História Darkness Falls - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Fiestar
Personagens Jei, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Fiestar, Jei, Suga
Exibições 18
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então né, a pessoa dormiu o dia todo e veio postar o capitulo agora, desculpa
Eu acho que não tem muito de legal nesse cap e ele está pequeno, mas eu queria mostrar que os Bangtan tbem estão na historia... Não vou dizer mais nada, como diz aquele ditado, nois se ve por ai

Boa leitura.

Capítulo 2 - Without knowing.



– Chefe! O sr. Min conseguiu escapar com seus capangas e seu dinheiro! – Oh Shi Jin entra gritando na sala do sr. Lee, o plano deles tinha dado errado. Soo Man o olha com uma cara espantada, não tinha como se safar, ele havia dado todas as informações para a polícia e havia lhes avisado de como teria que pegá-lo, helicópteros, cães, tudo.  Soo Man só tinha Shi Jin e não havia como ir ele mesmo bater de frente com o inimigo, não agora.

– Como?! Não tinha como escapar? – Ele se levanta batendo suas mãos na sua mesa de madeira. – Não se fazem mais policiais como de antigamente, como eles puderam deixar aquele filho da puta fugir! E por que você está chamando-o de senhor? – Ele gritava com o seu guarda-costas deixando o mesmo um pouco assustado. Ele parou e se sentou calmamente em sua cadeira, girou e girou, parando na sua posição anterior. Pegou seu copo ainda cheio e o atirou contra o quadro de sua mulher que encontrava-se na parede do lado esquerdo. Rindo de si próprio, ele havia subestimado Yoongi e ele sabia que a agora ele teria que se cuidar, pois o novo Sr. Min não estaria para brincadeiras. Já que suas tentativas falharam, a guerra estaria pra começar, mas acho que ele não sabe o que seu inimigo está tramando. 

Yoongi já se encontrava em seu esconderijo, não era uma mansão, mas era um espaço bom para ele e para seus colegas de máfia. Estava no seu escritório, as cortinas de cor cinza escuro dançavam quando se encontravam com a brisa que vinha do lado de fora, estava uma noite agradável, por assim dizer. Sentado em sua cadeira de cor preta escutando apenas uma música no seu aleatório, mas que o fez lembrar de, Lee Jei. Lembrando de sua promessa, ele a esperava até hoje, querendo ou não, foi seu primeiro amor. Não sabia como a garota estava, nunca mais teve contato com ela desde aquele dia. Sentia muitas saudades dela e ele achava isso patético. 

"Even if you take it all away
I’ll wait for you
Even when the light begins to fade
I’ll wait for you
I’m so desperate calling out your name
Meet me in this broken place"

Ele realmente estava à espera dela, como ela pode quebrar uma promessa assim? Ela prometeu que iria voltar, mas por que não voltou? Não tendo tempo para lembrar de seu passado, ele levanta e vai em direção à porta. Ele irá bolar um plano para pegar a filha de Soo Man, ele nunca tinha a visto e nem sabe nada sobre ela, mas seus informantes sabem. Então não importa para ele, contanto que, ela diga tudo sobre seu pai. Sobre como mesmo ele só consegue se dar tão bem, ele não tem mais nada, a não ser o seu guarda-costas. Yoongi quer saber a técnica e talvez pudesse usá-la um dia. 
Descendo as escadas lentamente para causar aquela imagem de poderoso chefão, ele adorava isso. Saber que tem o controle de tudo. Ele vestia uma blusa preta com detalhes de exercito estampados nas mangas, uma calça preta com um leve rasgado no joelho esquerdo, um tênis cano alto, preto também. E por fim, um boné azul. O estilo de Yoongi era esse, preto. 
Seus colegas encontravam-se na sala, alguns sentados no sofá e alguns sentados no chão. Eles estavam umas leves arruaças, eu diria, os mais novos estavam aprontando. Os mais velhos estavam afim de puxar a orelha do mesmo.

– Yoongi-hyung! – Kim Taehyung, o menino de cabelos alaranjados chamou o mais velho fazendo todos olharem em direção ao mesmo. Todos olharam para o chefe e logo se organizaram à espera dele falar algo. 

– Você deu sorte hoje, poderia tentar jogar na loteria também, certeza que ganharia. – Kim Namjoon, seu braço direto, disse sem ao menos olhar para cara dele. Alguns conteram a risada, claramente Namjoon estava um pouco estressado, ele queria dar um sermão daqueles, mas deixaria para depois. 

