História Dark Secret - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Exibições 29
Palavras 2.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiii... Mais um capítulo espero que estejam curtindo, não me matem
Desculpe os erros e boa leitura😍😍

Capítulo 10 - O Pacto


Fanfic / Fanfiction Dark Secret - Capítulo 10 - O Pacto

- Alice? Ela está com eles, meus amigos, Alice voltou? Preciso falar com ela, preciso voltar – Tae

  Não consigo esconder a felicidade de ver minha amada outra vez, depois de tantos anos me escondendo, vigiando a de longe finalmente posso ter ela aqui perto de mim, mesmo que seja por pouco tempo, mas mesmo assim
Porém não consigo também esconder a tristeza que acompanha meu coração, ela e a garota da profecia e tem algo para enfrentar e, e. Lagrimas começam a escorrer fazendo algumas gotas caírem em minha camisa branca, preciso saber como ela esta

Ligação ~

-Hyung? Está ai? - Tae

- Tae? Quanto tempo? o que faz? Por que sumiu e não deu mais notícias? – Hope

- Desculpa, mais me fala a Alice está ai? - Tae

-Sim ela está, mas no momento estra treinando com o Jeon... – hope

-POR QUE?  - Tae

-Você sabe o motivo, e muito bem se esqueceu, se não fosse por ele, ela teria morrido – Hope

- Não precisa ficar me lembrando disso – Tae

- Tae francamente, essa briga de vocês já durou muito tempo, e ele já se conforma com a decisão de Alice, ele está procurando se reconciliar com você, por que não Aceita? – Hope

- Quando eu voltar, terei uma conversa definitiva com ele, então como ela ta? – tae

-Linda, mais perfeita do que nunca, porem triste, magoada – Hope

-Então, até amanhã...

-Mas...

Ligação ~

  Finalmente, vou conseguir revê-la após muitos anos, depois da discussão que tivemos, e da ajuda que eu dei a ela, sei que não podia mais a saudade e tão grande que não consegui me conter quando vi aquela linda menina se tornar uma grande mulher. Mas tudo mudou quando descobri que Jeon meu melhor amigo estava gostando dela, ele não devia, mas ela me escolheu e isso era o que eu amis queria, porem me sinto mal por ter brigado com ele quando ela, ela foi sequestrada
  Uma lagrima desce pelo meu rosto outra vez, mas eu a limpo dizendo

-Estou indo meu amor – Dou uma olhada para o céu e vejo a imensa lua cheia, então volto meus olhos para o espelho do meu quarto dizendo – Alice eu ti amo – Tae

Tae off ~

Alice On ~

-Estou indo meu amor, Alice eu ti amo! – Tae

- Eu também ti amo meu amor, espero que venha logo – Disse acordando, quando vejo Kook e uma menina que eu não conhecia direito no quarto onde eu estava, então corei quando vejo ela me olhando e pergunto – O que faz aqui Kook? – Alice

  -Bom estou aqui para ver como você está, pois acho que peguei meio pesado com você – dizia ele de cabeça baixa – Jeon

-Aaa meio pesado, sínico – Alice

-Ok admito. Satisfeita? – Jeon

-Não, quem é ela? – disse apontando para a garota – Alice

- Me chamo, Micaely, mais pode me chamar de Mica – deu um leve sorriso e voltou a dizer – Sou filha de Albert, amigo de Sam – Mica

-Hum, interessante, mais o que faz aqui? – Alice

-Eu e minhas primas viemos te conhecer e batalhar ao seu lado – Mica

  Dou uma olhada de leve para ela e para o Jeon e digo

-Não quero que ninguém mais se machuque por minha causa, Mica agradeço muito pela sua ajuda, mais não irei suportar mais perdas, além do que é meu destino e preciso cumpri-lo – A olho seria e logo me levanto andando para fora do quarto dizendo – Desculpa, mais irei enfrentar tudo isso sozinha – Alice

-Mas, Alice você não está pronta ainda – Jeon

-Eu sei, até amanhã, nos encontramos no centro da aldeia as 4 da manhã ok? Até – Alice

