História Dark Vampires - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Diabolik Lovers, Drama, Revelaçoes, Romance
Visualizações 51
Palavras 1.754
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Capítulo 19 (Hentai)


Quando a noite chegou, eu me arrumei e fui para a escola como sempre faço. 

[Quebra de tempo] 

descemos da limousine, e no mesmo momento, todos que estavam no pátio olharam para a Kaori. 

Yukki: Idiotas. (Falei enquanto saía dali correndo) 

Kino: Princesa... 

Yukki: (eu o ignorei e fui para a minha sala) 

Yoshio: Não acho que seja necessário, Mei-Chan. Se meu plano der certo, eu irei leva-la para a cama hoje. 

Yukki: (Mei e o irmão do namorado dela estão conversando, não irei interromper.) ... (Deitei minha cabeça na mesa e comecei a pensar na minha relação com a Kaori no passado) 

-FLASHBACK ON-

Yukki: (eu caminhava pelos corredores da escola com a cabeça baixa, todos estavam falando coisas más de mim. Levantei minha cabeça e logo vi as minhas amigas, me aproximei delas sorrindo) Olá garotas! 

??? : D-Droga. 

??? : Ela nos viu... 

Yukki: Sobre oque estão conversando? 

??? : É-É... 

??? : Yuu-Chan, Desculpe-me, mas não posso mais andar com você. 

Yukki: H-Hm? Por que? Eu fiz alguma coisa de errado? 

??? : Não é isso, é que... 

??? : Sua irmã conta várias coisas sobre você, e se continuar desse jeito, você pode diminuir nossa popularidade. 

Yukki: Espera... Somos amigas! Vocês não podem me abandonar por algo tão bobo. 

??? : Éramos amigas, e se você acha que isso é bobo, pode achar isso sozinha! Adeus Yukki. 

Yukki: (lágrimas escorreram pelo meu rosto tristemente) 

-FLASHBACK OFF- 

Yukki: Essas meninas... eu sinto que vi elas em algum  lugar por aqui... (O sino bateu e todos se sentaram nas suas cadeiras) 

Kou: Olá Gatinha. 

Yukki: (ele se sentou no meu lado) Oi... (A aula começou e depois de alguns minutos Kou abriu a boca para puxar algum assunto) 

Kou: Sabe... como está se sentindo após ser trocada? 

Yukki: Hm? Do que você está falando? 

Kou: Do Kino e da Kaori! Eu vi eles indo para a sala de aula juntos e a sua irmã parecia gostar bastante de caras do tipo dele... 

Yukki: ... Eu não me importo. (Eu vou matar o Kino) 

Kou: Sério? Você sabe que tudo começa em uma amizade. Depois vem os sentimentos, o namoro e o... 

Professor: Yagami e Mukami, ou vocês param de conversar ou eu tiro vocês da sala... 

Yukki: (todos da sala olharam para nós dois) Desculpe, Sensei. (Ele voltou a dar aula e os outros voltaram a estudar) 

Kou: Se você quiser, eu posso fazer o Kino ficar com um pouco de ciúmes. 

Yukki: (ele sussurrou no meu ouvido e apertou de leve a minha coxa. Como ninguém viu? As mesas são duplas!) Irei pensar nisso e depois te darei uma resposta. (Ele assentiu sorrindo) 

[Quebra de tempo] 

Yukki: (quando o intervalo chegou, eu saí da sala acompanhada de Kou) 

Kou: E então qual a sua resposta? 

Yukki: .... Acho que “sim”... (Ele sorriu e passou o braço por trás de meu pescoço) 

Kou: Vamos nos divertir muito! 

Yukki: Bobo! (Eu ri fraco e fomos para o pátio) 

Kino: Princesa. 

Yukki: (ele se aproximou de mim sorridente, mas quando ia encostar em mim, Kou me puxou) 

Kou: Opa! Oque você pensa que ia fazer com a MINHA garota? 

Kino: Eh? Como assim “sua”?! 

Yukki: (Kou o olhou provocativo) K-Kou... 

Kou: Não fale nada, meu amor... 

Kino: Tch, agora já chega! 

