História Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Marina Ruy Barbosa, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Austin Mahone, Cameron Dallas, Candice Swanepoel, Cody Simpson, Justin Bieber, Miranda Kerr, Nina Dobrev, Personagens Originais, Sara Sampaio, Selena Gomez, Shawn Mendes
Exibições 37
Palavras 1.943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Sex and true


Fanfic / Fanfiction Dark Swan - Justin Bieber - Capítulo 7 - Sex and true


Uma semana já havia se passado e algumas coisas tinha mudado,o Justin estava em NY resolvendo problemas da máfia e eu estava ficando ma casa dele,desde que aquele homem tentou me matar eu fiquei com medo de colocar o Jeremy em perigo,falando nele,a Olívia tinha encobrido a verdade,ou seja,ele não sabia de nada,mas estava sendo melhor assim,ele nunca reage muito bem com problemas,a resposta dele sempre foi drogas e bebidas e quando se trata da máfia é pior ainda,ele sempre ignorou esse assunto assim como ignora nosso pai,o que acaba sendo inútil,afinal a máfia decide as nossas vidas,sempre decidiu e as vezes tenho a impressão que isso nunca vai mudar
Acordei e me levantei,peguei meu celular e fui até o banheiro e já deixei a banheira enchendo
Entrei e fiquei uns minutos na banheira,não muitos,afinal eu precisava me arrumar pra aula,me sequei,coloquei minhas lentes,escovei meus dentes,arrumei meu cabelo e fui até o closet e peguei um short preto curto na minha mala e um molenton do Justin no cabide,me maqueie,calcei uma sandália de salto alto e desci,fiz um cappuccino e coloquei num copo daqueles tipo StarBucks e fui bebendo até o carro
Cheguei na escola e fui procurar o Cody,era aniversário dele

   - Oiii,parabéns seu idiota- disse eu abraçando ele
  - Obrigado puta,você vai hoje a noite ne?- perguntou ele rindo
  - Claro,eu não perderia por nada- disse eu rindo
  - Bom mesmo- ele riu
  - Aqui,eu vou ir pegar uns livros,te vejo na sala?- perguntei   
  - Claro- respondeu