  Saio do quarto e vou dando passos para a escada quando começo a sentir algumas dores pelo meu corpo, que me fazem ajoelhar no chão me contorcendo de dor. Não conseguia pronunciar nenhuma palavra apenas abrir e fechar minha boca, na tentativa de emitir sons, para ser ajudada. Em meu consciente estava gritando mais na realidade estava apenas mexendo a boca
Até que com muita persistência eu consigo olhar para frente e ver a figura de alguém, não sabia discernir quem era, pois minha visão estava turva, mais conseguia muito bem escutar sua voz, que dizia repetidas vezes

“VOCÊ VAI MORRER, NÃO ADIANTA FAZER NADA É SEU DESTINO ALICE, VOCÊ VAI MORRER E VAI PRA JUNTO COM SEUS PAIS QUE UM DIA JURARAM AMOR ETERNO, E SABE MAIS FUI EU QUE OS MATEI E AGORA MEU FILHO VAI FAZER ISSO”

Aquelas palavras ficaram ecoando em meu pensamento, repetidas vezes eu queria falar para parar, que ele não continuasse mais eu estava imóvel, apenas respirava, meu corpo ele não respondia a nada, não se movia nada, até que aquela pessoa foi se aproximando, cada vez mais perto e então ele se ajoelhou perante mim se aproximando do meu ouvido e sussurrando

-Eu vou ter prazer em matar sua tia, seu tio, seus amigos e seu grande amor – desconhecido

Virei meu rosto olhando firme em seus olhos tentando dizer certas palavras a ele, mais novamente eu não conseguia então ele voltou a dizer

-Não estou te ouvindo Alice – apontou para seu ouvido – Pode falar mais alto, ou mexer sua linda boca posso fazer leitura labial – desconhecido

Então mais uma vez eu tentei mexer meus lábios, tentei falar e eu finalmente consegui apenas mexer

- Se ousar encostar um dedo nessas pessoas eu vou te procurar e te matar, você não me conhece para me testar e se fosse homem suficiente não jogaria um feitiço paralisante em mim, porque não me enfrenta? - Alice

-Aaa descobriu, que menina esperta, mais tenho certeza que não previu isso! – desconhecido

  Ele me segurou pelo pescoço e me levantou no ar, olhando para o chão, sabia de sua intenção então tentei sair de qualquer maneira, de qualquer jeito mais eu não conseguia, como antes estava paralisada, então ele aproveitou e me deu um soco no estomago fazendo eu cuspir uma pequena quantia de sangue em seu rosto, assim dei um leve sorriso, fazendo ele se irar e me jogar um feitiço de dor, assim parecia que todos os meus ossos estavam quebrando a dor era imensa, mais eu não conseguia gritar, me mover então ele me arremessa da escada, e quando eu estava caindo escuto passos rápidos vindo da escada gritando

-ALICE, NÃO! – Jin

Assim olhei pra cima e não vi mais aquele homem, então eu estava caindo quando sinto algo de estranho no ar, Jin havia impedido minha queda porem ainda estava enfeitiçada e sentia dores horríveis até que minha voz voltou e eu comecei a gritar

-AAA, JIN ... MEUS OSSOS, ESTÃO SE QUEBRANDO QUE DOR, Jin ... ain – gritava, chorava, comecei a me levantar e cair repetias vezes – JIN AJUDA, SAM – Alice

  Parecia uma orquestra, porem ninguém escutava nada apenas eu, os barulhos estavam em meu plenamente, pareciam martelos, marretas está sendo horrível, comecei a abrir minha boca, meus olhos, minhas mãos e por fim meu corpo inteiro estava sendo levantado, porem eu não tinha mais vida até que sou arremessada novamente para o chão da sala fazendo um imenso buraco.

....