Yukki: (Quando ele tentou avançar no loiro, Shin se meteu na frente parando-os) 

Shin: Vocês estão loucos?! Estamos no pátio da escola, se vocês brigarem, vocês irão ficar depois da aula novamente, e adivinha quem vai com vocês?! 

Yukki: (eles ficaram calados por um tempo, quando Kino tentou me puxar pelo pulso, Kou foi mais rápido e não deixou) 

Shin: Runf. 

Kou: H-Hey! 

Yukki: (Shin me agarrou e me colocou ao seu lado) 

Shin: Ela vai ficar comigo até vocês dois pararem com essa rivalidade idiota. 

Yukki: (Eu sabia que fazer ciúmes para o Kino não iria dá certo) (Shin me arrastou para longe dali.) 

Shin: Está vendo oque você fez?! Ciúmes não dá em nada, garota! Ele só magoa... 

Yukki: (Eu o olhei tristemente) Desculpe-me por ter que fazer você separar aquela briga. 

Shin: ... Oque está acontecendo, pequena? 

Yukki: Estou com medo... 

Shin: Medo de que? 

Yukki: da Kaori! Quando éramos pequenas, ela fez todos se afastarem de mim... (Ele me olhou confuso) e se ela fazer isso de novo? A Mei, o Kino, Vocês, eu irei perder todos vocês! E eu não quero que isso aconteça novamente ... 

Shin: Nada disso irá acontecer, confie em mim... 

Yukki: (ele me abraçou) 

Shin: E... Na minha opinião, sua irmã é uma vadia. 

Yukki: Eh...? 

Shin: Você sabia que ontem a noite ela “dormiu” com o Ayato? 

Yukki: Isso é sério?  (Ele assentiu) 

Shin: E eu acabei de ver ela se pegando com o Ruki. 

Yukki: Vagabunda... (Ele riu fraco) 

Shin: Reiji não irá gostar de saber que você anda falando esse tipo de coisa... 

Yukki: P-Por favor, não conta para ele!! 

Shin: Eu não vou contar, boba! 

Yukki: (ele sorriu e o sino tocou) Bom... eu vou para aula, até mais. 

Shin: Até... 

[Quebra de tempo] 

Yukki: (depois de várias aulas, voltamos para casa e eu fui direto para meu quarto) 

Kino: Agora fale! 

Yukki: H-Hm? (Quando olhei para trás, vi aquele moreno fechando a porta e vindo até mim um pouco irritado)  Falar oque? 

Kino: O porquê de você e aquele loiro juntos no intervalo!

Yukki: A-Ah... ele só estava me acompanhando. (Em um piscar de olhos, eu estava encurralada na parede) 

Kino: Acompanhando?! Ah, nem pense em mentir para mim novamente, entendeu?! Ele gosta de você, será que ainda não percebeu?! 

Yukki: Desculpe... (Falei abaixando a cabeça) 

Kino: ... 

Yukki: (arregalei os olhos após sentir algo sobre meus lábios, depois de alguns segundos ele se separou de mim) 

Kino: Amo você, Maluca. 

Yukki: (ele disse sorrindo encostando sua testa na minha. Eu o beijei novamente, o mesmo prendeu minhas pernas na sua cintura e me colocou sentada em uma mesinha que estava por perto) H-Hm. (Eu gemi quando o mesmo me deu um chupão no pescoço) 

Kino: Não tenha vergonha. 

Yukki: (ele falou desabotoando a blusa) K-Kino... E-Eu não... 

Kino: Shh... 

Yukki: (ele me carregou até a cama e me jogou) 

--Autora On--

A mesma se sentou na cama e começou a despir o moreno, começando pelo cinto. 

Kino: H-Hm! Yuu-Chan. 

Quando ele ficou só de boxer, o mesmo a empurrou novamente na cama começando a tirar as roupas da menor. 

Yukki: K-Kino... 

Kino: Você é realmente muito linda. 

Ele disse levando seus dedos até a intimidade da menina. 

Yukki: A-AH! 

Ela gemeu quando ele adentrou dois dedos na mesma, Kino começou a fazer movimentos rápidos de vai e vem com os dedos enquanto a beijava tentando faze-la calar a boca. 

Yukki: K-Kino! Dói... 

Kino: A dor vai passar... 

