História Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Marina Ruy Barbosa, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Personagens Originais, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Exibições 40
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Em termos de verdade


Fanfic / Fanfiction Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 6 - Em termos de verdade

            Daqui a 5 meses
- Tem certeza?isso não faz seu estilo- disse a voz do outro lado da linha
- Eu ja estou fazendo,eu vou voltar pra Los Angeles pronta pra me vingar- disse eu
- Acho que você não aguenta,você ainda ama ele,vocês vão voltar- respondeu como se aquilo fosse óbvio
- Talvez mas só depois que eu me vingar,e ah propósito,eu aguento qualquer coisa,você devia saber disso- disse eu rindo
- Sei-respondeu duvidando
- To meio ocupada aqui,conversamos depois- disse eu desligando
                Atualmente
- Justin!!! Meu deus,você ta bem?- disse eu colocando sua cabeça apoiada na minha perna
- Foi de raspão- disse ele
-Eu vou,mas te levo junto- disse aquele homem completamente ensanguentado pegando a arma e atirando na minha barriga
- Seu filho da puta- ouvi Justin gritando e dando vários tiros naquele homem
Eu só consegui ver isso e ouvir os tiros,eu fiquei tonta,eu tinha levado um tiro,meu deus.Senti o Justin me carregando e não vi mais nada,desmaiei
Acordei e olhei em volta,eu estava na maca de um hospital,minha cabeça doía muito e eu estava com um curativo enorme na barriga.Logo vi a porta se abrir e o Justin entrando junto com a Olivia
- Ahh graças a deus,achei que você não ia acordar- disse Olívia
- Porque?Quanto tempo to aqui?-perguntei assustada
- Quase um dia inteiro- disse Justin se aproximando da maca
- Meu deus,e você?Ta bem?Eu so lembro de você levando um tiro e em seguida eu- perguntei
- O meu foi só de raspão- disse ele mostrando o curativo no abdômen
Meu deus que tanquinho...Ahh Miranda para com isso!!!Agora não é hora nem lugar desses pensamentos maliciosos kkkkk
- Já você teve que fazer uma cirurgia.Não vamos contar ao Jeremy o que aconteceu- disse Olívia
Antes que eu pudesse responder vi Candice,Sara e Katherine entrando no quarto
- Vamos deixa-las a sós Justin- disse Olívia saindo da sala
As meninas se aproximaram da minha maca e me abraçaram
- Que bom que esta bem- disse Candice
- Sentimos medo de te perder- disse Sara me dando a mão
- Amamos você,nunca mais nós faça passar por algo assim denovo- fisse Katherine
- Eu sei que preocupei vocês,sinto muito,mas já estou ben melhor,posso até ir na aula amanhã,eu detesto hospitais- disse eu
- Nada disso Sra Kerr,ainda vai ter que ficar mais alguns dias aqui- disse o meu médico entrando na sala
- Não,por favor,eu não aguento ficar em hospitais,me dê alta amanhã de manhã?- implorei
- Vou olhar,se possível eu dou,desde que não faça muito esforço,tome todos remédios e não beba.Mas pensamos nisso mais tarde,agora você precisa descansar- respondeu o medico sorrindo
As meninas saíram do quarto e logo a enfermeira trouxe um calmamente pra mim.Eu me sentia estranha,eu realmente tinha atirado em um homem?Eu sei que ele quase me matou,mas mesmo assim,era um ser humano,pai,tio,irmão,namorado ou filho de alguém,era uma vida...
Meu dilema moral não durou tanto tempo,o calmante logo me fez adormecer
Acordei no outro dia de manhã e vi Justin dormindo em uma poltrona ao lado da maca em que eu me encontrava,chegava a ser engraçado a maneira com que ele dormia,completamente entregue a aquela poltronada
Meu médico entrou na sala e logo o Justin acordou
- Sra Kerr,já esta de alta,pegue na recepção a prescrição dos seus remédios e vai precisar comprar curativos- disse o medico
- Ok,que ótimo- disse eu rindo
O médico logo saiu da sala
- Você ta bem?- perguntei
- Você esta?- devolveu a pergunta
- Ainda dói um pouco mas,já estou bem melhor- respondi rindo
- Vou chamar a Olivia,ela se registou como sua responsável e tem que assinar pra você sair- disse ele
- Justin- o chamei antes que ele saísse daquele quarto
- Sim- ele respondeu caminhando até mim intrigado
- O que esta acontecendo?- perguntei
- Uns problemas com a máfia,não tem haver com a gente - ele respondeu
- Então ta - respondi me levantando
[...]