– Fica calado, tá bom? – Yoongi sentou ao lado do mesmo, visto que só tinha aquele lugar sobrando. Ele sabia que estava errado, mas ele não admitiria, seu orgulho fala mais alto. 

 – Ok, Namjoon você pode dar seu chilique depois e se quiser você pode até deixá-lo de castigo, mas agora, o que você irá fazer? – Jung Hoseok apontou para à chefia esperando uma resposta. Tudo dependia desse plano, pois, Lee Soo Man iria atacar de novo e eles querem fazer com que, antes de tudo, deixe-o incapacitado de tentar algo. 

– Vocês devem saber que Soo Man tem uma filha, eu a quero. – Ele dizia calmo, parecia não se importar muito, já os outros ficaram um pouco chocados. Não esperava isso dele, mas parece que, realmente ele não está para brincadeiras. Yoongi estava mudando... 

– Você vai fazer... – Jeon Jeongguk, que antes estava concentrado em seu notebook o olhou um pouco confuso, ele era o nerd, o hacker e o mais novo. Aceitou entrar nessa vida por não ter mais ninguém, seus hyungs ajudaram-o. Porém, Jeongguk nunca tinha matado ou sequestrado alguém, ele lutava bem, foi treinado por Jimin, mas matar... Ele não era novato nisso, mas ele era o mais novo, apenas dava informações para os outros. 

– Sequestro. – Interrompeu o mais novo antes que terminasse de falar.

– E como iremos fazer isso? Nós nunca fizemos isso. – Taehyung perguntou olhando para os outros.

– Vocês são bons. Jimin, treine Woo Kihyun, ele precisa aprender a como se defender desarmado. Jeon e Taehyung, as câmeras. Da casa dele e de lugares que ele e ela frequentam. Hoseok e Namjoon, mais informações sobre ela, amizades, escola, faculdade, trabalho, seja lá o que for. Seokjin você irá me ajudar à entrar no local quando tudo estiver pronto. 

– Você quer entrar lá? Já não basta o que aconteceu hoje? Eu lhe disse que não era para ter ido, eles não são os seus melhores capangas e KiHyun não era para estar ali. – Namjoon estava um pouco alterado, mas Yoongi não ligava, ele sabia o que estava fazendo. Ou pelo menos ele achavam que sabia... 

– Deu tudo certo, ok? Eu peguei meu dinheiro, é o que importa. E aqueles otários foram deixados para atrás pelo novato, o garoto é bom e se ele treinar ficará melhor ainda. – Ele dizia com um sorriso de lado, ele só não tiravam-os dois capangas de cena por ser de muita ajuda, ele querendo ou não. 

– Dinheiro? Você perdeu seu armazenamento todo. – Agora foi a vez de Seokjin falar, os outros apenas observavam, Hoseok olhava diretamente para Yoongi, talvez ele estivesse começando à entender o que ele estava fazendo. Ou não. 

– Tá, e o que você vai fazer com ela? Já pensou na possibilidade dela não saber nada? – Namjoon não conseguia entender ainda o que ele queria com a garota. 

– Eu quero saber tudo sobre o pai dela, eu vou derrubá-lo. Eu quero suas técnicas, ele foi bom por anos e mesmo sozinho ele ainda é.  E eu não vou deixar um velho medíocre passar por cima de mim. Se ela não souber eu mato-a. Sem contar que eu posso usá-la de isca e ela vai me contar tudo e se recusar a me contar...  – Deu uma pausa e fez uma expressão pensativa logo depois dando um sorriso de lado. 

– Se ela não contar... Yoongi, o que você vai tentar com ela? Você vai mata-la? O que ela tem haver? – Seokjin disse um pouco alto e todos que estavam presentes o olharam já esperando o pior... E agora foi a vez do Yoongi olhar para Hoseok, ele sabia que o garoto já tinha feito aquilo e rendeu boas informações sobre isso. E mesmo se não rendesse, para o Jung era um pouco... divertido. 

– Tortura. 


Notas Finais


Esse cap não ta tão bom, eu sei, mE DESCULPA!! Mas eu queria contar como funciona as coisas para eles, Jimin é lutador profissa, Tae e Jeongguk são os hackers, Namjoon e Hoseok são os braços direito e esquerdo do Yoongi, ele são muito bons em bolar planos... Seokjin é muito bom para entrar sem que ninguém o veja, o ninjazinho...
Woo KiHyun é importante também, viu? E depois vocês vão entender pq ele é o novato.

Eu acho que está bem confuso, mas vai melhorar, prometo! Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...