História Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Marina Ruy Barbosa, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Personagens Originais, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Exibições 60
Palavras 1.974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Fuzil


Fanfic / Fanfiction Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 4 - Fuzil

                Daqui a 22 horas
-Opaa pra trás - gritei eu segurando aquele fuzil e destravando aquele fuzil contra o peito daquele homem
- A menina é espertinha ein- disse ele tentando ser sarcástico
- Da próxima vez não mexe com essa "menina" porque ela é envolvida,mas perai,será que vai ter próxima vez?- disse eu sendo sinica
                  Atualmente
A Katherine ficou no hospital com a Sara e a Candice voltou pra casa comigo
-Jeremy?Cheguei- Gritei eu colocando as chaves na mesa
- Posso dormir aqui?-Perguntou Candice com a voz cansada e eu logo assenti com a cabeça
- Jeremy?Ta acordado? - Gritei eu subindo as escadas
- To- respondeu ele saindo do quarto
- Tudo bem?- perguntei
- Sim,já você parece que não?O que aconteceu?- perguntou ele
- A Sara foi parar no hospital e nos ficamos lá esperando ela se estabilizar- respondi entrando no meu quarto com a Candice
-Boa noite- disse ele indo pro quarto
-Boa noite-respondi fechando a porta
Eu e a Candice trocamos de roupa,lavamos o rosto e fomos dormir.
Acordamos no outro dia com o meu desesperador e colocamos uma música,vesti um macacão preto curto e a Candice uma calça preta e uma blusa soltinha branca com um adidas superstar,calcei uma bota de cano baixo preta de couro,fiz um coque frouxo e passei uma corretivo,rímel e um hidratante labial
Descemos pra tomar café e minha mãe ja estava lá
- Bom dia meninas- disse minha mãe
-Bom dia- respondeu Candice
- To sem fome miga,te espero no carro.Preciso de um celular novo,o meu quebrou mãe - disse eu pegando umas cerejas e saindo de casa
- Eu vou junto,tchau Sra Therese- disse Candice pegando uma torrada e saindo comigo
Fomos pro carro onde o motorista já esperava por nos e fomos pra escola,chegamos e fomos pro armário pegar os livros
- Vamos sair no almoço pra ver a Sara? - perguntei eu pegando os livros e fechando meu armário
- Sim,precisamos levar alguma coisa pra Katherine,passar a noite num hospital é horrível.O Justin ta te fitando,devia ir falar com ele - respondeu Candice abrindo o armário
- Ok,vou lá,te vejo daqui a pouco- respondi
Fui até o Justin
- Oii- disse eu
- Oii o que aconteceu com a Sara que te fez correr ontem?Sentiu falta disso?-perguntou ele me dando meu celular
- Ela teve uma overdose e entrou em coma ontem mas já esta melhor,obrigada,achei que tinha quebrado- disse eu pegando meu celular
- Quer sair hoje a noite?- perguntou ele rindo maliciosamente
- Sim,vamos onde?Que horas?- perguntei mordendo os lábios
- Te busco as 20:00 - disse ele rindo e saindo
Ouvi meu celular tocar e logo atendi
- Alô?- disse eu
- Mia,sou eu - disse a voz grossa do outro lado da linha
-Oii pai,ta ligando de onde?- perguntei reconhecendo que aquele não era o número dele
- Tive que trocar de número - respondeu ele me deixando preocupada
- Já sei,estão atrás de você então você mudou de cidade,número,carro,etc.Acertei?- perguntei preocupada
- Acertou,mas não se preocupe,vai ficar tudo bem,só te liguei pra passar meu novo numero,mas ja preciso ir,eu te amo- disse ele
- Fica bem,tchau,também te amo- respondi desligando
Guardei meu celular e corri pra sala,o sinal já havia batido
- Licença,estava em uma ligação importante quando o sinal tocou,eu sinto muito-disse eu entrando na
sala enquanto Justin ria da minha situação
- Claro,entre- disse o professor,Ian sorrindo maliciosamente pra mim
Ian era o professor de cálculo,branco de cabelo escuros e olhos azuis,tinha uns 23 anos e dava emcima de várias alunas do médio,eu era uma delas mas nunca dei muita ideia pra ele
