História Dark Paradise (Imagine EXO) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Imagineexo
Visualizações 126
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 25 - Casa da YooRa


Fanfic / Fanfiction Dark Paradise (Imagine EXO) - Capítulo 25 - Casa da YooRa

-Lisa não precisa ter pressa, se você comer assim pode ter indigestão!

Eu dizia enquanto a Lisa tomava café da manhã antes de ir para a escola.

Essa era a minha rotina semanal, acordar cedo, preparar o café, deixar a Lisa na escola e ir trabalhar.

Eu ainda morava com Karen e Virgínia, trabalhar como recepcionista de um hotel não me rendia muito dinheiro, mas era o suficiente para nos sustentar humildemente.

Também pretendia me mudar dali, a primeira oportunidade que eu tivesse de comprar uma casa eu apenas voltaria para o Brasil.

-Agora vamos, daqui a pouco o ônibus já está passando no ponto!

Peguei sua mochila e minha bolsa, segurei sua pequena mão e fomos andando até o ponto de ônibus.

De segunda á sexta era isso que eu fazia, levava a Lisa para a escola e ia trabalhar. Ela passava o dia inteiro na escola e era Karen que ia pega-la na escola todos os dias, eu trabalhava na recepção até tarde da noite.

Por conta disso eu mal passava tempo com minha filha, somente finais de semana e feriados. Tudo estava ficando mais complicado conforme ela crescia.

Tentei concertar minha vida e a única mentira que eu era obrigada a sustentar era o fato de meus pais nunca souberem da Lisa, isso me machucava mas eles ainda não podiam saber, não agora.

Já era sexta feira e eu dava graças a Deus quando o final de semana chegava.

Peguei um ônibus e assim que cheguei em casa encontrei a Lisa na minha cama dormindo, era assim todos os dias.

Tomei um banho e me deitei ao seu lado, estava cansada de mais para comer algo.

No dia seguinte levaria a Lisa para passear.


(........)

Ontem eu levaria Lisa para sair, mas Karen passou mal e tivemos que ir para o hospital, mas por sorte não era nada grave.

Mas hoje nada deu errado.

-Mamãe eu quero sorvete! - disse Lisa sentada na grama do parque.

-Vamos comprar! -falei me levantando e indo em direção á uma barraca de sorvete. -Você está gostando da escola?

-Sim mamãe! -disse assim que eu lhe entreguei o sorvete.

-E seus colegas sãos legais?

-Eu tenho uma amiga, a YooMin, ela me chamou pra ir na casa dela, você deixa? -disse com uma carinha fofa.

-Talvez, amanhã eu darei um jeito de comparecer na reunião escolar, dependendo do seu comportamento eu deixo você ir!

As vezes eu tinha vontade de não deixar a Lisa sair de casa, nem para a escola.

Iria na escola dela amanhã e conversaria com os professores dela, o dia dos pais estava próximo e eu não achava bom que ela participasse da festa.

Eu sei que as crianças não são maldosas, pelo contrario, são ingênuas e falam sem saber. E ainda não estava pronta para responder aos questionamentos de Lisa.

O resto da tarde ficamos brincando no parquinho, fazendo o que não dava para fazer durante a semana,


(..........)

A semana foi bem corrida como sempre, e cá está eu indo buscar a Lisa na casa de sua coleguinha.

Assim que cheguei na enorme casa toquei a campainha, uma mulher que parecia ser a empregada saiu para me atender.

-Você é a mãe da Lisa? -assenti. -Pode entrar, ela está brincando.

Entrei na grande casa encontrei Lisa brincando com YooMin.

-Só um momento, vou chamar a YooRa! -saiu me deixando sozinha.

-Olá, você deve ser a mãe da Lisa?! -disse me cumprimentando.

-Ah, sim! -sorri.

-Vamos conversar, acho que as meninas não vão querer parar agora!

Ela me guiou até uma salinha onde me sentei.

-Me desculpe, eu sou Park YooRa! -disse se sentando

-Eu sou S/N. Espera! Você por acaso você é apresentadora aquele jornal? -perguntei surpresa.

-Sim, sou eu. -disse sorrindo -Nossa, você me parece tão jovem!

-Não muito. -disse sem graça.

-Eu sei que você é mãe solteira, é muito difícil? -perguntou com uma cara preocupada.

-Muito, mas ainda estou me adaptando.

-Aish, mas é muita canalhice nesse mundo mesmo, como alguém não assume... -sua fala foi cortada pelo som da campainha tocando. -Só um momento deve ser meu irmão.

Ela se levantou e foi atender a porta.

-Cadê a YooMin?

Isso foi o bastante para me despertar dos meus pensamentos.

Aquela voz! Eu nunca confundiria com outra.

Levantei bruscamente e fui andando até onde a Lisa estava

E eu nem precisei cruzar á porta para reconhecer aquela silhueta, eu nem precisei ver rosto dele, só isso foi o suficiente para me fazer congelar onde eu estava.

Espera! Irmãos? Eles são irmãos?

Mais de quatro anos tentando esconder tudo, e aqui estou, na casa da irmã dele entregando tudo de mão beijada.

Andei em passos largos até a sala sem ao menos cumprimenta-lo, segurei a mão da Lisa, tínhamos que ir embora dali a mais rápido possível.


-S/N esse é meu irmão ChanYeol!

-S/N? -disse ele como se estivesse assustado.

Escutar meu nome saindo da boca dele depois de anos era como uma facada no meu peito.

-Olá! -falei friamente se olhar para ele. -Precisamos ir, YooRa foi um prazer conhece-la.

-Mamãe eu não quero ir agora!


DROGA! DROGA! DROGA!


Eu possivelmente inventaria uma mentira dizendo que a Lisa era filha de uma amiga ou coisa do tipo, mas agora não tinha mais como.

-Ela é sua filha? -perguntou ChanYeol aparentemente surpreso.

-ChanYeol isso é jeito de falar com uma pessoa que você nem conhece? -repreendeu o irmão.

-S/N eu quero falar com você a sós! -falou ignorando totalmente a sua irmã.

-Não temos o que conversar! -rebati

-Por favor! -passou a mão nos cabelos, impaciente. -Eu não vou te pressionar nem nada, só quero conversar.

-Lisa meu amor que tal brincar mais um pouquinho? -disse a irmã dele ao notar o clima tenso entre nós.

Lisa como previsto não questionou nada, apenas saiu com a YooRa.


-O que você quer? -fui logo ao ponto.

-Porque você não me contou?

-Contar? -perguntei ríspida. -Eu não tenho o que te contar!

-Você não pode esconder ela de mim, ela também é minha e você sabe disso!

-Não, ela não é! Olha ChanYeol eu não sei onde você quer chegar com isso, mas eu já deixei bem claro que eu não tenho nenhuma ligação com você.

-Tudo bem! Se você acha que é assim, você está muito enganada.

-É você quem está enganado. -falei me virando para ir pegar Lisa, não ia ficar ali nem mais um segundo.

-Você acha mesmo que Kai não ia me dizer nada? -disse vitorioso.

Eu parei ainda de costas para ele. 

Kai, aquele maldito!


Notas Finais


Por hoje é só, comentem por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...