) (13:03)

ChanYeol: Não tem problema. Nos falamos depois então! (13:04)

Eu: O.K. (13:04)

(Mensagem of)

Joguei meu celular num canto e fui dormir.

 

 

                                                    (..........)

 

Mais uma longa noite de trabalho. Só para lembrar eu não pude dormir o quanto eu queria pois tinha uma pilha de trabalhos da faculdade para fazer.

 

Tinha tanta gente bêbada na boate que me dava vontade de vomitar, estava rezando para que aquela noite acabasse logo.

Chega um tempo em que a vida noturna deixa de ser divertida e agradável.

 

-Que tal um Wisky gatinha? -falou sussurrando e meu ouvido. Eu arregalei meus olhos assim que reconheci a voz, me virei para confirmar se era realmente ele.

 

Me deparei com um ser de camisa social azul, calça jeans, tênis e uma máscara respiratória em seu rosto, seus cabelos estavam totalmente pretos.

-Shh! -ele fez sinal para que eu ficasse calada assim que tentei dizer algo. -Vamos sair daqui!

-Ficou maluco? -falei baixo para que apenas ele escutasse. -Estou trabalhando!

-E eu sei! -fez cara de idiota. -Você parece um zumbi. -disse rindo.

-Estou caindo de sono. -fiz cara de choro.

-Você precisa dormir! -falou autoritário.

-Só depois que eu chegar da faculdade. -suspirei.

-Vamos! -falou me puxando pelo braço.Saiu andando pelo corredor da casa noturna onde ficavam os quartos, eram lá que as garotas faziam seus programas. Cada uma de nós tínhamos um quarto.

Assim que viu uma porta com meu nome ele parou e abriu a porta me levando junto.

-O que deu em você? -perguntei assustada.

-Nada, só quero que você descanse! -disse apontando para a cama.

-Qual a parte de '' Eu não posso dormir em horário de trabalho!'' que você não entende? -falei revirando os olhos.

-Mas seu eu passar uma noite com você, ainda é parte do seu trabalho. -assim que ele terminou de falar eu fiquei totalmente assutada, o que ele queria dizer com isso?  -Calma, isso é só uma mentira para você dormir.

-Ah! -ri sem graça. -Não sei se isso vai funcionar.

-Vai sim! Só não podem saber que eu estou aqui. -falou trancando a porta em seguida. -Pode dormir agora.

 

Me sentei na cama, não sabia se aquela ideia ia dar certo. Mas o sono falou mais alto e resolvi deitar mesmo relutante. 

-Vai ficar aí parado feito um estátua? -perguntei.

-Eu posso me deitar aí também? -perguntou envergonhado. -Eu fico no canto da cama.

-Pode! -respondi baixo, já estava quase adormecendo.

Ele lentamente se deitou no canto da cama, tão calmo, como se eu fosse me quebrar caso ele se movesse rápido.

Me cobri com o cobertor, e resolvi cobri-lo também.

 

                                                        (.........)

 

Acordei com alguém cutucando o meu pé, meu sono estava tão bom.

-Eii, acorda! -ele continuava cutucando o meu pé.

-O que é? - disse sem abrir o olho.

-Já está amanhecendo, eu preciso ir embora. -falou puxando o cobertor de cima de mim.

-Já vou levantar! -falei abrindo os olhos.

-Agora me responde! Por onde eu posso sair? -disse se sentando na cama.

-Tem um portão lá nos fundos onde os clientes podem sair. Tem alguns seguranças lá. -falei enquanto arrumava meus cabelos que pareciam com a juba de um leão.

-Então é isso. Preciso ir agora! -disse se levantando. -E você pode continuar dormindo! -falou rindo da minha cara de sono.

Ele saiu antes mesmo que eu pudesse responder, nem pude agradecer.

 

Depois de aproximadamente dez minutos que ele saiu a Karen passa pela minha porta, me deu um pânico, imagina se ela viu o ChanYeol?  Espero que não.

 

-Bom dia! -disse sem expressão. -Precisamos ir para casa.

-Tudo bem! -respondi levantando da cama.

-Quem passou a noite aqui com você? -perguntou sem parecer saber da verdade.

-Eu juro que nem perguntei seu nome! -ri nervosa.

-Quanto profissionalismo! -começou a rir também.

-Como assim? -fiquei mais nervosa ainda. -Eu deveria saber?

-Saber o nome dos clientes não faz parte da nossa profissão, não ser que tenhamos algum vinculo com ele. -andou até a porta. -Vamos! Se formos para casa logo, teremos tempo para dormir antes de ir para a faculdade.

 

Pensei em contar sobre o ChanYeol e sobre minha noite, mas lembrei que ele disse que ninguém poderia saber. Eu sabia que a Karen não ia brigar comigo, mas resolvi não falar nada.

 

Quando chegamos em casa fui direto para o banheiro, tomei um banho quente e percebi que tinha algo estranho em meu braço. Um pulseira azul, desde quando ela estava ali? Quem tinha colocado em meu pulso?

Talvez eu devesse perguntar ao ChanYeol.

Assim que terminei fui para a cama, não estava com sono então resolvi mandar uma mensagem para o ChanYeol agradecendo pela noite.

     

                                                (Mensagem on)

 

Eu: Você foi embora sem me dar tempo para agradecer, seu bobo! (05:13)


Notas Finais


Por hoje é só, volto logo logo.
comentem por favor! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...