Estávamos no cinema vendo um filne de terror.(look capa do capítulo)O Justin estava estranho desde manhã e eu não sabia mais p que fazer,eu não queria brigar com ele então eu tentava não forçar a barra,mas não era fácil
- Vou pegar pipoca- disse eu sem humor algum virando meu balde de pipoca vazio
Ele apenas assentiu com a cabeça e eu sai da sala
- Que saco- resmunguei indo pra lanchonete do cinema
- Calma gata,no que posso te ajudar?- perguntou um garoto lindo que estava no caixa da lanchonete
- Quero um refil de pipoca,uma skol beats e eu te agradeceria eternamente se você pudesse colocar no copo de refri- disse eu
- É pra já- respondeu ele rindo maliciosamente
- Obrigada,você fez um praticamente recém baleada feliz- disse eu rindo
- Recém baleada?Você parece bem- disse ele me escaneando
- Ae?- perguntei com irônia levantando a blusa e mostrando o curativo
- Ta precisando mesmo de uma skol beats,qual quer?- perguntei ele rindo
- Haha,pode ser a secrets- respondi
- Aqui,melhoras- disse ele rindo ene entregando o balde de pipoca e o copo de refri com skol
- Obrigada- respondi piscando pra ele e voltando pra sala de cinema
Voltei pra sala e me sentei do lado do Justin
- Demorou- disse ele
- Ahh você percebeu?- perguntei cinicamente
- O que aconteceu?- perguntou ele assustado com a minha grosseria
- Eu que te pergunto,você ta evitando de conversar comigo,desviando quando eu vou te beijar,não to te entendendo,porque eu levei um tiro na barriga e mesmp assim eu não to que nem você - respondi
- Vai continuar me culpando?- perguntou ele
- Eu não te culpei hora nenhuma,eu já devia saber - respondi pensativa
- Saber do que?- ele perguntou sem entender
- Você conseguiu o que queria ne?Transou bastante comigo e agora na primeira chance tem uma desculpa pronta pra se livrar de mim,que engraçado,como eu não imaginei,parabéns pra idiota aqui- cuspi todas palavras na cara dele e depois bati palmas fazendo todos olharem
Me levantei com os olhos marejados e saí daquela sala,quando passei pela lanchonete vi o moço do caixa vindo atrás de mim
- Eii gata?O que foi?- perguntou ele
- Eu to cansada de ser julgada,usada e descartada- disse eu dando um grande gole na minha skol beats que estava acabando
- Devagar com isso- disse ele pegando me copo
- Eu não tenho nada nem ninguém aqui,essa bebida é a única coisa que esta me ajudando- disse eu
- Tem a mim agora,qual seu nome?- perguntou ele
- Miranda Kerr,mais conhecida como problema,e o seu?- perguntei
- Austin Mahone- respondeu sorrindo,meu deus que sorriso lindo
- Você nem me conhece e já ta me fazendo rir,obrigada- disse eu
- Dizem que essa é minha especialidade,fazer as pessoas rirem- disse ele
- Percebi- disse eu rindo
- Ta afim de ir comer alguma coisa?- perguntou ele
- Claro,mas você não precisa trabalhar?- perguntei
- Meu expediente acabou de acabar -disse ele olhando o relógio e rindo
- Vamos então- respondi rindo
Fomos pro Burger King e pedimos batata frita com queijo,ficamos conversando,rindo e comendo
- Não me contou como conseguiu ser baleada- disse ele rindo
- Fui ajudar um idiota e acabei me ferrando- disse eu
- Hm,conheço essa história- disse ele - Porque?- perguntei
- Já passei por isso,fui ajudar uma vadia e ela fudeu com a minha vida- disse ele
- Uii que misterio- disse eu quebrando o clima ruim que se instalou
