História Darkiplier e Antisepticeye - O Começo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mark "Markiplier" Edward Fischbach
Personagens Mark "Markiplier" Edward Fischbach
Tags Antisepticeye, Darkiplier, Jacksepticeye, Markiplier
Exibições 3
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse vai vai ser o último por algum tempo, até próxima sai, isso podem ter certeza me superei, 4 capítulos em um dia ?
Amo essa história do fundo do meu kokoro (coração).
Boa leitura

Capítulo 6 - Sede de sangue


Fanfic / Fanfiction Darkiplier e Antisepticeye - O Começo - Capítulo 6 - Sede de sangue

                                                     "Dark obtém sede de sangue e mata alguém"
 

Eu finalmente adormeci, eu estava em espasmos, meus olhos se mexiam para frente e para trás ... para frente e para trás, a parte estranha foi que eu não conseguia sequer lembrar do meu sonho, eu acordei em um suor frio no chão.
 
(O tempo passa porque tô com preguiça)
 

Eu finalmente tinha terminado de gravar e fazer o upload para o dia, estava ficando escuro e eu estava pronto para relaxar, eu estava exausto porque eu não dormi bem novamente na noite passada, mas o pior de tudo é que os meus fãs estão começando a notar isso, eles vêem os círculos escuros sob meus olhos, que eu não estou tão animado e engraçado como de costume, e eles estão preocupados. Eu tento dizer a eles que estou bem ... mas eles não acreditam em mim, eles sabem que algo está errado, eu tento escondê-lo, mas eles são persistentes, eu não sei o que fazer.|Ih, boa sorte| Eles pensam que eu estou doente, eles não sabem que a batalha que eu estou lutando está minha cabeça.... e ele está ganhando. "Você aposta que estou!" Disse Dark animadamente. "POR FAVOR, SAIA DA MINHA CABEÇA!" Eu gritei soltando um pequeno soluço, Eu não aguento mais! "Sim... sim... sim" Eu podia ouvi-lo murmurar na minha cabeça. "Apenas quebre de toda a exaustão de Mark, apenas desista!" Ele disse com seu instinto psicopata, senti uma dor aguda na minha cabeça. "N-não! Eu não posso d-desistir m-meus fãs p-precisa de mim! "Eu gritei segurando minha cabeça, ele estava lutando contra mim... tentando obter controle... e mais uma vez ele estava ganhando .. Eu não posso deixá-lo, quem sabe o que ele vai fazer se ele tomar o controle!
 
                                                                                                         (Dark POV)

Tudo começou na noite passada ... meus pensamentos começaram a infiltrar-se nos sonhos do Mark... Eu tinha que fazer com que ele esquecesse, estou começando a ter sede de sangue... PRECISO TOMAR CONTROLE! Tudo o que eu poderia pensar na noite passada foi assassinato e sangue... EM TODA PARTE! Foi fantástico! (Eita.. '-') de certa forma, foi engraçado ver o Mark se contorcer da maneira que ele fez... mas se ele soubesse... ele iria lutar ainda mais e eu não posso correr esse risco... PRECISO matar alguma coisa, precisava ver a vida escorrendo dos olhos de alguém e seu sangue derramado no chão!
 
                                                                                                       (Mark's POV)
Eu... Eu não posso deixá-lo ganhar... "Acabou Mark." Foi então que eu escorreguei de consciência, me senti como eu... Me senti como no meu sonho, eu lentamente me levantei, estava na mente profunda, na frente da minha eu podia ver através dele, viver ele, quero dizer, meus olhos? Eu não sei e realmente não me importo agora! Por que eu só me importo com o que ele vai fazer, eu assisti enquanto ele agarrava a maior faca que eu tinha na minha cozinha, lentamente movendo seus dedos para cima e para baixo da lâmina cuidado para não se cortar. Eu o senti sorrir... Eu estava com medo, eu sabia o que ele ia fazer com aquela faca... Eu tremi... Como ele poderia fazer uma coisa dessas. Ouvi ele rir  novamente...
 
                                                                                                      (Dark POV)
 

Heh eu podia sentir Mark tremer enquanto ele vivia o que eu ia fazer, eu ri, 12:00 a hora macabra, o momento perfeito para matar. Peguei um capuz e coloquei-o para ter certeza de que ninguém seria capaz de ver meu rosto enquanto eu caminhava para fora no ar da noite fria, mantive a faca no meu bolso fora da vista, eu podia sentir meus olhos começando a brilhar um sangue vermelho brilhante, eu precisava matar alguma coisa, e eu precisava fazer isso AGORA. Foi quando eu o vi... um traficante de drogas... ele entrou no beco na minha frente... Eu o segui, ele me viu e me perguntou se eu queria alguma coisa dele com uma voz rouca e profunda, respondi com um simples "sim", deixando a palavra ecoar nas paredes do beco escuro, ele me perguntou o que eu queria e sorriu mostrando alguns dentes perdidos. "Assassinato." Como eu disse isso eu peguei a faca do meu bolso e esfaqueado-lo bem no coração, ele olhou para mim e eu olhei para ele, tomando cuidado para não perder aquele olhar em seus olhos enquanto sua vida se esvaziava, eu ri e névoa negra girou em torno de mim, quando se foi eu estava completamente limpo como se nada tivesse acontecido, voltei para casa, eu ainda podia sentir Mark tremendo. Eu sorri, a vida ficou muito melhor.


Notas Finais


Quem escreveu isso nem é psicopata das boas, mas tudo bem, cada um tem seu lado "psicopata" certo ?
O meu ainda anda obscuro, esperando o certo momento...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...