História Dark songs - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Kaito, Len Kagamine, Luka Megurine, Meiko, Miku Hatsune, Personagens Originais, Rin Kagamine
Exibições 16
Palavras 779
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - The fox's wedding ( O casamento da Raposa)


Fanfic / Fanfiction Dark songs - Capítulo 5 - The fox's wedding ( O casamento da Raposa)

The fox's wedding 

Oh, sra. Raposa

Não leve um guarda-chuva

Rapido tricote

Meus sentimentos juntos

A profissão do Daimyo

Cadáveres guardando o portão

"Abra ? Abra, por favor ?"

O casamento da raposa

Vamos partir para recuperar

Eu, a quem eles perderam

Ao invés de você

Atrás desse torri

Reside meu corpo e

A profissão do daimyo

os cadáveres guardam

 

Hey hey ria, me deixe ver você rir ?

Pare isso, pare isso

Aaahh

Suas palavras são 

Como se elas conduzissem

Para um começo constrangedor

Aahhhahhhaaah dói

AAHHH AJUDE

Eu não gosto da dor, então vou aceita-lo

Heyhey hey ria , você vai me espetar ?

Nascida na capital, eu fui amarrada e levada para cima

Quem sabe quantos anos se passaram --- até então eu

apenas brinquei com isso, degradando e devorando seres humanos 

Quem sabe quantos anos se passaram---- no meu aniversario 

Eu te encontrei , e senti tão fortemente

" Eu quero te comer , eu quero comer você, eu quero tanto comer você"

Eu te seduzo com o meu corpo

E onde eu mordiscava você, eu devorava.

Venha aqui, venha aqui , para mim

Eu durmo onde a senhora raposa dorme

Você toca meu corpo

E na excitação você gruda no meu peito

Clímax, prazer

Tudo girando junto

Eu também fico excitada

e te rasgo em pedaços 

Ouvidos, nariz, globos oculares, eu peixo seus intestinos por ultimo

Delicioso, delicioso, oh, tão delicioso

Eu verdadeiramente me tornei como você

Chupando seus ossos, eu vou te amar

Venha, venha, bem vindo , ao covil da bruta

Você é o ator principal, o novo volume para dissecção 

Casamento da raposa, me passe o guarda-chuva

Rapido, tricote meus sentimentos juntos

As portas da morte,

os cadáveres

"Abra ?Abra ?"

Oh, Sra. Raposa, não pegue um guarda-chuva

Deixe-nos recuperar a sua estrada perdida para o amor

Atras desse torii reside o meu corpo

E a procissão do daimyo

Os cadáveres guardam

hey hey ria, você vai me espetar w

pare isso, pare isso

Isso é tão bom

Em troca de tudo de mim:

A dançarina que você recusou 

ela é raptada e satisfeita

pelos pedaços de vida que ela viverá para sempre em Rashou

"Oh cadáver vivo, voltemos todos"

Esta tudo bem, não fale 

Se você falar eu vou te matar

"Oh, princesa, você esta segura

Nós estamos aqui"

Venha aqui, venha aqui para mim

Eu durmo onde a Senhora Raposa dorme

 

Meu coração é seu 

Em troca, eu vou tomar o seu corpo

Clímax, prazer

Tudo gira junto

Eu estou começando a me sentir excitada

Figado, estômago ,deixo seus intestinos por ultimo

Delicioso, delicioso, oh, tão delicioso

Não estou o suficiente do seu corpo mas

Agora com quem devo me deliciar a seguir ?

 

Esta tudo bem, não fale

Se você falar eu vou te matar

Entendido Mestre

Assim como desejar 

Oh, Sra. Raposa não pegue um guarda-chuva

Rapido, tricote meus sentimentos juntos

A procissão do daimyo 

Cadáveres guardando o portão 

" Abra ? Abra, por favor ?"

Oh Sra. Raposa, não pegue um guarda-chuva

Deixe-nos recuperar a sua estrada perdida para o amor

Atrás desse torii reside o meu corpo

E a procissão do daimyo 

Os cadáveres guardam

 

Eu sou um verme 

Senhor das moscas

Suga e mastiga para longe em suas feridas

Me ame, me ame, me ame, me ame

Meu corpo está começando a se sentir quente 

 

Eu sou um verme 

Senhor das moscas

Suga e mastiga para longe em suas feridas

Me ame, me ame , me ame, me ame

Por que não ? Perdoe-me, me machuque, volte para mim

 

A lista final da dança decapitada

Feita em pedaços, sugados, para cumprir a promessa

O que há de errado, por que você esta triste ?

Então, você finalmente descobriu minhas verdadeiras cores ?

Você me fez assim

Eu quero comer, comer, quero comer muito

Meu ultimo vislumbre de um coração humano 

Eu vou arreganhar e peneirar e extrair e retornar para Senhora Raposa

" Ahahah ahahah hahaha"

AaAaAaAAAAh ! 

 

Oh, Sra. Raposa, não pegue no guarda chuva

Rapido, tricote meus sentimentos juntos

A procissão do daimyo

O portão guardado pelo cadáveres 

"Abra ? Abra, por favor ?"

Oh, Sra. Raposa, não pegue um guarda-chuva

Deixe-nos recuperar a sua estrada perdida para o amor

Atrás desse torii reside o meu corpo

E a procissão do daimyo 

Os cadáveres guardam

 

Adquiridos em troca de nossos corpos perdidos

Nosso amor-negro, meio-sonho, meio-desperto

"Abrace-me uma ultima vez" eu sussurro para você

" Abra-se ? Abra ? Abra ? Abra mim ?"

 

Oh, sra.raposa não pegue no guarda-chuva

Deixe-nos recuperar a sua estrada perdida para o amor

Atras desse torii reside meu corpo

E a procissão de daimyo

Os cadáveres....

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...