Me sentei no único lugar disponível,ironicamente,na frente do Justin,era estranho porque normalmente as vadias oferecidas saiem na briga só pra sentar perto dele
- Vou bater nesse cara- disse Justin
- Porque?- perguntei me virando pra olhar ele
-Ele deu em cima de você,a sala inteira percebeu- disse ele
- Ta com ciúmes?Adoro isso- disse eu com uma voz sexy mordendo os meus lábios
Ele começou a beijar meu pescoço e me deixar arrepiada,até que soltei um gemido baixinho
- Tudo bem senhorita Kerr?- perguntou Ian se virando para mim
- Claro,posso ir ao banheiro?- perguntei eu tentando disfarçar com um sorriso
Como ele podia ter tanto efeito sobre mim?Ele me provocava e me instigava aquilo me deixava louca,mal sabia ele que no quesito provocação eu já era graduada com mestrado e doutorado,bobinho
Peguei um pouco de água e fui no banheiro,passei um batom vermelho,levantei meu macacão que ja era curto,agora mais ainda e então voltei pra sala
Vi o Ian e o Justin babararem ao me verem entrando na sala com aquele batom mordendo,lábios e com o macacão preto mais curto ainda,pisquei pra Candice e me sentei
- Tem uma baba caindo aqui- disse eu limpando os lábios do Justin
- Sra. Kerr e Sr. Bieber,mantenham a  atenção na aula - disse Ian
- Desculpe,eu estava apenas ajudando meu colega - respondi sorrindo
- Sem problemas- respondeu Ian
As aulas tinham terminado e tinham sido bem longas.Saímos da sala e fomos pro refeitório
- To sem fome,vou comprar alguma coisa e levar pra comer no hospital- disse eu indo na lanchonete
- Eu to morrendo de fome,você me espera comer?- perguntou Candice pegando a bandeja
- Sim,vamos nós sentar com os meninos-respondi indo pra mesa
Nós sentamos com o Justin,Cameron,Cody,Matt,Grayson,
Ethan,Hayes e o Shawn
- E a Sara?Ta bem?- perguntou Cody
- Sim,na verdade ela ainda vai ter que ficar no hospital uns dias- respondi mexendo no meu Iphone
- Sara nós ensinando a não usar     LSD-disse Matt rindo
- Não seja cruel- respondi
- Calma amor- disse Matt me abraçando
- Eu fiquei praticamente o dia todo no hospital ontem,então eu não to muito pra brincadeiras com esse assunto- respondi
- Desculpa,sério,foi mal- disse Matt me dando a mão
- Ok,você sabe que eu te amo- respondi vendo Justin nos fuzilar com o olhar
- Vamo Mia?- perguntou Candice pegando a bolsa e colocando a bandeja na bancada
- Vamo,tchau amores- respondi levantando da mesa e piscando pro Justin que riu pra mim
Fomos pro hospital e ficamos no quarto com a Sara a tarde inteira
- Vou pra casa,fica bem viu meu amor- disse eu beijando a testa da Sara e pegando minha bolsa
- Vou ficar- respondeu ela segurando minha mão e sorrindo
Voltei pra casa no final da tarde,coloquei minha bolsa e minhas chaves na mesa e vi minha mãe descendo as escadas
- Miranda - ela me chamou
- Oii- respondi indo na geladeira pegar um suco
- A Olívia vai voltar pra Los Angeles e ficar aqui em casa,ela deve estar embarcando nesse momento- disse ela olhando o relógio
Olívia Cooke é minha tia,irmã do meu pai,ela sempre cuidou de mim e do Jeremy,bem mais até que minha mãe,sempre amei muito ela mas assim como meu pai ela se afastou por causa da máfia
-Vai pra onde?Ficar quanto tempo?Você só chama a Olivia pra ficar com a gente quando você pretende passar muito tempo fora de casa,da última vez foram 2 anos ne?Ou foram 3?- perguntei ironica
- Não seja petulante,se eu não trabalhar na empresa você vai viver de que?Do seu pai?Acha que ele vai te sustentar?Pois não vai,então se acostume- disse ela em tom de raiva
- O Jeremy ja sabe disso?-perguntei
- Não.Eu vou pra Milão,esta previsto pra ficar um ano lá,mas esse prazo pode-se estender - respondeu ela
- E você espera que eu conte pra ele,certo?- disse eu
- Não espero,tenho certeza que você vai contar,ele é só um adolescente,não quero magoar ele de tal forma - respondeu ela pegando a bolsa e saindo