Ele disse se abaixando, ele colocou uma das pernas dela no ombro dele e começou a lamber a sua parte íntima. 

Yukki: Hmm... 

Ela colocou as mãos na cabeça do vampiro tentando fazer com que ele não parasse. E quando ela ia se desfazer, ele se desaproximou e tirou seu boxer. O mesmo não aguentou e logo a penetrou com tudo. 

Yukki: A-AH! Kino... 

Ele foi fazendo movimentos de vai e vem lentamente, até que sua paciência acabou e ele acelerou os movimentos. 

Yukki: K-Kino... 

Ele colocou as mãos na cintura da morena e rodeou as pernas da mesma envolta de sua cintura. Assim facilitando as coisas. Ela arranhava as costas do maior enquanto os gemidos foram ficando incontroláveis e ele só mordiscava os lábios da menina que estava querendo voar no pescoço dele por ele estar ignorando-a. 

Yukki: Não está indo rápido o suficiente! 

Ela inverteu as posições e começou a cavalgar no colo do maior enquanto ele apertava os seios dela. 

Kino: H-Hm... Continue assim, Princesa. Ah, N-Não pare. 

Mordeu os lábios após ela se sentar com tudo. 

Yukki: K-Kino, eu vou... 

Kino: Ainda não, aguente mais um pouco. 

Ele ficou por cima de novo e continou a penetra-la enquanto distribuía chupões pelo seu pescoço. Ela chagou ao ápice primeiro, e o vampiro deu só mais algumas estocadas  e se desfez dentro dela também. 

--Autora Off--

Yukki: (ele caiu ao meu lado ofegante) Eu sou péssima fazendo isso, não é? 

Kino: Óbvio que não, pequena. 

Yukki: Até parece... (Revirei os olhos e logo olhei para ele de novo) Kino... tenha cuidado. 

Kino: Cuidado com oque? 

Yukki: Com o Richter! Se ele descobrir que você fez isso comigo, ele vai te matar ou vai deixar você longe de mim. 

Kino: Não gosto muito desse cara. Ele sempre vem aqui e pergunta de você, isso irrita! Parece que ele é afim de você... 

Yukki: (eu corri) Tenho que admitir que ele é bem bonito... 

Kino: Tch, eu não vou ficar aqui ouvindo você falar isso! 

Yukki: (ele se sentou na cama e eu rapidamente abracei ele por trás) Pare de ciúmes! Quando você fica assim, você sempre me deixa sozinha e vai embora... 

Kino: Você é a culpada de tudo isso, você sempre me provoca! 

Yukki: Eu provoco você?! As garotas da sua sala dão encima de você a todo momento e você não faz nada! (Disse me levantando da cama me cobrindo com um lençol) Sinceramente eu desisto! O Kou pode ser até um idiota, mas eu sei que ele é bem melhor que você! (Falei indo em direção ao banheiro) 

Kino: ... Yukki...

Yukki: Vai embora... 

Kino: ....... Desculpe-me por ter feito isso... 

Yukki: Eu... Já estou cansada disso... (Ele me abraçou por trás) 

Kino: É que não é fácil isso. Eu gosto muito de você, e é muito difícil quando você elogia algum garoto sem ser eu. 

Yukki: Não... 

Kino: Hm? 

Yukki: Você não gosta de mim como eu gosto de você! Para mim, você só quer dá uns pegas e nada mais... 

Kino: I-Isso não é verdade! 

Yukki: Pare de mentir, Kino. 

Kino: Y-Yukki... 

Yukki: Esquece oque aconteceu essa noite, Okay? Será melhor assim... (Eu me separei dele e olhei para mesmo, ele parecia triste) 

Kino: Me perdoa, eu não vou mais agir feito um imbecil com você! Eu não irei mais sentir ciúmes por algo tão bobo...

Yukki: (eu balancei a cabeça negativamente) Aproveite que a Kaori está aqui, ela parece gostar bastante de você... 

Kino: Eu não gosto dela!! 

Yukki: Assim como eu não gosto mais de você... (Ele arregalou os olhos, mas isso doeu mais em mim no que nele, eu estava mentindo para mim mesma...) 

Kino: G-Garota idiota! 

Yukki: (ele foi embora) 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...