Fui até meu armário e Candice estava lá no armário dela
  - Oii - disse eu
  - Oi- respondeu ela seca
  - Eii,o que foi amiga?- perguntei
  - Desculpe,sei que fui grossa,mas não quero falar sobre isso,não agora- disse ela fechando o armário
  - Não,Candice,você sabe que eu estou aqui pro que der e vier,pode contar comigo- disse eu olhando nos olhos dela que pareciam preocupados e tristes
  - Eu acho que estou grávida- disse ela marejando os olhos
- Você acha?-perguntei- É do Cameron ne?Ele já sabe?- perguntei meio sem reação
- Eu ainda não tive coragem de fazer o teste e eu não sei se o Cameron vai querer esse bebê e eu não sei se quero contar- disse ela
- Olha só amiga,eu to aqui,sempre estive,eu vou com você fazer esse teste e o Cameron te ama,ele só save falar de você,olha aqui pra sua mão,ta vendo?Essa aliança,o Cameron que te deu,se lembra?- disse eu segurando a mão dela
- Mas,meu deus,como eu vou continuar sendo líder de torcida,como eu vou estudar com todos me olhando torto,eu sei que eu tenho o Cameron mas esse não é o momento,eu quero ter um futuro com ele sabe?Mas não agora,só daqui uns anos tipo morar junto ,casamento,filhos- disse ela correndo pro banheiro pra vomitar
- Meu deus,esquece a escola,vamos,eu vou te levar na farmácia comprar o teste,nos vamos lá pra casa e você vai fazer o teste- disse eu puxando ela pra fora do corredor
- Você quis dizer a casa do Justin ne?- perguntou ela sem graça
- Sim,mas ele ta viajando e só volta semana que vem lembra?- respondi entrando no carro com ela
Fomos em uma farmácia perto da casa do Justin e compramos 3 testes
- Precisa de três?- ela perguntou
- Sim,ouvi dizer que nem sempre esses testes dão certo- respondi
Fomos pra casa do Justin e ela entrou no banheiro e foi fazer o teste
- Pronto?- perguntei
- Tem que esperar dez minutos- respondeu ela saindo do banheiro com os testes na mão trêmula
- Ok,vamos esperar- disse eu
- Eu...- ela ia falar alguma coisa mas só vi ela se apoiar na cama e cair
- Candice?Candice!!- gritei
Ela havia desmaiado e batido a cabeça,ela estava sangrando,meu deus
Peguei meu celular e chamei uma ambulância que chegou rapidamente e colocou ela na maca,entrei na ambulância com ela ainda desmaiada,eu estava chorando de preocupação,mas eu queria acreditar que ela ia ficar bem
Chegamos no hospital e eu não saia do lado da maca
- O Doutor Marr por favor- eu disse procurando o meu médico,eu só confiava nele
- Ele estava subindo,daqui a senhora não pode passar- disse a enfermeira levando a maca para um quarto
Eu me sentei e fiquei lá esperando as malditas notícias que não vinha,iam se passando horas e nada,meu celular tinha descarregado e eu não conseguia ligar pra ninguém,até que vi a Katherine chegando
- Mia,o que houve?- perguntou ela se sentando ao meu lado
- A Candice desmaiou- disse eu com os olhos completamente marejados
- Meu deus,ela precisa ficar bem- disse Katherine
- Ela vai ficar- disse eu abatida
- Quanto tempo você ta aqui?- perguntou ela
- Desde umas sete da manhã- disse eu olhando o relógio
- Você precisa ir almoçar se não vai desmaiar de fraqueza- disse meu médico se aproximando
- Eu sei,eu vou mas preciso de noticias da Candice,ela vai ficar bem?- perguntei
- Vá almoçar,quando voltar conversamos melhor- disse ele
- Pode ir,eu fico aqui,qualquer notícia eu desco e de aviso- disse Katherine
Eu desci pra lanchonete do hospital e pedi um sanduíche de peito de peru e um suco,comi o mais rápido possível e logo voltei pro andar onde a Candice estava internada
- Então,já comi,não vou desmaiar,quais são as noticias?- perguntei
- A Candice esta estável porém esta com anemia,estamos tentando reverter essa situação com algumas vitaminas e uma transfusão de sangue- disse ele
- Els está ou estava grávida?- perguntei
- Não,os enjoos e as tonturas que você disse que ela anda sentindo tem haver com a anemia- respondeu ele me deixando aliviada
- Entendi,mas ela terá alta quando?- perguntei esperançosa
- Esta correndo tudo muito bem então provávelmente amanhã.Vocês tem uma amiga muito forte- disse ele
- Sabemos,obrigada,vou deixar o senhor trabalhar- respondi e ele saiu
Algumas horas depois,já estava ficando de noite quando s enfermeira liberou visitas,então eu e Katherine fomos pro quarto que Candice estava
- Oii,meu deus achei que você não fosse melhorar- disse Katherine
- Eu também,fiquei com muito medo de te perder- disse eu com os olhos marejados
- Eu amo muito vocês- disse Candice sorrindo
Ela estava muito abatida,me doía tanto ver ela daquele jeito
- Eu vou lá em casa trocar de roupa,mas eu volto pra passar a noite aqui com você- disse eu
- Não precisa,você já fez demais por mim,muito obrigada- disse Candice
- Mas...- disse eu antes de ser interrompida
- Eu liguei pro Cameron,ele vai vir passar a noite aqui com ela- disse Katherine
- Ok,mas qualquer coisa me liga,qualquer coisa mesmo- disse eu
- Viu,obrigada,te amo muito- respondeu Candice rindo
- Você faria o mesmo por mim,tchau amores- disse eu saindo
Peguei meu carro e fui pra casa,eu estava tão cansada,aquele hospital era estressante
Cheguei na casa do Justin,estacionei e saí do carro,peguei minha bolsa e as chaves,destranquei a porta,deixei minha bolsa na mesa e subi pro quarto,abri a porta e fui pro banheiro,coloquei a banheira pra encher e entrei na mesma,peguei meu celular e coloquei uma musica bem alta
       Ouçam Foda que ela é linda:

Maldade em seus olhos quando passa
Se aproxima, me olha, finge que não me vê
Mas tá cheia de intenção
Tentando me convencer
No fim da noite já sei o que vai acontecer
Só quer me esnobar, vem depois  encontrar
Eu tento até resistir, mas
Foda que ela é linda
E sabe que eu não sei dizer não
Quando passa mobiliza (passa mobiliza)
Dispensa apresentação Foda que ela é linda
E sabe que eu não sei dizer não
Quando passa mobiliza Dona da situação
Foda Que Ela É Linda
Maldade em seus olhos quando passa
Se aproxima, me olha, finge que não me vê
Mas tá cheia de intenção Tentando me convencer
No fim da noite já sei o que vai acontecer
Só quer me esnobar, vem depois me encontrar
Eu tento até resistir, mas Foda que ela é linda
E sabe que eu não sei dizer não
Quando passa mobiliza (passa mobiliza)
Dispensa apresentação
Foda que ela é linda
E sabe que eu não sei dizer não
Quando passa mobiliza
Dona da situação 

Eu cantava alto,de olhos fechados na banheira,quando senti alguém me puxando e me abraçando e eu rapidamente abri os olhos
- Justin,meu deus que susto- disse eu assustada
- Calma amor- disse ele me beijando
- Chegou agora?- perguntei abraçando ele ainda na banheira
- Não,você passou direto por mim na sala- disse ele rindo e me puxando pro colo de e me deixando com uma perna de cada lado
- Desculpa,eu tava com tanta coisa na cabeça,mas acho que você ta me deixando melhor- respondi beijando o pescoço dele
- Vou te castigar- disse ele
- Então venha Daddy- disse eu
Ele me carregou e me levou pra fora da banheira
- Justin!Para,você vai escorregar comigo no colo,me coloca no chão- gritei rindo
- Xiiiiu- disse ele me jogando na cama
- Esse é o castigo?Vamos fuder até amanhã?Ahh que horrivel- disse eu rindo e sendo ironica
- Eu disse xiiiu- disse ele dando um tapa forte na minha bunda o que me fez dar um gemido baixinho
Ele começou a apertar meus peitos enquanto deixava chupoes em meu pescoço me deixando arrepiada,logo ele começou a pressionar meu clitória e abafar meus gemidos com beijos longos
- Para de brincar- disse eu
- Porque?- disse ele penetrando a cabecinha e tirando rapidamente
- Justin,por favor- gritei
- Por favor o que?- ele perguntou ironicamente
- Por favor,me fode- disse eu
- Assim?- perguntou ele penetrando fundo
- S-sim- respondi entre gemidos altos e alguns gritinhos
Ele era carinhoso e agressivo o que me deixava confusa,mas era muito bom.Eu empurrei ele,me levantei da cama e me sentei na cintura dele ajeitando seu pênis na minha entrada,comecei a rebolar enquanto eu gemia alto,quando ouvimos uma voz vinda do andar de baixo
- Justin,querido,cheguei filho- gritou a mãe do Justin
- To indo dormir,conversamos amanhã- gritou Justin
- Puta que pariu,Justin,o que sua mãe vai pensar se nós encontrar assim - falei saindo de cima dele
- Não,fica aqui- disse ele
- Vou trancar a porta- disse eu rindo maliciosamente
- Sabia que você ia ficar - disse ele rindo e me beijando
- Ae?Posso ir pro quarto de hóspedes então- disse eu
- Não,fica comigo- disse ele me puxando pra cama
Ele deixou em cima de mim entre minhas pernas me penetrando
- Justin- gritei
- Não grita - disse ele me beijando
- Ta difícil - sussurei apoiando minha boca em seu ombro para abafar os gemido
Logo chegamos ao nosso ápice e caimos exaustos na cama,o Justin foi tomar banho,eu fiquei na cama
Uns minutos depois ele saiu do banho com uma toalha amarrada na cintura e se deitou ao meu lado
- Preciso te contar uma coisa- disse eu me virando ficando cara a cara com ele
- Fala- disse ele se aproximando
- Não esquece,é bobagem- disse eu mudando de ideia
- Fala,pode me contar o que quiser- disse ele me puxando pela cintura
- Minha primeira vez,foi com você- disse eu sem graça me levantando e indo até o banheiro.Entrei no banheiro,prendi meu cabelo e lavei meu rosto,porque eu tinha falado aquilo pro Justin?Eu me sentia ridícula,ele nem devia se importar.Ouvi a porta se abrir e fiquei de costas pra mesma,o Justin me abraçou por trás e eu me virei
- Eu te presionei?Te machuquei?- ele perguntou olhando nos meus olhos
- Não,na verdade não sei porque te contei isso,mas tudo que aconteceu,aconteceu porque eu quis- disse eu abraçando ele



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...