Sonho on~

  Havia poeira por todo lado, em todo canto, não me importei muito com isso então fico apenas ali fitando o teto, até que fecho meus olhos e fico assim por alguns minutos até que sinto alguém encostando em meus lábios, abri meus olhos e vejo que era ele Kim Taehyung, o observo e dou um leve sorriso dizendo

- Oi, quanto tempo? – Alice

- Sim muito tempo, mais o que faz? – Tae

- Nada e você? – Alice

- Apenas te admirando, Alice? – Tae

-O que foi Tae? Quer me falar algo, me esclarecer? – Alice 

-Vem comigo – Tae

  Assim ele me tirou daquele lugar e me levou até uma caverna, o caminho atelha foi bem difícil, mais valeu apena, pois ele me mostrou uma rosa e depois uma pequena escrita na parede dizendo

“Ainda e preciso ter o caos em si mesma”

-Tae o que isso significa? – Alice

-Quando chegar a hora, você saberá, mais antes vem cá – Tae

  Assim ele me deu um abraço e logo depois do abraço sinto que eu começo a desaparecer, então triste e sozinha eu pergunto

-Oppa, foi você que me acalmou quando eu quase matei aqueles homens na floresta? Foi você que me ajudou aquele dia na ponte? Você me Ama? – Alice

Então ele ainda desaparecendo, se desprende do abraço e me dá um leve beijo dizendo

- Eu ti amo, até breve Alice – Tae

  Assim ele não estava mais em minha frente, então eu começo a ver coisas sobre meu passado flash que eu pensava que eram apenas coisas da minha cabeça, entretanto tudo estava ficando mais claro para mim quando aparece novamente aquele homem e ele diz

- Vejo que entrou no fundo de sua mente Alice, poucos consegue isso! – homem

-Qual seu nome? – Alice

-Meu nome pouco importa, mais então o que faz aqui? – homem

- Me diga você – Alice

  Assim ele foi andando para um lugar vazio, sem vida e virou repentinamente dizendo

-Me diga o que você quer? – Homem

- Quero paz, segurança, uma vida – disse olhando nos fundos dos olhos – Alice

- Não é apenas isso, sei que você quer saber se vai morrer? – Homem

- Talvez – viro minha face observando o nada – Alice

  Assim ele caminha até mim, lentamente como se quisesse algo em troca. Parando ao meu lado ele se ajoelha e pega um pouco de terra dizendo

-Espero que você se saia bem, porque independente do resultado você irá morrer, mas... – homem

Me ajoelho e olho em seus olhos, vejo que fala a verdade, por esse motivo eu me levanto e saio dali procurando uma saída até que ele diz

-Por que não escuta a verdade? – Homem

-Por que a verdade machuca, ela me destrói por dentro, não quero acreditar que isso possa acontecer não entende? – Alice

-Sim eu entendo mais e seu destino o que pode fazer? Nada apenas esperar a hora e salvar a humanidade – homem

- Não posso fazer nada, mais vou tentar até que meu último osso esteja intacto, até que minhas veias ainda pulsem sangue, até meu último suspiro eu vou lutar, se mesmo assim eu morrer fui justa e não levei ninguém mais comigo – Alice

-Olhe pra mim – homem

Me virei e fui atacada violentamente por um soco que me atravessou de um lado para o outro, não acreditando eu olho para baixo e vejo meu sangue escorrer e fazer uma poça onde eu me localizava, assim caio de joelho e ele me acompanha dizendo

-Aqui e o pacto que eu fiz com você, quando tiver que enfrentar Pedro eu vou aparecer e so assim você terá de fazer um pedido, mais não se esqueça e apenas um pedido se não saber o que quer você ira perecer no submundo comandado por mim – Homem

-Prazer em te conhecer Morte – Alice

Sonho off~

-ALICE? ALICE? PODE ME OUVIR? ALICEEEE... – Jin

Abro meus olhos e vejo que Jin está ao meu lado segurando minha mão, então olho em volta da sala e vejo todos, eles estavam sem reação até que sinto a dor novamente, penetrando em meu corpo e então Sam se pronuncia dizendo

-Alice, o que você fez? - Sam


Notas Finais


Bom os próximos capítulos terá mais adrenalina eu prometo... Oque acharam, logo já terá continuação
Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...