Subi pro meu quarto e fui tomar banho,ja estava escurecendo,tomei um banho longo,eu precisava relaxar,só isso.Saí do banho e fui pro closet,vesti uma lingerie vinho,um vestido preto,um cinto preto com detalhes dourados e um salto Louboutin 15cm e me maquiei(look capa do capítulo)
Logo o Justin chegou,eu peguei minha bolsa e meu celular e desci
- Vamo?- perguntei saindo
- Ta muito gostosa- disse ele
- Idiota,vamo- respondi entrando no carro dele
Chegamos em uma boate que ers enorme e estava lotada
- Vou pegar uma bebida- disse eu indo até o bar
- Sexy on the bich- disse eu pro bar men(me referindo ao drink)
- Com você toda hora- respondeu ele rindo e mordendo os lábios
- Acho melhor só uma absolut- disse eu rindo
- Qual?- perguntou ele ainds rindo
- Elyx- respondi
- Prontinho,você é muito bonita- disse ele me entregando a bebida
- Obrigada,você também é lindo- disse eu saindo dali
Fui pra pista e o Justin ficou me olhando,eu estava perdendo completamente a linha enquanto tocava funk,eu ia até o chão,mechia no cabelo e olhava pro Justin
Fui até o Justin e nós sentamos em um sofá avermelhado onde ele ficou me agarrando
- Te provoquei hoje?- perguntei sinica
- Muito,acho que preciso te castigar- disse ele rindo
- Aee?Vai fazer o que?-perguntei me fazendo de desentendida
- Isso- disse ele me agarrando pela cintura enquanto me beijava e apertava minha bunda
Quando paramos o beijo eu olhei pro lado e vi meu pai saindo com uma arma no bolso de um lugar de dentro da boate que estava cheio de seguranças na porta
- Meu pai- disse eu me levantando
- O que?- perguntou ele segurando meu braço
- Meu pai esta aqui,alguma coisa aconteceu naquela sala- disse eu
- Aquela sala- disse Justin
- O que tem?O que acontece lá?- perguntei
- Chamam de sala das negociações eles fazem negociações grandes,máfias,facções.Eles levam algumas vadias pra dançar lá também- disse ele
- Vou até lá,preciso descobrir o que meu pai tava fazendo lá- disse eu
- É perigoso pra você- disse ele
- Não se finge de bobo,você conhece esse mundo e também sabe quem meu pai é,não vou deixar ninguém encostar um dedo em mim- disse eu me levantando
- Vou com você então- disse ele
Fomos até a porta daquela sala e falamos com os seguranças
- Justin Bieber- disse Justin mostrando uma tatuagem que eu acho que era da mafia do tio dele
- E você gata?- perguntou o segurança
- Ela ta comigo- disse Justin
- Ok, mas qual seu nome?- insistiu o segurança
- Melissa Goulart- respondi mentindo
- Ok,entrem- disse o segurança abrindo a porta
Entramos e nós sentamos numa mesa,uns minutos se passaram e um homem me chamou
- Vem comigo gata- disse o homem
Senti o Justin colocando uma arma na minha cintura e fui com aquele homem.Ele me levou pra uma sala escura,tinha bebidas cigarros,notas de cem jogadas no chão e mais duas garotas que jogavam o dinheiro pro alto
- Dancem pra mim- disse ele colocando um funk e apontando uma arma
Começamos a dançar e ele babava nós olhando enquanto e percebi ele colocando um fuzil no seu colo,cheguei perto dele e o beijei e rapidamente peguei o fuzil
-Opaa pra trás - gritei eu segurando aquele fuzil e destravando contra o peito daquele homem
- A menina é espertinha ein- disse ele tentando ser sarcástico
- Da próxima vez não mexe com essa "menina" porque ela é envolvida,mas perai,será que vai ter próxima vez?- disse eu sendo sinica
- O que quer?- perguntou levantando os braços
- George Kerr,tenho certeza que o conhece- disse eu
- Conheço sim,o que quer saber sobre ele?- perguntou
- Quero saber o que ele veio negociar,com quem e porque-disse eu ainda com o fuzil apontado
- Veio negociar a compra de mercadoria com os Vlaé,mas não deu certo,ele deve pra eles- respondeu
- Eles o ameaçaram?- perguntei preocupada com aquela situação
- Sim,eles sabem do uso de informação privilegiada- respondeu ele
- Obrigada,ah e só pra constar,não sou uma prostituta,tenta alguma coisa contar mim e você morre


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...