- Olha só quem fala- ele disse e logo riu de mim atacando a última batata
- Aff,quase nem deram batata pra gente- disse eu
- Deram sim,você que comeu tudo- disse ele rindo
- Chato- disse eu dando um soco leve no seu braço e rindo
- Acho que você ta meio bêbada- disse ele
- Talvez- disse eu
- Quer que eu te leve em casa?- perguntou ele
- Eu te agradeceria muito- respondi
Fomos até o estacionamento,entramos no carro dele e eu passei o meu endereço e ele me levou em casa
- Ta entregue- disse ele
- Obrigada por tudo,mesmo,você me ajudou muito,não sei o que eu teria feito se não tivesse te encontrado- disse eu saindo do carro
- Por nada,adorei hoje,me diverti bastante,você é uma ótima amiga- disse ele
- Eii,me passa seu número?Perguntei destrancando a porta de casa
- Aqui- disse ele me entregando um papel com o número
- Tchau- disse eu sorrindo
- Tchau- respondeu ele indo embora
Entrei em casa,deixei minha bolsa na mesa e subi as escadas,bati na porta do quarto do Jeremy
- Jeremy?Ta ai?Ts acordado?- perguntei batendo na porta
Uma ruiva enrolada no lençol abriu a porta
- Oiie,o Jeremy ta no banho,quer que eu chame ele?- perguntou simpatica
- Não precisa,prazer,sou Miranda Kerr,irmã do Jeremy- respondi sorrindo
- Sou Marina Ruy Barbosa,prazer,meu deus,você é linda- disse els sorrindo
- Obrigada,você também é linda,acho melhor deixar vocês a sós- respondi sorrindo e saindo
- Obrigada,ok,tchau tchau flor - respondeu ela fechando a porta
Fui pro meu quarto e ouvi o barulho do chuveiro ligado no meu banheiro e fui ver o que era
- A noite foi boa?- perguntou Justin tomando banho
- Ta fazendo o que aqui?- perguntei sem humor algum
- Você entendeu tudo errado,eu não tava tentando me livrar de você,eu to gostando de você de verdade,nunca foi só sexo- disse ele
- Porque você estava estranho?- perguntei sem entender
- Porque eu estava me sentindo culpado pelo o que aconteceu com você- disse ele dando um soco no box que balançou o mesmo,quase ò quebrando
- Justin,para!A culpa não é sua,eu também to gostando de verdade de você- disse eu entrando no box e segurando seus braços
- Desculpa,eu só não quero acabar te perdendo- disse ele me abraçando
Eu senti uma dor muito forte no local onde eu tinha levado o tiro,dei um empurrãozinho no Justin e gritei de dor
- Mia?O que foi?- perguntou ele vendo o sangue na minha blusa
- Meu machucado,acho que os pontos abriram- disse eu gemendo de dor
- Você precisa de um médico- disse ele me olhando preocupado
- Aii,meu deus,ta doendo muito- disse eu ficando tonta
- Mia!Você vai ficar bem- ouvi ele gritar me carregando
Ele desceu correndo comigo no colo e me colocou no carro
[...]
Acordei de manhã  vi o Justin conversando com o meu Medico que logo veio conversar comigo
- Sra Kerr,você é extremamente desobediente ein,mas já esta tudo bem agora- disse meu Médico
- Me desculpe,prometo me comportar daqui pra frente- disse eu
- Vou te dar alta em breve,mas só porque seu namorado prometeu que irá cuidar de você.Vou deixa-los a sós- disse o medico saindo
- Fiquei preocupado,ainda esta com raiva? - disse Justin me dando um beijo na bochecha
- Não,é você que esta aqui do meu lado,eu gosto muito de você por isso- disse eu segurando a mão dele
- Vou te levar pra casa hoje,você vai melhorar- disse ele me dando um beijo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...